quinta-feira, 26 novembro 2020
Tags Posts tagged with "Olodum"

Olodum

Para celebrar o Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 novembro, o público vai conferir uma exposição fotográfica e de turbantes no Salvador Shopping.

No período de 17 a 29 de novembro, próximo à Studio Z (piso L1), os clientes conferem, gratuitamente, algumas imagens alusivas aos “222 anos da Revolta dos Búzios na Bahia”, realizada pelo Salvador Shopping em parceria com a Associação Carnavalesca Bloco Afro Olodum, a Loja Planeta Olodum e Cores da Bahia.

Na exposição, os visitantes conferem fotos que relatam algumas cenas da Revolta dos Búzios, como: os seus líderes (Luiz Gonzaga, João de Deus, Lucas Dantas e Manuel Faustino), a bandeira da Conjuração Baiana, a Praça da Piedade, local da execução dos conjurados, além dos turbantes de Negra Jhô, personalidade nacional, referência na produção de tranças, torços e turbantes.

Nas redes sociais do Salvador Shopping, na página do Facebook (/salvadorshoppingoficial) e perfil no Instagram (@salvadorshopping), os usuários vão conferir vídeos alusivos à luta e história do povo negro, mostrando a importância do dia 20 de novembro, através dos depoimentos de personalidades baianas: João Jorge (diretor do Bloco Afro Olodum), Paulo Rogério (co-fundador do Vale do Dendê, colunista da Exame e escritor), Rita Batista (jornalista e influencer) e Maíra Azevedo, conhecida nacionalmente como Tia Má (jornalista, colunista do UOL e influencer).

Mais informações:* www.salvadorshopping.com.br.
*SERVIÇO*
*Exposição fotográfica “222 anos da Revolta dos Búzios na Bahia”*
*Onde:* Piso L1, próximo à StudioZ, no Salvador Shopping;
*Período:* 17 a 29 de novembro de 2020;
*Horário:* segunda a sábado, das 11h às 21h; domingo, das 12h às 21h;
*Visitação gratuita*

Do tempero especial da feijoada ao ambiente confortável, passando pela trilha sonora e pelo respeito à lotação do espaço, o Restaurante Manga, em parceria com o promoter Ginno Larry, teve um dos eventos fechados mais concorridos deste domingo, 2 de fevereiro, Dia de Yemanjá.

A cantora Belô Velloso recebeu Alice Caymmi num show atual e cheio de memórias de duas grandes famílias da MPB. DJ Chell manteve a música sempre no play, enquanto a Banda Olodum fez apresentação surpresa para os convidados, que desfrutaram de buffet especial com feijoada e comidinhas, assinado pelos chefs Danti e Katrin Bassi.

Banda Didá

No dia 3 de setembro (domingo), a famosa Feijoada da Negra Jhô levará brilho e muitas vibrações positivas pelas ruas do Pelourinho, Centro Histórico de Salvador. Em sua oitava edição, o evento organizado pela multifacetada Jhô, receberá o som vibrante de convidados importantes na história de resistência da nação negra na Bahia.

O grupo Olodum, a banda feminina Didá e o requebrado miudinho das bandas Samba do Pretinho e Catadinho do Samba farão a festa na feijoada que contará com a participação de artistas como o grupo Araketu, liderado por Linnoy e Tonho Materia, Aloisio Menezes e Portella Açúcar do Cortejo Afro, Dão, Igbonan Rocha e Josas Almeida.

Negra Jhô

A pista de dança será dominada pelo angolano Dj Fabio Lima, que garantirá um setlist primoroso, com muito kuduru, afro beat e ritmos latinos. A “FeiJhôada” se transformou em um festival cultural, com direito à dança, desfile de estética afro e apresentações musico-culturais que misturam samba, afro, pagode, semba, kuduro e axé.

Serviço

O QUE: “FeiJhôada” com Olodum, Banda Didá, Catadinho do Samba, Samba do Pretinho, além das participações especiais de Aloísio Menezes e Portella Açúcar (Cortejo Afro), Tonho Matéria e Linnoy (Banda Araketu), Dão, Igbonan Rocha e Josas Almeida e Dj Fabio Lima.

