sábado, 22 junho 2024
UP 2025
Tags Posts tagged with "Santa Resistencia"

Santa Resistencia

A marca Santa Resistência, liderada pela CEO Mônica Sampaio, traz à passarela do São Paulo Fashion Week N55 sua quinta participação no evento. Com a coleção inspiradora “Maria Mariá – mulher em movimento”, Mônica Sampaio, uma das primeiras mulheres pretas engenheiras eletricistas da Varig, traz consigo uma carreira bem-sucedida, onde aos 45 anos, decidiu seguir seu sonho no mundo da moda.

A coleção “Maria Mariá – mulher em movimento” da Santa Resistência é um tributo à figura inspiradora de Maria de Padilla, que ganha vida na passarela do São Paulo Fashion Week. Maria de Padilha, a sevilhana, arrebatou o coração de D. Pedro I de Castella , se tornando sua amante e influenciando em decisões importantes da corte. Ela se tornou um símbolo de amor que enlouquece, que desnorteia e após sua morte, muitas mulheres apelavam para essa figura mítica em busca de um grande amor. Em terras brasileiras, Maria de Padilha virou Maria Padilha, a entidade forte, sensual, protagonista da sua própria história, o arquétipo da mulher poderosa. É sobre essa mulher que contaremos uma história através do desfile Maria Mariá: uma mulher em movimento. Traremos para a passarela modelos poderosos em veludo, jacquard, seda de algodão em uma profusão de estampa de rosas, nas cores vermelho, preto e nude.

“Trago aqui as inspirações, as cores, as formas, as texturas, na intenção de colaborar com sua leitura sobre a minha coleção. Ao contar a História de Maria Mariá – Uma mulher em movimento, me inspiro nas diversas ‘Marias’, o nome de mulher mais popular no Brasil, este arquétipo poderoso de mulheres transgressoras e livres. Já falei sobre Maria Quitéria e da Maria Felipa, falarei também sobre Maria Padilha, Maria Molambo, Maria Bonita, Maria da Penha, Maria da Graça. Todas Marias importantes em nosso senso de brasilidade. Bom desfile”, diz Mônica Sampaio.

Para tornar este acontecimento ainda mais especial, a Santa Resistência conta com apoios que viabilizaram a realização deste desfile: Agências Joy MGMT e Another Agency, Melissa, Top2you, Dito Eyewear, Gin Vitória Régia e Chandon. Em mais uma edição contamos com os tecidos certificados e sustentáveis da Lunelli têxtil, além da parceria na criação das estampas desta coleção. Teremos também a Focus Store com seus tecidos nobres em looks poderosos. Mais uma vez, a Glow e Impretex somaram ao nosso desfile com seus tecidos de qualidade incontestável. A Innovativ com seus jacquard 100% algodão estarão pela primeira vez ao nosso lado neste grande dia. Agradecemos também à Vicunha Têxtil por estar conosco em mais uma edição. A Sou de Algodão com a Têxtil Piratininga e Textilfio também somaram a este apoio.

Na passarela teremos modelos que se destacam pela diversidade de raça, gênero e idade. Veluma, modelo top da década de 70 que foi musa da Yes Brasil e Mr. Wonderful, agora se torna musa da Santa Resistência, para mostrar que a idade não é limite para brilhar. Hud Burk, artista, Demerson D’alvaro, modelo e ator e o antropólogo e babalorixá Rodney William são nossos convidados especiais. Na atração musical, a cantora lírica e de jazz, Nádia Figueiredo, fará uma apresentação ao vivo acompanhada do violonista Fábio Nin e do bailarino Renato Marques.

