sábado, 22 junho 2024
Jade Showroom
Tags Posts tagged with "Parque Histórico Castro Alves"

Parque Histórico Castro Alves

Jomar Lima Foto Divulgação

Evento literário terá Yalle Tárique, de 11 anos, como curador da terceira edição. Confira a programação da Feira

De 23 a 25 de maio, o Parque Histórico Castro Alves, em Cabaceiras do Paraguaçu, será palco da terceira edição do Festival Literário da Bahia (FLIPAR). Com o tema “Africanidades Brasileiras”, o evento busca promover o diálogo e a reflexão sobre a influência africana na cultura nacional.

Uma das novidades deste ano é o curador do evento, Yalle Tárique, um escritor mirim de apenas 11 anos. Com essa nomeação, Yalle torna-se o primeiro curador infantil em um festival literário na Bahia, evidenciando uma tendência de inclusão e reconhecimento da juventude na esfera cultural.

Confira a programação completa da Feira:

23 DE MAIO DE 2024 – QUINTA FEIRA AUDITÓRIO DO PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES


08h00 – Fanfarra municipal de Cabaceiras recebendo autoridades na entrada do Parque

08h30 -ABERTURA OFICIAL com fala das autoridades

09h00 – BATE PAPO LITERÁRIO: A importância do leitor infantil para a formação de leitores com as crianças Anna Perola Dias Cerqueira e Miguel Souza (Cabaceiras/Ba) Mediação: Yalle Tarique
10h00 – FALA JUVENTUDE – uma conversa sobre: “A contribuição dos projetos estruturantes para a formação integral dos alunos com os estudantes Brena Nunes, Lavinia Dias e Luiza Conceição sob coordenação da professora Caliane Costa/Colégio Estadual Albérico Gomes (Cabaceiras/Ba).

13h00 – BATE PAPO LITERÁRIO sobre Cultura e Africanidade no Recôncavo com Naiane Araújo (Cabaceiras/Ba) e músico e ator Gian Pedro Amorim (Cachoeira/Ba) com mediação da coordenadora do Parque Histórico Castro Alves, Diogenisa D’Oliva.

14h30 – MOSTRA ESTUDANTIL COM ESTUDANTES DO COLÉGIO MUNICIPAL POETA CASTRO ALVES. Tema: Escrevivências Negras com os estudantes: Kattely Vitória da Silva Soares e Maykelle Vieira do Santos sob coordenação de Josenilda Brandão (Cabaceiras/Ba).

15h00 – INTERVENÇÃO ARTÍSTICA: Apresentação do espetáculo teatral: Retratos da vida real. Estudantes: Gisely da Paz, Ericka Sena, Milena de Jesus, Sara Hany dos Santos, Daniel Conceição e Gabriel Silva sob coordenação Ana Célia Passos- Colégio Estadual Albérico Gomes (Cabaceiras/Ba).

15h30 – BATE PAPO LITERÁRIO – Saberes, Cuidados e Ancestralidade com Allysson Nogueira, Caliane Costa e Laís Moreira sob Mediação do Coordenador da Hansen Bahia Jomar Lima. (Cachoeira/Ba)

17h00 – VIOLÃO E A PALAVRA com Jota Silveira e Raissa Caldas (Cruz das Almas/Ba) 18h00 – LANÇAMENTO DE LIVRO: Antologia Negra de Ildásio Tavares (Salvador/Ba). 19h00 – LANÇAMENTO DE LIVRO: “Formação docente para uma pedagogia do sentido da vida” de Cristiane Santana (Cabaceiras/Ba).

ANFITEATRO DO PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES

09h00 – CONTAÇÃO DE HISTÓRIA com as Coordenadoras Cristiane Dias e Fátima de Paula com a contação “A cor bela de Mirela” de Jucele Santos (Cabaceiras/Ba).

10h00 – INTERVENÇÃO ARTÍSTICA com a Trupe Circense Rais com os palhaços Sirikita e Sujeitão (Vera Cruz/Ba).

11h00 – FALA EDUCAÇÃO espaço dedicado a estudantes de escolas da região de CACHOEIRA/Ba

12h00 – INTERVALO DE ALMOÇO – MÚSICA E POESIA com Jota Silveira (Cruz das Almas/Ba).
14h00 – CONTAÇÃO DE HISTÓRIA com as Coordenadoras Cristiane Dias e Fátima de Paula com a contação “A cor bela de Mirela” de Jucele Santos. (Cabaceiras/Ba).

15h00 – INTERVENÇÃO ARTÍSTICA com o espetáculo infantil “Todas as Cores” com crianças da ONG ILHA DAS CRIANÇAS (Itaparica/Ba).

