quarta-feira, 30 novembro 2022
Jade Showroom
Tags Posts tagged with "Danca"

Danca

De volta à modalidade presencial, o Festival de Dança Itacaré atinge a marca de 10 edições e celebra este momento ampliando as possibilidades de participação para artistas da dança de todo o Brasil. Assim, além de espetáculos, trabalhos de rua ou alternativos, também serão contempladas propostas de oficinas-espetáculos, mediante cachê para todos os selecionados. O único meio de inscrição é o formulário disponível no site que ficará disponível de 30 de julho de 2022 a 30 de agosto de 2022.

Serão contemplados cinco Trabalhos Cênicos, que se configuram como espetáculos já estreados ou inéditos em formato de solos, duetos e trio, com cachê de R$ 3 mil. Já na categoria Trabalhos de rua ou espaço alternativo, serão selecionadas três performances já estreadas ou inéditas em formato de solos, duetos e trio, que receberão R$ 2,5 mil cada. Por fim, duas Oficinas-Espetáculos comporão o Festival, uma em Ilhéus (BA) e outra em Itacaré (BA). Para esta atividade, o cachê será de R$ 3 mil para cada proposta. O resultado será divulgado no site no dia 16 de setembro.

Esta décima edição acontece de 05 a 11 de novembro nas cidades sul baianas de Ilhéus e Itacaré. A produção disponibilizará para os artistas ou grupos selecionados hospedagem, transporte, cachê e ajuda de custo na alimentação diária.

A idealizadora do Festival, Verusya Correia, conta que o evento deste ano tem como tema “Experiências dançantes”, celebrando a Dança em pleno interior da Bahia, trazendo a perspectiva da dança do presente como um lugar de enunciação, uma situação concreta, que contempla incertezas, conflitos, além de visão não dicotômica do mundo. “O Festival é um lugar plural, diverso. A retomada presencial traz a possibilidade de aproximação, de convívio. Esse corpo a corpo, suor, fala, escuta e toque fazem toda a diferença. Venha!”, convida Verusya.

O X Festival de Dança de Itacaré é uma realização da Associação Comunidade Tia Marita, apoio institucional da Casa Ver Arte e apoio financeiro do apoio financeiro do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.

Informações sempre atualizadas podem ser acessadas no site e nas redes sociais em @festivaldedancaitacare.

SERVIÇO

O quê: Convocatória para o X Festival de Dança Itacaré.

Categorias: Espetáculos, Trabalhos de rua e espaços alternativos e Oficinas-Espetáculos de todo o Brasil.

Quando: De 30 de julho a 30 de agosto.

Saiba mais: Inscrições e informações no SITE

Realização: Associação Comunidade Tia Marita.

Apoio institucional: Casa Ver Arte.

Apoio financeiro: apoio financeiro do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.

Foto André Peirão

Batalha do Pagode 2019 Foto Alice Rodrigues

Tendo a dança como pensamento e conexão de fazeres, o EPA! chega à sua 5ª edição contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2019-2020 e acontecerá entre os dias 17 e 19 de dezembro. Dedicado à valorização e difusão de manifestações populares, da arte negra e de periferia, o projeto é uma plataforma de pluralidade artística, que intercruza as linguagens da dança, teatro, música, literatura e cinema. Idealizado e realizado pela ExperimentandoNUS Companhia de Dança que vem atuando e produzindo dança de forma independente e ininterrupta há 13 anos no Estado da Bahia, o EPA! tem se consolidado como uma vitrine da expoente cena artística negra e periférica, bem como de artistas de gerações anteriores.

As inscrições para a Batalha de Pagode Baiano seguem abertas até o dia 30 de novembro, e devem ser realizadas de forma individual, via formulário, no link disponível no Instagram do festival https://www.instagram.com/epa.ba/. Não são aceitas participações de duplas, trios ou grupos.

“O esforço coletivo é o oxigênio que faz do EPA! uma realidade. Contamos com o incentivo pessoal de cada artista negro que acredita na união da nossa pluralidade cultural e artística. E que juntos nos fortalecemos como importante instrumento para valorização das diversas manifestações populares que realizamos. Impulsionando a formação de um mercado local, fomentando a inserção de artistas da cidade nos circuitos culturais e tecendo redes com outros estados brasileiros e também países”, pontua Inah Irenam, Diretora Geral do EPA.

Com uma ampla programação cultural marcada pela diversidade de linguagens artísticas e pela participação de artistas, grupos e pesquisadores da arte e da cultura, o EPA! é um festival, dos poucos com seu perfil, a estimular o deslocamento ao olhar reflexivo e contemporâneo acerca de questões identitárias, estéticas de periferias e a arte como ação política, em seus modos de se relacionar com a cultura local e global. Em mais uma edição virtual, toda programação será transmitida pelo canal do Youtube do EPA!, e também em seu perfil no Instagram. A divulgação dos nomes dos candidatos escolhidos acontecerá também pelo Instagram @epa.ba, a partir de 2 de dezembro.

Para acessar Redes e Canais: https://linkme.bio/epa/

Primeira das grandes atrações a desfilar na noite deste sábado (22), a cantora Ivete Sangalo puxou o bloco Corujas. Já era noite quando a artista passou na frente do Camarote Skol Puro Malte e agitou a galera relembrando sucessos como Canibal, Beleza Rara, Tum Tum Goiaba, Miragem e Minha Pequena Eva. Além disso, Ivete Sangalo conversou  na varanda do espaço com Fábio Big Boss, fundador da FitDance .  “Fábio, um beijo para você. Parabéns pelo Fitdance. Agora é todo canto” disse a cantora.

Durante o carnaval de 2018, a cantora gravou uma coreografia do sucesso “No Groove” para o canal de dança.

Credito: Gabriel Magalhães / Divulgacao

O Balé Teatro Castro Alves (BTCA) volta a cartaz com o projeto “Pílulas Dançadas”, coordenado pelas bailarinas Mônica Nascimento, Adriana BambergSolange Lucatelli, realizando apresentações gratuitas durante o mês de maio em diversas comunidades de Salvador.

O projeto “Pílulas Dançadas” reúne células coreográficas (solos, duos e quartetos) desenvolvidas especialmente para o Balé do TCA pela bailarina e coreógrafa mineira Morena Nascimento, que integra a renomada companhia Tanztheater Wuppertal, fundada pela alemã Pina Bausch (1940-2009).

O projeto tem como proposta ocupar e humanizar, por meio da arte, espaços de uso comum, como rampas de acesso, corredores, recepções, ambulatórios, pátios e outros ambientes em instituições diversas, a exemplo de centros comunitários, centros de saúde, casas de apoio a idosos e orfanatos, entre outros.

O BTCA é uma companhia baiana de dança contemporânea mantida pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult-BA) através da Fundação Cultural do Estado (Funceb) e do Teatro Castro Alves. Seu atual diretor artístico é o bailarino e coreógrafo Antrifo Sanches.

Confira a programação completa do projeto “Pílulas Dançadas” em MAIO:

 

11/05 (quarta-feira), às 15h – Associação e Centro Educacional Infantil Maria Dolores (Rua Sete de Setembro, 35 – Fazenda Grande do Retiro).

18/05 (quarta-feira), às 15h – Abrigo Lar Pérolas de Cristo (R. Dr. Eduardo Dotto, 1800 – Paripe).

25/05 (quarta-feira), às 15h – Associação Solidária Vida-Creche Ruma a Educação (Rua direita de São Gonçalo, 12. Ao lado da igreja universal).


SA Agência Digital