quarta-feira, 19 janeiro 2022
Tags Posts tagged with "Lançamento"

Lançamento

 

Considerada um dos maiores símbolos femininos da história do país, Catarina Paraguaçu, inspira a nova coleção da Toque da Casa, intitulada Catarina do Brasil. Com traços e características da índia baiana o novo showroom da loja resgata uma história muitas vezes esquecida, utilizando como forma de retratação o universo da decoração, de móveis, objetos, cores e formas que sintetizam a essência forte e marcante da cultura indígena. O projeto geral, cujo conceito é mostrar uma Bahia elegante e moderna, sem perder as influências do passado, leva a assinatura do designer paulista Bruno Carvalho e a vitrine foi produzida pela arquiteta Tatiana Melo.

NOVA COLEÇÃO DA TOQUE DA CASA - CATARINA DO BRASIL - FOTO BRUNO CARVALHO 4

A decoração da loja está entregue à brasilidade, tendo o verde e o amarelo como cores mestras, que se misturam ao preto, cocares de índio, de uma forma inusitada e exclusiva. Os ambientes refletem uma atmosfera romântica, com a mistura de peças de renomados designers, criando uma miscelânea estilística. Tons dourados poderão ser notados em vários pontos da loja, fazendo alusão ao Barroco, estilo nato do período em que Catarina permaneceu na Bahia.

– CATARINA DO BRASIL –
Nova Coleção da Toque da Casa
Endereço: Alameda das Espatódeas, 220 – Caminho das Árvores – Salvador/BA

CATARINA DO BRASIL POR TARSO FIGUEIRA (14)

NOVA COLEÇÃO DA TOQUE DA CASA - CATARINA DO BRASIL - FOTO BRUNO CARVALHO 2

 

Já está à venda o livro de Augusto Cruz, “Corredor: Um estilo de Vida”. Lançado pela Editora Oito e Meio, do Rio de Janeiro, com orelha escrita pela jornalista esportiva baiana Patrícia Abreu e prefácio assinado pelo ultramaratonista e também escritor Ney Cayres,a publicação possui uma leitura leve e conta um pouco da  história e experiências do próprio autor.  Advogado por profissão e corredor por opção, Augusto tenta explicar por que tantas pessoas têm aderido à prática das corridas de rua, com dicas e depoimentos. Ele mostra que acima do esporte, a corrida aproxima pessoas, desenvolve a sociabilidade, fortalece famílias e até favorece o turismo.

Além de um bom corredor, Cruz também valoriza o meio ambiente. Augusto realizou a compensação do gás carbônico gerado com a produção do livro, contratando uma empresa de recomposição ambiental  que plantou árvores em área de nascente.

 Augusto Cruz na maratona de Dubai
Augusto Cruz na maratona de Dubai

 

Uma declaração de amor. Assim define o vocalista do Seu Maxixe, Berguinho, ao ser perguntado sobre a nova música do grupo.  “Quando amanhecer”, de Flavinho do kadet e Rhino Leite, será aos amigos e imprensa, em primeira mão, num coquetel com direito a  pocket show realizado nesta terça-feira (22), às 20h, no Confraria do França (Rio Vermelho).  “Essa canção é uma forma de estimular os casais a se amarem cada vez mais. Achamos o momento favorável para trabalhar um estilo que traduz a essência do Seu Maxixe. E é também uma maneira de presentear os nossos fãs com um belo som”, afirma o cantor Berguinho.

12523870_1049805845058818_6927435457653835904_n

 

A banda Chiclete com Banana criou alvoroço nas redes sociais ao lançar o seu novo  álbum, pela On Rpm,  nas lojas virtuais do mundo inteiro. O lançamento no Itunes, Spotify, Rdio, Deezer, emusic e BeatsMusic, gerou comentários na internet que mereceram destaque:

Massa demais!!!!! Não paro de escutar. Balanço do Chiclete misturado com a juventude do música baiana. Tá lindo demais!!!! #OrgulhoDeSerChicleteiro

“Demorou por que estavam caprichando, hein?!. Muitas músicas novas conservaram elementos/referências antigas. Enfim…é  o que eu estava querendo ouvir de novo: o bom e velho Chiclete com Banana com suas músicas alegres. Aguardando o CD físico.”

“Esse ijexá moderno ficou ótimo. Todas as células rítmicas que o Chiclete já experimentou estão nesse disco. A gente ouve bem a percussão e a variedade dela (coisa que nos últimos discos não se ouvia)”.

