domingo, 28 fevereiro 2021
Tags Posts tagged with "Bale Folclorico da Bahia"

Bale Folclorico da Bahia

Foto Andrew Eccle

Em um momento de comemoração e ao mesmo tempo de dificuldade, por conta do isolamento social e da impossibilidade de se apresentar para o grande público, o Balé Folclórico da Bahia, vai comemorar seus 32 anos com uma ação inovadora.

O grupo foi convidado pela Breton Salvador para gravar um espetáculo coreográfico em sua loja, localizada no Caminho das Árvores, durante os dias 25 e 26 de agosto, que será exibido através das redes sociais, em um formato de live, no dia 28 de agosto (sexta-feira), a partir das 20h, com ação beneficente de doações para a instituição cultural.

Na ação, que foi idealizada por Márcio Sobral, gerente geral da Breton Salvador, a coreografia, criada por Zebrinha, será realizada por 8 bailarinos da companhia, entre homens e mulheres, tendo como trilha sonora a composição “Bolero”, de Maurice Ravel – um clássico da música mundial.

“O figurino será especial, composto pela pintura corporal, realizada pelo artista Kleber Trindade, de acordo com cada ambiente da loja e seu mobiliário. Cada bailarino demorará 5 horas para ficar pronto. Será um trabalho espetacular”, disse Vavá Botelho, fundador do Balé Folclórico da Bahia.

Márcio , Jô e Jean 

A exibição, no dia 28 de agosto, contará com a presença dos empresários Jô Abreu e Jean Felix, que são os franqueados da marca na Bahia e da diretoria nacional que virá de São Paulo especialmente para a ocasião.

A loja também adquiriu 30 livros de arte que celebram o trabalho do balé, que irão compor os ambientes da loja e estarão disponíveis para venda, com renda totalmente revertida para o BFB.

Mais uma semana de lives poderosas no Instagram do Balé Folclórico da Bahia.

Hoje, dia 26 de maio a partir das 20h, Ana Botafogo será a convidada de Vavá Botelho no bate-papo cheio de assunto com a primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Ana Botafogo
Tainara Cerqueira

Na quinta, dia 28 será a vez das maravilhosas Nildinha Fonseca, bailarina principal, coreógrafa e professora de dança afro do BFB e Tainara Cerqueira, professora de dança afro e idealizadora e coreógrafa da Cia de Dança AfroOyá de Sampa em conversa com o mestre Zebrinha.

Acompanhe tudo no instagram @bdfdabahia

Joseilton Santos e Nildinha Fonseca do Balé Folclórico da Bahia por Andrew Eccles

Sucesso nos quatro cantos do mundo, o Balé Folclórico da Bahia , acaba de retornar de uma incrível temporada de apresentações nos Estados Unidos, na  cidade de Nova Iorque no Brooklyn Academy of Music – BAM e já divulgou as novas datas dos espetáculos no Brasil.

Segundo o diretor geral da companhia, Vavá Botelho, muitas novidades tem sido preparadas pelo grupo que completa 27 anos de atuação na dança em agosto de 2015, levando a cultura afro-brasileira por onde passa ,  tendo no currículo o título por três vezes como melhor grupo de dança pelo Ministério da Cultura do Brasil, além de honrarias nos Estados Unidos, como a dada pela prefeitura de Atlanta, oficializando o dia 1º de novembro como o Dia do Balé Folclórico da Bahia no calendário oficial da cidade, nome de avenida no Tobo, pais no oeste africano e considerado pela Associação Mundial de Críticos de Arte como a melhor Cia de dança folclórica do mundo.

Entre as news, está o lançamento do livro “Patrimônio Cultural do Brasil, 25 anos do Balé Folclórico da Bahia“, com 280 páginas, a obra bilíngue contém textos de Vavá e dos escritores Gustavo Falcon e Lia Robatto , apresentando através de registros fotográficos e com amplo conteúdo de pesquisa sobre a a história da dança popular na Bahia e Brasil e a toda a trajetória do grupo.

Vavá Botelho
Vavá Botelho, Diretor Geral do Balé Folclórico por Uran Rodrigues

O livro está pronto, só que devido a conjuntura econômica do Brasil e a alta do dólar,  a verba que recebemos ficou inviável para a execução do mesmo. Pretendemos lançar inicialmente 3 mil exemplares do livro em escolas de danças, universidades, espaços culturais. Tenho certeza que o livro é um dos melhores que já pode ser visto no segmento de dança já produzidos, tanto pela qualidade do material, conteúdo , tamanho e importância artística. Estamos agora buscando novos apoiadores, O primeiro exemplar já chegou da China, agora só nos resta patrocinadores” confessou Vavá em conversa com o site UR.

Ed Cruz

Sobre a turnê “Herança Sagrada”, os bailarinos reproduzem com fidelidade sequências de movimentos de alguns dos mais importantes rituais do Candomblé, numa coreografia baseada em danças do culto afro-brasileiro. No palco, 26 bailarinos, músicos e cantores apresentam movimentos vibrantes e sonoridade arrebatadora. A segunda parte do espetáculo reúne coreografias clássicas do repertório do Balé, que traduzem as mais importantes manifestações folclóricas baianas, em “Puxada de Rede”, “Capoeira” e “Samba de Roda”, além de “Afixirê”, coreografia inspirada na influência dos escravos africanos na cultura brasileira.

Joseilton Santos , Nildinha Fonseca e Ed Cruz

O espetáculo, que já foi aplaudido por mais de 500 mil pessoas nos Estados Unidos, Europa, Caribe, África e nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, conta com direção geral de Vavá Botelho e direção artística de José Carlos Santos (Zebrinha) e tem 90 minutos de duração.

10407164_995688110471162_1508709162049174713_n
O Bailarino Ed Cruz

A turnê pelo Brasil só será possível, graças ao patrocínio de O Boticário na Dança. Dessa vez o público de Curitiba, Porto Alegre , Novo Hamburgo e Salvador poderá desfrutar do espetáculo “Herança Sagrada”.

Confira : Porto Alegre – Teatro do SESI, dia 16 de agosto às 20 horas; Novo Hamburgo – Teatro Feevale, dia 18 de agosto às 21 horas e Curitiba – Teatro Positivo, dia 20 de agosto às 21 horas.  Em Salvador será no dia 04 de setembro, no TCA. Apresentação única. 


SA Agência Digital