César Romero recebe Menção Especial da Associação Brasileira de Críticos de Arte

César Romero recebe Menção Especial da Associação Brasileira de Críticos de Arte

Cesar Romero

Prefaciou mais de trezentos catálogos de exposições para artistas brasileiros e com mais de 1000 artigos publicados, o artista plástico, crítico e médico César Romero, recebeu mais uma menção honroso por sua dedicação ao mundo das artes. Nascido em Feira de Santana, o artista foi homenageado na noite dessa quarta(29) pela Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA), com uma  Menção Especial por seus 40 anos de atividade como crítico de arte.

O reconhecimento destaca a vasta dedicação e contribuição do pintor baiano para a cultura nacional, diante das críticas elaboradas sobre os diversos eventos culturais na Bahia, no Brasil e no mundo.

O artista plástico ganhou o prêmio pela quinta vez. Antes, ele havia conquistado o prêmio Mario Pedrosa (2001 e 2007), destinado a artista de linguagem contemporânea, e o prêmio Gonzaga Duque (2004 e 2010), destinado a crítico filiado por atuação no ano. Um recorde conquistado pelo artista, que é considerado um dos mais respeitados e experientes críticos de arte do país.

Cesar Romero 45 x 45

Breve Histórico

Formado em Medicina em 1974, pela Universidade Federal da Bahia, optou pela psiquiatria, especializando-se em psicoterapia individual e grupal, com intensa atividade clínica.

Foi admitido, em 1980, como crítico de arte pela Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA), com sede em São Paulo, por avaliação de trabalhos teóricos e práticos e através da indicação dos críticos e escritores Walmir Ayala e José Roberto Teixeira Leite.

A partir desta data passa a ser oficialmente Crítico de Arte da Associação Brasileira de Críticos de Arte, da Brasilian Association Of Art Critics e da Association Internationale Des Critiques D´ART, ONG reconhecida pela UNESCO, com sede em Paris.

Iniciou-se na grande imprensa em 1975, mantendo-se na mídia até os dias atuais. São 35 anos ininterruptos escrevendo e divulgando a arte brasileira. Atualmente mantém sua coluna sobre Artes no Jornal Correio em Salvador.

exposicao