E o grupo não abandona aqueles fãs adeptos ao álbum prensado e, até o final de julho, o CD físico estará disponível nas lojas de todo o  Brasil. O  disco não foi batizado com nenhum nome, mas o Chiclete presta uma homenagem aos seus fãs quando estampa, na contra capa, a frase “A FORÇA QUE NOS MOVE”, numa forma de agradecimento aos Chicleteiros que  sempre mandaram energia positiva para a banda.

capa_CD_Chiclete_1400x1400 b
Capa do novo CD do Chiclete com Banana

 

Formado por Rafa Chaves, Wado Marques, Lelo Lobão, Walter Cruz e Deny com as participações de Rafael Jardim e Flavinho Drums, o Chiclete se dedicou por mais de seis meses nas produções dos arranjos e  gravações para o novo álbum. O CD possui músicas inéditas e regravações de canções antigas da banda. Com novos arranjos e sonoridade moderna os clássicos: Quem é você?,  Que força é Essa e Flor da Manhã, se encaixam positivamente no novo repertório do disco,  que entrará para a história do Chiclete com Banana. Algumas canções lançadas recentemente, como: De Braços Abertos, Cuida de Mim, Foi no Nana e Quem é Você  se tonaram hits nas rádios do país e já embalam muitos shows da banda.

 

E assim, segue o Chiclete nessa trajetória de sucesso, dando continuidade à sua história e levando alegria por onde passa.

 

10645019_873070452763435_3301491160775551695_n
Show em Piranga(MG) no último fim de semana – Crédito Peterson Sitônio

 

Rafa Chagas

A banda Lactosamba vai lançar seu primeiro CD nesta segunda-feira (1º), no Boteco do Gaúcho Music Pituba, no Jardim dos Namorados, ao lado da The Hall. Batizado de #ÉdiferenteOpagodeDaGente, o álbum que foi gravado no Studio Ilha dos Sapos, trás 15 canções inéditas compostas em sua maioria por Rafa Chagas, o vocalista do grupo. A preocupação com as letras e melodias das músicas na escolha do repertório, fez o disco se apresentar com um som firme, sem assumir rótulos. O trabalho foi produzido por Jair Rezende e a direção musical leva a assinatura de Yuri Sá. Os cantores Xanddy do Harmonia do Samba, Magary Lord, Falcão Guig Guetto , Liu Menezes e Fabinho Papazoni aceitaram o convite para participar do show  na noite de hoje.

A Lactosamba surgiu de uma pequena mobilização de jovens do bairro do Candeal há cerca de nove anos, que tinham grande interesse em desenvolver um trabalho com as características do samba-pagode. O grupo ficou por alguns anos desativado e somente no final de dezembro de 2012, com idéias já amadurecidas e com foco no trabalho, Jair Rezende retoma as atividades, dando uma cara nova  ao  grupo  com  a  chegada  do  vocalista Rafa Chagas, jovem de apenas 18 anos que trouxe consigo a experiência de ter cantado na banda Yeba Beats.

O público pode esperar uma mistura do melhor do pagode baiano e do samba e ritmos como rock, Bossa Nova, Ritmos afros, Arrocha, Semba, Rap e Reggae. O grupo tem músicas gravadas por Léo Santana e Parangolé (“Conselho de Amigo”) e uma participação cheia  de elogios  de Carlinhos Brown cantando a  música  “Vem  Viver  a  Vida Comigo”, com mais de 1 milhão de visualizações no  Youtube,  música  esta  que  já  aparece  no repertório de grandes bandas a exemplo do Harmonia do Samba.

 

Serviço

O que? Lançamento do CD da Lactosamba com participação de Xanddy da Harmonia do Samba, Magary Lord, Liu Menezes, Fabinho Papazoni e Falcão Guig Guetto.

Quando? Hoje, segunda-feira

Onde? Boteco do Gaúcho Music Pituba, no Jardim dos Namorados

Horário? 21hs

Ingressos?  R$ 30,00 (homem) ; R$ 20,00 (mulher)

 

 

Foto: Divulgação

Publicar um livro no Brasil não é nada fácil. E dois ao mesmo tempo? O desafio foi proposto e o jovem escritor baiano Luiz Asaf aceitou. Seus dois livros de estreia, Contos da Mãe Verde e Luiz Asaf e o Elo Animalium, serão lançados simultaneamente no dia 13 de dezembro, às 18hs, com coquetel no Teatro Eva Herz, da Livraria Cultura, no Salvador Shopping. O evento é aberto ao público e os livros, apesar de serem lançados oficialmente no mês que vem, já estão à venda na livraria.