QUANDO: 03 de setembro (domingo) a partir das 13h

ONDE: Hotel Pelourinho – Rua das Portas do Carmo, 20, Pelourinho

QUANTO:: R$ 80 Individual (a vista ou no cartão em até 2x)/ R$ 150 Casadinha (a vista ou no cartão em até 3x)

ONDE COMPRAR: Salão da Negra Jhô (Rua Frei Vicente, n°04, Pelourinho)

INFORMAÇÕES:71 3321-5710/ 99162-7239/ 98751-9811/ 98757-7637.

Foto: Edgar de Souza/Dovulgação
A próxima edição do ensaio do Cortejo Afro, que acontece na próxima segunda-feira (9), a partir das 21h, na Praça das Artes, no Pelourinho, contará com a participação especial do Olodum. Os ensaios que mudaram este ano de local ao sair da Praça Pedro Arcanjo recebeu uma série de críticas do público fiel, sobretudo a questão da quantidade dos banheiros, a falta de bebidas e a grande fila para compra de ingresso no local do show. O público dos shows é majoritariamente gay e espera que os problemas sejam sanados para poderem curtir o som do Cortejo e seus convidados sem maiores problemas.
Durante a apresentação, a banda Cortejo Afro apresentará seu repertório com uma mistura de ritmos africanos, batidas eletrônicas, músicas latinas, MPB e pop. Além de canções autorais, como “Combustível”, “Vou Sambar”, “Reze” e “Ageumbó”, a banda fará releituras de clássicos da Música Popular Brasileira. Os ingressos custam R$40 (inteira) e R$20 (meia) e são vendidos a partir das 14h no local do show.
Serviço
O QUÊ: Ensaio do Cortejo Afro
QUANDO: Segunda-feira, 9 de janeiro, às 21h
ONDE: Praça das Artes – Pelourinho
VALOR: R$40 (inteira) e R$20 (meia)

Saulo Fernandes

Mais uma edição do Saulo, Som e Sol, o ensaio de Saulo Fernandes, vai acontecer neste domingo, dia 8, no estacionamento do Porto de Salvador, no Comércio. As batidas do banda Olodum, que cantará hits já conhecido do público e turistas e a banda Avenida Se7e, farão parte do show. Saulo cantará durante o por do sol da Baía de Todos os Santos e no repertório promete uma mistura de ritmos, com seus maiores sucessos e canções de amigos.

Levi Lima e Olodum no Metrô de Salvador

O cantor do Jammil e Uma Noites, Levi Lima, os vocalistas da banda Olodum, Lazinho e Mateus , acompanhados de percussionistas do grupo, surpreenderam os usuários do metrô de Salvador na tarde desta quarta-feira, dia 21 de dezembro. Levi começou ao violão, interpretando o sucesso do Jammil, Sublime. Em seguida, os músicos e cantores do Olodum foram se aproximando e a batida inconfundível tomou conta do local, agitando os passageiros que circulavam pela nova estação de metrô da capital baiana, ao som de vários hits de ambos os grupos musicais.

Os artistas agitaram o público baiano na estação de metrô da Lapa, ponto central da cidade, por onde circulam milhares de pessoas por dia, local escolhido pelo Olodum e pelo Jammil para simbolizar a chegada do verão.

Juntos, eles anunciaram ainda uma parceria ao longo de 2017, que irá marcar as comemorações dos 30 anos de “Faraó Divindade do Egito”, sucesso do Olodum composto por Luciano Gomes e gravado em 1987, que foi faixa do primeiro LP do grupo e já foi tocada em shows do Olodum em dezenas de países, considerado um hit internacional da Bahia.

A programação comemorativa do grupo percussivo contará com a realização de uma série de eventos ao longo do ano, a exemplo de um grande show que já terá Levi Lima como um dos convidados especiais.

Olodum por Magali Moraes

Em homenagem aos 30 anos da canção “Faraó Divindade do Egito” o Olodum volta seu olhar para um dos países mais enigmáticos do continente africano. Desta vez, o pai de Tutacamom, Akhenaton, famoso por ser o criador do monoteísmo, o sol, Aton, e todas as influencias do astro rei serão debatidos no tema “O Sol – Akhenaton: Os Caminhos da Luz” .


