domingo, 28 fevereiro 2021
Tags Posts tagged with "Barroquinha"

Barroquinha

O Espaço Cultural Barroquinha abriga até o dia 30 de abril, aos sábados e domingos, às 19h – temporada do espetáculo teatral  “Compadre de Ogum”, adaptado da obra de Jorge Amado, dirigido por Edvard Passos, indicado a seis Prêmios Braskem em 2015 e vencedor na categoria Melhor Direção.

A obra, que já ganhou versão na televisão, em 1994, narra a história do biscateiro Massu das Sete Portas, um homem negro que, com a ajuda de amigos, organiza o batizado na igreja de seu filhinho “galego”. Até aí seria pouca novidade se o padrinho da criança não fosse Ogum, que anuncia o batizado dentro da igreja católica. Convivência de credos, diversidade étnica em Salvador e o valor da amizade verdadeira são elementos que permeiam a divertida trama.

Sucesso internacional, o espetáculo foi debatido em eventos de peso como a Quadrienal de Praga, a Conferência Anual Federação Internacional de Pesquisa em Teatro, em Hyderabad, na Índia e na Conferência Dramatic Architectures, na cidade de Porto, em Portugal. “Compadre de Ogum” foi pensado para a ocupação de espaços não convencionais e apeculiaridade de ter sido montado para ser realizado fora da caixa cênica – a primeira encenação foi feita na Igreja de Santana no Rio Vermelho – chamou a atenção da crítica especializada e de pesquisadores.

O espetáculo tem elenco composto por artistas já consagrados do teatro baiano como Luis Pepeu (Trampolim do Forte, Consciência, 2 de Julho – A Ópera da independência, Los Catedrásticos,  Paixão de Cristo), Zé Carlos Junior (Volpone, Os Iks, Vixe Maria: Deus e o Diabo na Bahia), por Vitório Emanuel (O Vôo da Asa Branca) e por representantes da nova geração de talentos Danilo Cairo (Amnésis, Bululu – Prêmio Braskem de Melhor Ator 2016 -, Laudamuco, A Prole dos Saturnos), Daniel Farias (Aventuras do Maluco Beleza, Gastando Amor), Luisa Muricy (Dark Times, Outra Tempestade), Talis Castro (Pólvora e Poesia, Gastando Amor e Aventuras do Maluco Beleza) Leandro Villa (Amor Barato), Amós Heber (Ó Paí Ó) e Everton Machado (Barrela).

A técnica conta com nomes como Rodrigo Frota e Hamilton Lima – cenografia, Luciano Bahia na direção musical, Zuarte Júnior no figurino,  Fernanda Mascarenhas e Alisson de Sá no projeto de iluminação  e Nildinha Fonseca na coreografia.O Espaço Cultural da Barroquinha é administrado pela Prefeitura Municipal de Salvador, através da Fundação Gregório de Mattos.

SERVIÇO:

O QUE: Espetáculo Compadre de Ogum

QUANDO: Até  30.04 (sábados e domingos) 19h

ONDE: Espaço Cultural da Barroquinha,Salvador

QUANTO:  R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00(meia).

ONDE COMPRAR : www.sympla.com.br ou no local a partir das 17h, apenas no dia das apresentações.

 

Bululú por Edinah Mary

Resultado de um novo intercâmbio cultural na Europa, o espetáculo Bululú – Estórias da Invenção do Mundo, foi escrito e dirigido pelo premiado espanhol Moncho Rodriguez (Caetana) e interpretado pelos atores Danilo Cairo (Compadre de Ogum, Outra Tempestade, Atire a Primeira Pedra) e João Guisande (A Capivara Selvagem, Amnesis, Bonitinha, mas Ordinária). Depois do sucesso da temporada de estreia, o grupo Toca de Teatro comemora suas 03 indicações ao Prêmio Braskem de Teatro (Melhor Espetáculo Adulto, Melhor Ator para Danilo Cairo e Melhor Ator para João Guisande) com a montagem, realizando 04 únicas apresentações nesse final de semana, nos dias 09 e 10, e na próxima, 16 e 17,  aos sábados e domingos, no Espaço Cultural da Barroquinha, sempre às 19h.

A montagem conta a saga de dois comediantes muito especiais: Amadeus (Danilo Cairo) e Bartolomeus (João Guisande), tão antigos como o próprio teatro, o que é o mesmo que dizer: tão antigos como a Terra. Acabaram de chegar a um lugar onde pensam realizar o seu oficio de cada dia, ou seja, representar. Preparam os seus instrumentos, as suas roupas e máscaras e decidem contar o famoso romance da Invenção do Mundo, inspirado no Grande Teatro del Mundo, de Calderón de La Barca.

Foto Edinah Mary (1)

Recitam, explicam e comentam todos os momentos do seu texto até que Bartolomeus começa a questionar a razão de estarem ali. Para que servem os cômicos? E as palavras? E os sonhos? Estas e outras questões abalam o mundo dos dois comediantes e levantam-lhes ainda outra dúvida: deverão escolher a ação da arte ou uma sociedade cada vez menos poética, menos sensível e mais consumista?

A obra que acaba de voltar de uma circulação pelo nordeste brasileiro onde realizou algumas apresentações em cidades do interior e na capital dos estados de Sergipe e Pernambuco é uma visão crítica e divertida do universo do teatro, da realidade, do sonho, da vida, do ator e do espectador na sociedade contemporânea, onde todos, sem sabem, representam uma personagem que finge não representar.

SERVIÇO:

O QUE? Espetáculo “Bululú – Estórias da Invenção do Mundo”

ONDE?  Espaço Cultural da Barroquinha (em frente a Praça Castro Alves, ao lado do Espaço Unibanco de Cinema).

QUANDO? Dias 09, 10, 16 e 17 de janeiro de 2016 às 19h.

QUANTO? R$ 10,00 (meia-entrada) e R$ 20,00 (inteira)

 INFORMAÇÕES: (71) 3202 – 7880 (Espaço Cultural da Barroquinha)

(71) 99173 – 8583 / tocaproducao@gmail.com (Produção)

 

Redes Sociais: Toca de Teatro (Facebook)

@tocadeteatro (Instagram)


SA Agência Digital