quinta-feira, 9 fevereiro 2023
Faccia Cure
Tags Posts tagged with "Berlim"

Berlim

Foi na sexta(28) o fervo que tomou conta do bairro do Rio Vermelho em Salvador. A edição especial de um ano do Baile “Qual é o Pente que te Penteia?” foi fervida com a discotecagem dos djs Sandro Reis e Jerônimo Sodré e o veterano Mauro Telefunksoul contando a participação mega especial do Cortejo Afro. Com decorar assinada pela “Será que Ornô?”, o baile aconteceu na Berlim e contou com os clicks de Thiago Castro. Aguarde próxima data.

O Cortejo Afro será o convidado do baile “Qual é o Pente que te Penteia?”, nesta sexta-feira, 28 de outubro, na Berlim Salvador, no Rio Vermelho. O projeto assinado pelo uranrodrigues.com ,  completa um ano e celebra os 2 anos do site.

O DJ e produtor Mauro Telefunksoul, residente da festa, também está com presença confirmada e, nesta edição, dará as boas-vindas aos novos residentes, que, mesmo novatos, chegam com maturidade e sonoridade futurista: o performático Jerônimo Sodré e o queridinho das baladas Sandro Reis.

ingressos no SYMPLA, corra que ainda restam alguns convites promocionais.

SERVIÇO:

O QUE: Baile “Qual é o Pente que te Penteia?” com os DJs Mauro Telefunksoul, Sandro Reis e Jerônimo Sodré / Convidado: Cortejo Afro

ONDE: Berlim Salvador, Rio Vermelho

QUANDO: 28 de outubro (sexta-feira), 22h

QUANTO: R$ 20,00 (Antecipado no Sympla) e R$ 30,00 (no local)

Toda versatilidade da Berlim Salvador poderá ser conferida na noite dessa sexta(22) com o show da banda Água Suja e a discotecagem “pra frentex” do Dj Camilo Fróes, a partir das 22h.

Formada pelos músicos Jerry Marlon no baixo, o guitarrista e vocal Oyama Bittencourt, o tecladista Zito Moura e o Brian Knave na bateria, a banda de blues Água Suja, nome dado pelo músico Hélio Rocha, um dos fundadores do grupo, teve sua origem através do nome do Bluesman Muddy Water, que traduzido ao pé da letra significa “água barrenta”, que remete às águas do Rio Mississip e foi adaptada para que tivesse um melhor sentido e chegou-se à “água suja”.

O repertório vai do blues tradicional, passando belo R&B, soul music, country e rock’n’roll, tendo em seu currículo eventos como o Moto Festival 2007 e 2008, o Circuito Alternativo no carnaval de 2007, Teatro Acbeu e uma grande temporada no The Dubliners Irsh Pub.

Camilo, dj responsável por aquecer a Berlim, fará um som dançante, tipico dos frequentadores do baile Esquema Novo. Então corre no SYMPLA e garante seu ingresso ou chegue cedo para garantir na bilheteria da casa.

 

SERVIÇO:

O QUE:  Água Suja e Camilo Fróes

ONDE: Berlim Salvador,  Rua Osvaldo Cruz, 319 – Rio Vermelho

QUANDO: Sexta(22) a partir das 22h

QUANTO: Ingressos na lista ou antecipados $20 ( SYMPLA)  no local 25

INFORMAÇÕES: 71 3012-5013

PROMOÇÃO: Combo 5 Heineken – $ 40,00/ Drinks Dobrados

Com inspiração no movimento underground nascido na cidade alemã de Berlim, o bairro do Rio Vermelho em Salvador, ganha a partir dessa quinta(30), um novo espaço que leva o nome da metrópole berço da multicultura.

“Não é uma boate, é cultura under, é o novo, é o diferente, essa é a nossa ideia” pontua a Dj Paula Rocha que cuidará da direção artística da casa que terá em suas paredes elementos que representarão os marcos da cidade, como muro de Berlim, com arte nas paredes feitas por artistas locais selecionadas através de um concurso nas redes sociais e as linhas de metrô, símbolo da mobilidade urbana da megalópole.

A primeira festa, Metro, já marca a inauguração para imprensa e convidados a partir das 21h dessa quinta(30), com o som dos djs Jeronimo, Roger N Roll e Paula Rocha, dj que carrega no currículo selos de responsa como Sollaris e a festa Apartamento 31.

No dia seguinte, sexta, dia 01 de julho, a casa abre ao público com sessões de música eletrônica, na festa “Berlim Sessions”, que traz o Dj e Produtor Gabriel Boni, um dos maiores nomes do cenário brasileiro e na lista dos principais da Revista House Mag. Já no sábado(02), a Berlim vem com seu projeto “Garage” com a banda “Vivendo do Ócio”, referência do movimento rock da Bahia e que ganhou destaque no sul do país, além do show de abertura da banda Oahu e discotecagem de Camilo Fróes. 

Vivendo do Ócio
Vivendo do Ócio

Além das festas que levam a assinatura da casa, a “Berlim é um espaço cultural, é um espaço para expor ideias novas, estamos com as portas abertas para projetos que fujam do casual” reitera Paula. Outros selos de produtores independentes de variados estilos, como rap, bass music, jazz, música brasileira serão brevemente apresentados ao público, afinal a Berlim é cultura underground em movimento.

 


SA Agência Digital