Serão 2 dias de desfile, Sexta e Domingo. Na sexta-feira, o Olodum inicia o desfile no seu berço de origem, o Pelourinho e depois compartilha esse momento de sua história no circuito Osmar (Campo Grande) com todos os foliões na Avenida. No domingo de Carnaval, o Olodum é o primeiro a desfilar na orla de Salvador, no circuito Dodô(Barra/Ondina).

Em 1987, pela primeira vez na história do Carnaval da Bahia que um Bloco Afro teve a ousadia e a irreverência de retratar a cultura Egípcia africana em seu desfile Carnavalesco. O hit “Faraó Divindade do Egito”  composta por Luciano Gomes, foi a sensação e contagiou os foliões de Salvador e do Brasil, todos entoaram este hino musical que permanece até hoje na memória e no coração de todos mundialmente.

Ao longo de sua trajetória carnavalesca o Bloco Olodum tem trilhado muitos caminhos. Caminhos da paz, da igualdade, do respeito, da liberdade religiosa. Agora pretendemos continuar nos Caminhos da Luz buscando fazer uma imersão e passear pelos mistérios e enigmas da história do Faraó Akhenaton e os Caminhos que percorreu em torno do grande ‘Aton’ (Deus Sol)”, disse a diretora Cristina Calacio.

Tom Thum

Pela primeira vez no Brasil, o Teatro Vila Velha, localizado na Avenida Sete de Setembro, em Salvador, será palco do encontro de quatro artistas australianos, com grupos e produtores brasileiros de destaque, no projeto “THE LOOP LAB”.

Os músicos solistas australianos  Ben Walsh (percussão), Linsey Pollak (sopros), Tom Thum (beatbox) e Tjupurru (slide didgeridoo) criarão ao vivo um som multifônico, potente e inovador, no projeto que contará na Bahia, com a intervenção do dj Mauro Telefunksoul e Pedro Filho, o grupo Ilê Aiyê, Muzenza e Olodum, durante três dias de evento.

Em uma das apresentações, o quarteto preparou para  juntos na turnê do Brasil, um espetáculo repleto de humor musical e as mais incríveis criações sonoras.

O “The Loop Lab” conta com o apoio da embaixada australiana e o show também acontecerá na cidade de São Paulo em Abril. Confira a agenda de Salvador:

16/05, segunda, 20h, R$40 e 20
Apresentação “The Loop Lab”

18/05, quarta, 20h, R$40 e 20
Encontro musical de Tom Thum e Ben Walsh com DJ Maurotelefunksoul e Pedro Filho

19/05, quinta, 20h, R$50 e 25
Encontro musical de “The Loop Lab” com Ilê Aiyê, Muzenza e Olodum

Foto: Douglas Mendes/Divulgação

A voz, a cor, o suingue e romantismo das composições memoráveis de Jauperi, ou simplesmente JAU, estão de volta. O cantor, que é também um dos compositores mais festejados da sua geração, se volta para os seus 30 anos de carreira e promete emocionar fãs e admiradores. “Encontro com Jau” é o nome do show que acontece no dia 21 de maio, sábado, a partir das 20h, no Museu Du Ritmo. Mas neste sábado, dia 07 o cantor convida fãs e admiradores para uma tarde de música e fotos na loja Balcão de Ingressos, no 1º piso do Shopping Paralela. O evento será às 15h e os 150 primeiras pessoas que adquirem o ingresso do show terá um lugar especial no pocket show.

jauperi

No show inédito no Museu du Ritmo, palco de ensaios consagrados de Carlinhos Brown e Timbalada, Jau revisitará toda sua obra, desde os tempos do Olodum, grupo que o revelou para o mundo, sua passagem pelas bandas Afrodisíaco e Vixi Mainha, até assumir sua verdade musical em carreia solo. Sucessos recentes como Sandália de Couro, Flores na Favela e Amar é Bom e composições antigas como Jeito Faceiro, da época do Olodum e Canto ao Pescador, imortalizada na voz de Márcia Freire na Banda Cheiro, não faltarão no repertório hitmaker nato, Jau vai apresentar composições inéditas com seu DNA suingado e dançante, com fortes influências nas raízes afros e na mistura rítmica. A abertura do show ficará com a banda Filhos de Jorge. AEmperium Música e Marketing Produções que está produzindo o show ainda vai divulgar duas grandes atrações de peso.