A decisão de publicar os dois livros de uma só vez, veio da certeza de, segundo o autor, cada um deles se direciona a um determinado público. “Contos da Mãe Verde” é voltado para crianças em formação até 12 anos, com enredo de vocabulário com fácil entendimento. Para facilitar o interesse dos pequenos o livro é cheio de ilustrações.  Já “Luiz Asaf e o Elo Animalium” a convocação é para o leitor mais atento e que gosta de viajar em uma história mais carregada de fatos e vocabulário mais rico. O interesse do autor por animais e culturas distintas permeia as duas obras.

Em Luiz Asaf e o Elo Animalium o reino animal é o tema central da obra. Foto: Divulgação
Em Luiz Asaf e o Elo Animalium o reino animal é o tema central da obra. Foto: Divulgação

Tendo como referência autores internacionais como J.R.R Tolkien (O Senhor dos Anéis), C.S Lewis (As Crônicas de Nárnia) e J.K Rowling (Harry Potter), Asaf conta que eles exercem grande influência sobre o meu estilo de escrita e seguimento literário. Da literatura nacional, Monteiro Lobato é o seu ídolo. Batemos um papo com o jovem escritor que nos falou um pouco das suas investidas na literatura e nos revelou seus planos para o próximo ano.

 

SiteUR: Por que lançar dois livros ao mesmo tempo e no mesmo dia, sendo que cada um deles possui um público alvo distinto?

Luiz Asaf: Eu não imaginava publicar meus livros, a decisão partiu de muita pressão de amigos e de familiares que leram as obras. Como já possuía as duas obras prontas, decidi publicar de uma só vez. O lançamento simultâneo foi porque eu sou apaixonado por crianças e animais e como os títulos abordam temas que tratam dessas paixões, eu decidi dividir meu mundo particular com o grande público.

 

SiteUR: Por que optou por misturar o folclore brasileiro com europeu e americano no livro Contos de mãe verde?

Luiz Asaf: O livro “Contos da Mãe Verde” foi uma das obras que mais gostei de escrever, inicialmente porque é direcionado para o público infantil, que é um público que amo trabalhar e porque cada conto foi escrito em um país diferente e um um período diferente da minha vida, por isso a mistura entre os folclores, “Contos da Mãe Verde” reúne três contos e cada conto eu foco em um determinado folclore e uma determinada cultura, exemplo: No contos dos Lunangels, eu busquei passar a mensagem do conto, ambientando o mesmo em alguns pontos turísticos de Paris. No conto “A Princesa do Castelo de Areia” eu busquei ambientar nos litorais americanos e no conto “Yakecan” eu trouxe de volta o folclore brasileiro e indígena, em uma história de tirar o fôlego.

 

SiteUR: Quais são as suas referências na literatura e de que modo elas influenciaram sua escrita?

Luiz Asaf: Tenho como referência J.R.R Tolkien, autor de “O Senhor dos Anéis” que inclusive serviu de referência para a minha obra que será lançada no ano que vem, mas confesso que C.S Lewis autor de “As Crônicas de Nárnia” e J.K Rowling autora da saga “Harry Potter” exercem grande influência sobre o meu estilo de escrita e seguimento literário. Na literatura nacional Monteiro Lobato é o meu ídolo, ele sem dúvida possuía uma imaginação incrível e muito inspiradora. Tenho muito orgulho dele, pois nos representou muito bem frente ao universo literário.

 

SiteUR: Já se pode falar em novo projeto? Algum outro livro ainda na fase dos rascunhos?

Luiz Asaf: Sim. Os meus futuros leitores já podem esperar para dezembro do ano que vem mais dois títulos. A continuação do livro “Luiz Asaf e o Elo Animalium” que será intitulada de “Luiz Asaf e o reino Draconiano” e um novo título “O príncipe Luz”, em que mergulho na literatura fantástica.

 

SiteUR: Lançar livro não é tarefa das mais fáceis e você conseguiu. Qual a dica para novos autores baianos?

Luiz Asaf: Minha dica é que antes de decidir encaminhar os textos para uma editora, o autor entregue os esboços para familiares e amigos de confiança para lerem e criticarem a obra, se todas as críticas forem boas, o autor deverá então buscar editoras responsáveis e comprometidas. O segredo é não desistir dos sonhos, correr atrás, não se deixar abater, e ter fé que tudo se concretizará.

 

Serviço

Coquetel de lançamento dos livros Luiz Asaf e o Elo Animalium” e “Contos da Mãe Verde” –

Data: 13 de dezembro, às 18h

Local: Livraria Cultura – Salvador Shopping

Aberto ao público


SA Agência Digital