20h00 – APRESENTAÇÃO MUSICAL com Priscila Sales (Cabaceiras/Ba)

POUSO ADELAIDE – ESPAÇO DE LEITURA DO PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES

10h00 as 11h00 – OFICINA DE ARTE com alunos da Escola Municipal Carlos Pereira com o tema: Máscaras Africanas (Cabaceiras/Ba)

14h00 as 15h00 – OFICINA DE ARTE com alunos da Escola Municipal Carlos Pereira com o tema: Máscaras Africanas (Cabaceiras/Ba)

24 DE MAIO DE 2024 – SEXTA FEIRA

AUDITÓRIO DO PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES

09h00 – BATE PAPO LITERÁRIO sobre Africanidades Brasileiras – EDUCAÇÃO ANTI RACISTA com professor Allysson Nogueira com mediação de Mario Lima (Cabaceiras/Ba). 10h00 – FALA JUVENTUDE – “Africanidades entre nós” com os estudantes Ana Luísa Barbosa, Beatriz Sotero, Karine Alves, Bianca Fiuza, Emile Sotero, Izadora dos Santos e Kauã dos Santos do Centro Educacional Professor Agnaldo Viana Pereira sob a coordenação Professora Valdicinéa Aragão Conceição (Governador Mangabeira/Ba). 13h30 – BATE PAPO LITERÁRIO sobre “O papel da educação e experiências pedagógicas sobre africanidades brasileiras em Santo Amaro” com professora Rosa Iris sob mediação de Munique Gonçalves (Santo Amaro/Ba)

15h00 – MOSTRA ESTUDANTIL com estudantes da Escola Municipal Germano Bastos – Apresentação de dança – Grupo Akin (Cabaceiras/Ba)

16h00 – LANÇAMENTO DE LIVRO: Bucambe: o pequeno Herói de Yalle Tarique (Salvador/Ba)

17h00 – VIOLÃO E A PALAVRA com Jota Silveira e Raissa Caldas (Cruz das Almas/Ba) 18h00 – LANÇAMENTO DE LIVRO: “A vida simplesmente” de Sandra Roza (Cabaceiras/Ba)

ANFITEATRO DO PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES

09h00 – CONTAÇÃO DE HISTÓRIA com a Coordenadora da Secretaria de Educação Taiz Galeão com o tema “Contos Africanos” (projeto Leiturarte-Cabaceiras/Ba)

10h00-INTERVENÇÃO ARTÍSTICA com o grupo de samba mirim Raízes do Paraguassú (Cabaceiras/Ba)

11h00 – FALA EDUCAÇÃO espaço dedicado a estudantes da ESCOLA DE ARTE E SABER JOSÉ OLIVEIRA, participação do escritor infantil Tom Barreto e mediação da escritora Paula Anias (Castro Alves/BA)

12h00 – INTERVALO DE ALMOÇO – MUSICA E POESIA com Jota Silveira (Cruz das Almas/Ba)

14h00 – CONTAÇÃO DE HISTÓRIA com a Coordenadora da Secretaria de Educação Taiz Galeão com o tema “Contos Africanos” (projeto Leiturarte -Cabaceiras/Ba)

15h00 – INTERVENÇÃO ARTISTICA com MC Rafael Ross (Cabaceiras/Ba)

*POUSO ADELAIDE – ESPAÇO DE LEITURA DO PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES *
10h00 as 11h00 – OFICINA DE POESIA – Compondo em versos, prosas e poesias com o cordelista Pedro Braz sob a coordenação de Professora Valdicinéa Aragão (Cabaceiras/Ba)
14h00 as 15h00 – OFICINA DE POESIA – Compondo em versos, prosas e poesias com o cordelista Pedro Braz sob a coordenação de Professora Valdicinéa Aragão. (Cabaceiras/Ba)

PRAÇA CASTRO ALVES – CABACEIRAS DO PARAGUAÇÚ

PALCO AFRICANIDADES:

21h00 – REBECA TARIQUE COM O SHOW “ANCESTRALIDADE”
22h00 – MAGARY LORD canta África
00h00 – SUTAK DE LUXO

25 DE MAIO DE 2024 (SÁBADO)

AUDITORIO DO PARQUE HISTÓRICO CASTRO ALVES

09h00 – BATE PAPO LITERÁRIO – Lançamento do Programa de Formação de Leitores – FALEI com o coordenador do projeto com mediação do professor Dr. Paulo Gabriel Nacif (Salvador/Ba)

10h30 – INTERVENÇÃO ARTÍSTICA com grupo de Capoeira (Cabaceiras /Ba)

11h00 – LANÇAMENTO DE LIVRO – Ginga de Resiliência – capoeira da Angola para além da roda do Mestre Roxinho (instituto Bantu/Vera Cruz –Ba)

12h00 – BATE PAPO LITERÁRIO – O que se come e o que se fala, o binômio de formação de um povo do lugar com o cantor e compositor ROBERTO MENDES com mediação de André Reis (Santo Amaro/Ba)