 

 

Serviço

O quê: Tarde de autógrafos e fotos com Jau

Quando: Dia 07 de maio, sábado, às 15h

Onde: Balcão de Ingressos, no 1ª piso do Shopping Paralela

Informações: (71) 99308 4612

As 150 primeiras pessoas que adquirirem ingressos para o show vai ter direto a uma senha para fazer fotos e autógrafos após o pocket show.

 

Serviço do show

O quê: Encontro com Jau e convidados – Abertura Filhos de Jorge

Quando: Dia 21 de maio, sábado, às 20h

Onde: Museu Du Ritmo, Comércio

Preço: R$40 Pista | R$50 Área VIP | R$90 Àrea VIP com Open Bar | R$150 Àrea Premium com All Inclusive

Pontos de vendas: PIDA e Balcão de Ingressos

Informações: (71) 99308 4612 e no site encontrocomjau.com.br 

 

Márcio Victor por Filipe Rodrigues

O Psirico gravou o DVD comemorativo de 15 anos do grupo, na última terça-feira (08), durante o Holiday Festival, no Estádio de Pituaçu, em Salvador-BA. Com uma super estrutura, o grupo liderado por Márcio Victor caprichou no cenário e figurino, além do balé, que foi composto pela FitDance.

O primeiro convidado foi Saulo, que cantou “Firme e Forte”, logo depois vieram As Ganhadeiras de Itapuã com “SOS Sertão”. Cheia de romantismo, a dupla Jorge & Mateus cantou “Outras Flores Virão”. O Olodum apresentou a canção “Me Valorize”. O goiano Israel Novaes cantou “Receita do Amor (Chá de Calcinha)” ao lado de Márcio Victor.

ISRAEL NOVAES E PSIRICO. Filipe Rodrigues
Israel Novaes e Márcio Victor por Filipe Rodrigues
OLODUM E PSIRICO. Filipe Rodrigues
Olodum e Márcio Victor por Filipe Rodrigues

Mr. Catra cantou um medley de hits do Psi “Cordão Cheiroso/ Piriquita/ Chupeta”. Anitta e Márcio Victor sensualizaram com a canção “Felicidade”. Logo depois, o baiano Edcity levantou o público com a clássica “Periferia”. Márcio Victor encerrou a apresentação cantando “Lepo Lepo”, considerado o maior sucesso da sua carreira.

JORGE E MATEUS E MARCIO VICTOR. Filipe Rodrigues
Jorge e Mateus com Márcio Victor por Filipe Rodrigues
SAULO E MARCIO VICTOR. Filipe Rodrigues
Saulo e Márcio Victor por Filipe Rodrigues

A gravação do  DVD contou a história do grupo em 25 faixas, com 13 totalmente inéditas, 3 medley retrô  e regravações de grandes hits, os principais sucessos da carreira. Para concretizar esse projeto, uma grande equipe trabalhou durante meses para cuidar de cada detalhe do projeto. A direção musical é do próprio Márcio Victor e do diretor musical do grupo Paulo Paulada. O cantor também é responsável pela direção artística juntamente com o Gil Alves e Flavio Maron. A direção geral do DVD é assinada por Flávio Maron e Márcio Victor. A direção de vídeo é de Filipe Ratz e direção de fotografia é de David Campbell, ambos da Agência Califórnia.

O cenário é assinado pelo artista Peu Caldas, que já tem uma longa história de sucesso com grandes projetos de DVD no Brasil. Figurino do cantor e de todo o grupo levou assinatura da estilista Valéria Kaveski, que já acompanha o artista nesses últimos anos, com coreografias criadas pelo coreógrafo Dan Fernandes e pela FitDance.


SA Agência Digital