FICHA TÉCNICA

SANTA RESISTÊNCIA SPFW55
Direção Criativa: Mônica Sampaio @santaresistencia @monicabsm50
Direção Artística/Stylist: Alexandre Schnabl Direção de Passarela: André Vagon @andrevagon Direção de Casting: Scena Lúdica
Beauty/ Hair: Wilson Eliodorio
Produção executiva & backstage: Junio Lima e Victor Cinquini @jllima_ @victor.cinquini Relações Públicas: Victor Cinquini @victor.cinquini
Camareira: Edna Lima @ednafashion_
Modelistas:
Railda Costa @railda.c
Íris Azevedo @iris.azevedo.925
Laila Miranda @lailarmiranda
Costureiras:
Mônica Guedes
Gilma Gomes @gfg61
Beth Castro
Margarida
Betto Gomes @bettogomesoficial Luzia Domingues
Estilistas convidadas:
Sillas Filgueira @sillasfilgueira Alle Florentino @alleflorentino_
Acessórios: Dih morais @dihmoraiss Sol e Lua @soleluachapéus
Flores G Brandão @geraldabrandao
Croquis: Laertte @laerttes
Programação Visual: Phellipe Souza @phephelipe Bailarino: Renato Marques @remarques76

Para sua segunda coleção apresentada na São Paulo Fashion Week, sendo a primeira em formato presencial, Mônica Sampaio resgatou todas as referências que há seis anos solidificaram o propósito de sua marca, a Santa Resistência. Um trabalho de pesquisa que une a ancestralidade da mulher preta, a moda africana e a região do Recôncavo Baiano, onde nasceu, na cidade de São Félix. A coleção “Joias do Recôncavo” foi apresentada na última edição da SPFW, como parte do projeto Sankofa.

A maravilhosa @carolinaa.ms1 usando vestido lírio da Oxum. Em malha Vicenza, da Lunelli Têxtil @lunellitextil, parceira da marca. As flores feitas no próprio tecido foram aplicadas à mão uma a uma.

Menina de Oyá, Mônica Sampaio, retorna ao lugar onde nasceu para falar de mulheres guerreiras que por dois séculos, mantêm a fé e a força. Mulheres pretas, que amam, trabalham, resistem e encantam. “Nosso desfile faz uma homenagem a essas mulheres além de um resgate de minhas próprias raízes. A ideia é narrar como mulheres pretas com fé mantiveram os laços familiares, construíram sua história e deixaram um legado cultural que hoje é patrimônio imaterial da humanidade”, conta Mônica Sampaio.

Karen Tonietto usando vestido com estampa por do sol, em silk satin, @lunellitextil

Looks em cores fortes, contrastantes e estampas, como um degradê que reproduz o pôr-do-sol em São Félix e a flor do deserto contrastanto com o verde típico da região. Esta última é quem abre o desfile colo de fuxicos feito por artesãs de São Félix, uma técnica criada por mulheres pretas que ganhou popularidade em todo o país.

@josanasantoss divina usando vestido Redes Sobre o Rio Paraguaçu BACKSTAGE @spfw por @franklindalmeida

Sua narrativa continua com o sol do recôncavo encontrando o céu da Bahia em uma cartela de composições inusitadas de azul royal e laranjas, além de imagens de São Félix e de Cachoeira nas estampas em shapes longilíneos nos vestidos e um toque de alfaiataria preta. Nos acessórios, biojoias da CerraD’Ouro, com técnica de embalsamamento de flores, folhas e sementes naturais recolhidos quando caem ao chão, com perfume das joias de crioula, uma das criações oriundas da Irmandade da Boa Morte.

@deise_nicolau e @flordepetroleo cheias de axé no backstage da @spfw com o olhar de @franklindalmeida

Sobre Mônica Sampaio e a Santa Resistência

Mônica Sampaio

Vinda de uma família do Recôncavo Baiano e filha de um físico nuclear, a carioca Mônica Sampaio faz parte da nova geração de mulheres pretas no Brasil, tendo construído uma carreira bem-sucedida ao longo de duas décadas. Foi uma das primeiras mulheres pretas engenheiras eletricistas da Varig, passando por multinacionais e até pelo Exército brasileiro. Aos 45 anos, decidiu seguir o sonho de ter a própria marca de moda e recomeçou a carreira com a Santa Resistência. A marca já nasceu enaltecendo a estética afro-brasileira, no formato slow-fashion, produzindo peças atemporais, desenhadas, recortadas em uma cadeia de produção justa e consciente. A nova coleção dá continuidade a uma pesquisa histórica de modelagens e matérias-primas que dão origem a looks fluidos, peças em alfaiataria e estampas marcantes em cores vibrantes.

