domingo, 25 setembro 2022
Palato Especiarias
Tags Posts tagged with "Voz dos Oceanos"

Voz dos Oceanos

Durante este mês, os soteropolitanos poderão ver o Farol da Barra, o recém-inaugurado Elevador do Taboão e o Elevador Lacerda com iluminação diferente: azul como os oceanos! Asintervenções, desenvolvidas com o apoio da Capitania dos Portos da Bahia (Farol), Prefeitura Municipal de Salvador e da Empresa Salvador TurismoSaltur (elevadores) fazem parte de uma série de ações que marcam o desembarque da Voz dos Oceanos, expedição liderada pela Família Schurmann com o apoio mundial do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, na capital baiana. Durante toda a primeira quinzena de novembro, Salvador será tomada por uma grande onda de conscientização sobre o lixo plástico nos oceanos e a urgência por soluções para reverter esse cenário.

Bel Borba com a tripulação do Voz dos Oceanos

A programação soteropolitana começou com recepção especial da Capitania dos Portos da Bahia e conta ainda com ações com Olodum e a inauguração de uma escultura de 4,5 metros, uma homenagem da Bahia Marina pela passagem da Voz dos Oceanos por Salvador. Assinada pelo artista Bel Borba, é o resultado do projeto “Arte de Salvar Oceanos”, que foi desenvolvido previamente com 350 crianças, estudantes dos colégios Antônio Vieira, Maanaim, Vitória Régia e o Instituto de Cegos da Bahia(mais detalhes em anexo). Além disso, a tripulação da expedição participará de outras ações na cidade, entre elas, limpezas de praia e apresentação no evento Welcome Tomorrow Experience.

Obra Bel Borba

Durantes dois anos, Voz dos Oceanos passará por 63destinos, entre Brasil e Nova Zelândia, em busca de soluções inovadoras para combater a poluição dos mares e melhorar a qualidade das águas. Toda a missão acontece a bordo do veleiro Kat, ancorado, no momento, na Bahia Marina.

A passagem da expedição por Salvador conta com os apoios locais da Bahia Marina, Capitania dos Portos da Bahia, Prefeitura Municipal de Salvador e Saltur – Empresa Salvador Turismo. Vale ressaltar ainda que a expedição Voz dos Oceanos conta com o patrocínio de Corona, Natura Kaiak, Faber-Castell e Sabesp. “Mais que um projeto de Marketing, nossa Voz dos Oceanos é uma iniciativa ESG para nossas parceiras”, diz David Schurmann.

Mais no Instagram @vozdosoceanos

Voz dos Oceanos tem como objetivo também educar e conscientizar as comunidades locais sobre a transformação de hábitos de consumo e preservação do meio ambiente. Ao realizar três voltas ao mundo nos últimos 37 anos, a Família constatou de perto que os oceanos sofrem mudanças severas, já que estão cada vez mais poluídos. “Tudo isso impacta não apenas a vida marinha, mas atinge as populações de modo geral. O tema é tão urgente que a ONU definiu o período de 2021 a 2030 como a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável. Acreditamos que por meio de uma grande corrente mundial do bem conseguiremos mudar juntos o cenário”, ressalta Vilfredo Schurmann.

Depois de Salvador/BA, a etapa brasileira da expedição segue para Recife/PE e Fernando de Noronha/PE. Na sequência, Voz dos Oceanos se dirigirá para o Caribe, costa atlântica dos Estados Unidos, arquipélago das Bermudas, voltando para o Caribe, México, cruzando o canal do Panamá, navegando até Galápagos, seguindo pelo Oceano Pacífico Sul até a Polinésia e terminando na Nova Zelândia.

Veleiro Kat: práticas sustentáveis

Ancorado, neste momento, na Bahia Marina, em Salvador, o veleiro Kat possui seis cabines, duas salas, uma cozinha e três banheiros. Entre os diferenciais da embarcação está a quilha retrátil hidráulica e todas as soluções sustentáveis. O veleiro faz uso de energia limpa (eólica, hídrica e solar) e conta ainda com geradores de baixo consumo e sistema de tratamento de esgoto.

Para a Voz dos Oceanos foram efetuadas algumas melhorias, entre elas, ampliação da capacidade de geração de energia limpa de 75% a 100%, adoção de baterias de Lithium, mudanças no tratamento de águas com ultravioleta na fase final. Além disso, todo o lixo produzido é devidamente tratado. O barco possui uma composteira para tratar o lixo orgânico e um compactador para armazenar o lixo reciclável.

Vale destacar que, além de todas as inovações e soluções sustentáveis presentes no veleiro Kat, Voz dos Oceanos adota de medidas capazes de neutralizar a emissão de carbono gerada tanto nos preparativos como na expedição em si, não se restringindo apenas aos índices da embarcação, mas também do escritório em São Paulo. Em parceria com a StarBoard, já estão sendo calculadas as emissões geradas para serem neutralizadas com o plantio de espécies típicas de manguezais que integram o ecossistema costeiro.

Vídeo de apresentação da Voz dos Oceanos, aqui.

Tour no veleiro Kat, aqui.

Família Schurmann

Em 1984, após dez anos de planejamento e preparativos, Vilfredo e Heloisa partiram de Santa Catarina, com os filhos Wilhelm, David e Pierre – na época, aos 7, 10 e 15 anos, respectivamente – com o objetivo de realizar um sonho: dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro. Em sua primeira grande aventura, os Schurmann passaram dez anos no mar e, ao retornarem, passaram a ser conhecidos como a primeira família brasileira a dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro. De lá para cá, foram, até o momento, três voltas ao mundo – 10 Anos no Mar (1984 – 1994), Magalhães Global Adventure com a filha Kat Schurmann a bordo (1997 – 2000) e Expedição Oriente (2014 – 2016) – além de milhas e milhas de navegações pela costa brasileira e mares do mundo. Agora, a Família Schurmann parte, ao lado de sua tripulação, para missão Voz dos Oceanos – que pode ser acompanhada pelas redes sociais oficiais (@vozdosoceanos), de parceiros e apoiadores. Assim como aconteceu nas últimas grandes aventuras da Família Schurmann, a nova expedição também será destaque mensal do Fantástico, além de marcar presença em outras atrações da TV Globo e da mídia espontânea.


SA Agência Digital