13h00 – SHOWS DE ENCERRAMENTO:

13h00 – Samba de Roda das Pedrinhas (Cabaceiras/Ba) 14h00 – Grupo Cultural Gegê Nagô canta Mateus Aleluia (Cachoeira/Ba)

14h00 – Grupo Cultural Gegê Nagô canta Mateus Aleluia (Cachoeira/Ba)

Agenda
3ª edição do Festival Literário da Bahia (FLIPAR)
Tema “Africanidades Brasileiras”
Curador do evento:  Yalle Tárique, que aos 11 anos
Quando: 23 a 25 de maio
Onde: Parque Histórico Castro Alves
Endereço: Praça Castro Alves, 106 – Centro, Cabaceiras do Paraguaçu – BA, 44345-000
Aberto ao Público

FOTO DIVULGAÇÃO

#flipar #feiraliterária#cultura#literatura#fhb#cali

Yalle Tárique

Evento em Cabaceiras do Paraguaçu terá curadoria do escritor mirim Yalle Tárique

De 23 a 25 de maio acontece a 3ª edição do Festival Literário da Bahia (FLIPAR), no Parque Histórico Castro Alves, na cidade de Cabeceiras do Paraguaçu. Este ano o evento traz como tema “Africanidades Brasileiras”.

A novidade desta edição é a nomeação do curador do evento, Yalle Tárique, que aos 11 anos se torna o primeiro curador infantil em um festival literário na Bahia. Sua nomeação destaca um movimento crescente de inclusão e valorização da juventude na cena cultural.

Yalle é autor premiado de livros como “Diário de uma quarentena – Narrativas de uma criança na pandemia” e “Bucambe – O Pequeno Herói”. Ele começou a escrever aos 8 anos durante o pico da pandemia de COVID-19 no Brasil. Seu olhar único sobre a crise o levou a diversos festivais.  

Seu primeiro livro foi lançado em 2020 no Festival Literário de Feira de Santana e ele já participou de vários eventos literários na Bahia, além de ter sido convidado para mesas em eventos como a Bienal do Livro Salvador.

Com uma proposta de celebrar e refletir sobre a influência da cultura africana no Brasil, a FLIPAR 2024 será um evento enriquecedor e inclusivo, abrindo espaço para diversas vozes e perspectivas literárias.

A FLIPAR é uma realização da Prefeitura Municipal de Cabaceiras do Paraguassu e do Instituto Preservar em parceria com o Parque Histórico Castro Alves/ IPAC e a Unilivre Brasil e conta com o apoio do Governo da Bahia.

Agenda
3ª edição do Festival Literário da Bahia (FLIPAR)
Tema “Africanidades Brasileiras”
Curador do evento:  Yalle Tárique, que aos 11 anos
Quando: 23 a 25 de maio
Onde: Parque Histórico Castro Alves
Endereço: Praça Castro Alves, 106 – Centro, Cabaceiras do Paraguaçu – BA, 44345-000

FOTO DIVULGAÇÃO

#flipar #feiraliterária#cultura#literatura#fhb#cali

_Evento apresentou novidades sobre a Feira e contou com a presença do prefeito Pedro André Braz_

No Dia Nacional da Biblioteca, celebrado em 9 de abril, foi lançada a terceira edição da Feira Literária Internacional de Cabaceiras do Paraguaçu (FLIPAR). O evento ocorreu no Parque Histórico Castro Alves, local de nascimento do poeta homônimo.

Estiveram presentes o prefeito do município, Pedro André Braz, acompanhado de sua equipe de secretários, e a equipe de coordenação da FLIPAR. Durante o lançamento, foram apresentadas as atividades e ações previstas para a feira deste ano. Um destaque foi a nomeação de Yalle Tárique, um adolescente de 11 anos, como curador do evento. Yalle é vencedor de um prêmio nacional de literatura e autor de um livro infantil.

Foto Divulgação

O professor Paulo Gabriel Nacif também teve a palavra, apresentando o projeto da Universidaxe Livre do Brasil em colaboração com a UFRB, o FALEI (Formação de Leitores). Este projeto visa a formação de leitores, especialmente voltado para professores e alunos da rede pública de ensino.

O evento ainda contou com apresentações culturais, incluindo um recital de Pérola, de apenas 7 anos, e uma performance do grupo cultural Aboca, com Veko Araújo e Açúcar Portela.

A realização da FLIPAR é uma iniciativa do Instituto Preservar em parceria com a Prefeitura Municipal de Cabaceiras. O evento conta com o apoio da Universidade Livre do Brasil, Governo da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Ipac e Parque Histórico Castro Alves.

FOTO DIVULGAÇÃO

#flipar #feiraliterária#cultura#literatura#fhb#cali


SA Agência Digital