domingo, 1 agosto 2021
Tags Posts tagged with "Una Segunda Madre"

Una Segunda Madre

Após ganhar o prêmio especial do júri no Festival de Sundance pela atuação no filme brasileiro “Que horas ela volta?, a atriz e apresentadora Regina Casé disse em entrevista à Globo News, que só precisou “abrir o coração” para se preparar para o papel. Acho que é por isso, pelo amor e dedicação que se nota em Regina Casé neste filme, o motivo pelo qual a película está arrebatando os corações aqui no país de  Almodóvar,  desde sua estreia na última sexta-feira(26 de junho).

Que horas ela volta?  em cartaz na Itália, França, Espanha, Bélgica e Suíça
Que horas ela volta? em cartaz na Itália, França, Espanha, Bélgica e Suíça

O espanhol Carlos Boyero, um dos maiores críticos de cinema aqui da Espanha, escreveu em sua crítica no respeitado jornal El País, que se não o tivessem informado que Regina Casé é uma atriz reconhecida e famosa no Brasil, teria a certeza que ela teria se dedicado à profissão de empregada doméstica durante sua vida, por tão perfeita interpretação. Boyero inclusive abre um parênteses para citar que colocou em um altar, em seu momento, o filme do nosso baiano, Glauber Rocha, “Deus e o Diabo na Terra do Sol” e que não viu muitas coisas brasileiras depois disso, exceto os notáveis filmes, Central do Brasil, Cidade de Deus e Tropa de Elite.

 

Em “Que horas ela volta?” ,”The second mother“, no lançamento em Sundance e na Espanha com o nome de “Una segunda Madre”, Regina Casé interpreta a empregada doméstica Val, que deixa a filha Jéssica no interior de Pernambuco para trabalhar como babá em São Paulo. Regina dividiu o prêmio de Sundance com Camila Márdila, atriz que interpreta Jéssica. O filme concorreu com outras 12 produções estrangeiras.

Regina Casé em Una Segunda Madre
Regina Casé em Una Segunda Madre

“Nós todos, principalmente as mulheres, convivemos não só com babás, mas com empregadas domésticas desde pequenininhos”, disse ReginA na Globo News. “E acabaram sendo pessoas tão importantes na minha vida, pessoas com as quais eu aprendi tanto, que não sabia que tinha um repertório tão grande. Eu nem tive que fazer pesquisa. Era só abrir o coração, abrir o baú, que vinham os gestos, os termos”

A atriz e apresentadora também dedicou o prêmio às empregadas domésticas. “Agradecer a todas as babás que eu conheço e não conheço, porque sem as babás que cuidaram da Benedita e agora cuidam do Roque (filhos de Regina) não dava para ter feito filme nenhum”,

Que horas ela volta? acaba de ser selecionado para a mostra competitiva do Festival de Cinema de Gramado,no Rio Grande do Sul,  no mês de agosto, exibido-o pela primeira vez no Brasil.


SA Agência Digital