Marina brilhando na @spfw nesse vestido em renda guipir azul royal, da @pannustecidos

Parcerias que viabilizaram as Joias do Recôncavo no SPFW

O desfile da Santa Resistência contou com o patrocínio da Lunelli, uma empresa de malhas, tecidos e estampas de qualidade ímpar e produzidos de forma ecoeficiente. Produtos que estarão presentes nos looks do desfile. E formando a dupla de patrocinadores, a marca também conta com a Prefeitura de São Félix (BA).

Camisa Bela Africana. Confeccionada com malha 100% algodão da AN Textil e a estampa é um rótulo de uma antiga charutaria da cidade de São Félix. A saia em leise 100% da empresa Kite tecido

Seguindo a tendência de se unir a parceiros de propósito, o desfile também conta com o marcas apoiadoras, como a EcoSimple, pioneira no Brasil na produção de tecidos 100% sustentáveis, com matérias primas naturais e recicladas; a G.Vallone, que tem como propósito o apoio aos novos designers para incentivar e viabilizar o uso de tecidos naturais para tornar o mundo da moda cada vez mais consciente; a Teray Têxtil, uma empresa catarinense que conta com a maior curadoria em tecidos naturais em todo o Brasil; a Tecidos Kite, fabricante e importadora têxtil com perfil inovador e a frente do tempo, se destacando há 19 anos com suas ações no digital e engajada com sustentabilidade – carrega em seu portfólio uma plataforma digital inovadora para compras de artigos; e a linha Eco2Use, que é referência nacional por produzir tecidos eco-friendly sem deixar de lado o apelo fashion nas cores e texturas disponíveis. Além destas, fazem parte desse time as marcas Pannu´s Textil e AN Textil.

BACKSTAGE @SPFW BY @franklindalmeida

Os estilistas do projeto Sankofa do SPFW, do qual faz parte a Santa Resistência, contam com empresas apoiadoras, como a do movimento Sou de Algodão, iniciativa da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), que tem como propósito cultivar a moda responsável no Brasil e busca aproximar as marcas do Projeto de suas tecelagens parceiras; e a Sprint Têxtil que faz estampas exclusivas e tecidos com processos sustentáveis e materiais responsáveis em sua linha Going Green. Além destas, a Tex Prima Loft também apoia essa iniciativa na passarela.
As modelos desfilam com biojoias da mineira CerraD’ouro e sapatos da Design Floresta, marca que busca inspiração e matéria-prima no cerrado goiano.

Coleção: Joias do Recôncavo
Site: www.santaresistencia.com.br
Instagram: @santaresistencia
Facebook: @srsantaresistencia

Foto destaque:  Primeiro look para o @SPFW inspirado na foto da flor do deserto retratada da janela do sobrado na cidade de São Félix por Álvaro Borges, primo da Criadora Mônica Sampaio. A estampa foi criada em conjunto com o departamento de designer de estamparia da empresa @lunellitextil, patrocinadora da marca.

Os detalhes em fuxico na gola, que traz todo o diferencial e o toque artesanal para o look foram confeccionados por artesãs da cidade de São Félix, @asfuxiqueirasbaianas

Ficha Técnica Santa Resistência na 52ª SPFW
Direção Criativa: Mônica Sampaio (@santaresistencia @monicabsm50)
Stylist: Anderson Vescah (@vescah)
Beauty: Liege Wisniewski (@Liegewisniewski)
Assist. Beauty: Letícia Souza, Sol Rocha, Cristiane Silva e Ana Carolina
Hair: Ivana Santos (@ivanajsantos)
Assist. Hair: Daniele Ramires, Karen Karina, Talita Ramos e Pamela Franco
Produção executiva & backstage: Aldo Clécius (@aldoclecius)
Camareira: Edna
Modelistas: Railda Costa (@railda.c), Íris Azevedo (@iris.azevedo.925) e Maria do Carmo
Costureiras: Vânia Maria Gomes, Deolinda dos Santos, Maria Gomes
Plissador: Célio Gorni
Cortador: Edyson José do Carmo
Apoio de corte Italo willian (@italowillian)
Arte Design: APUAN (@apuandesign @okevony @rafaelosants)
Direção de Casting: Anderson Vescah, Mônica Sampaio e Aldo Clécius
Assessoria de Imprensa: Jhon Helder (@jhonhelder_) e Antonio Montano (@antoniomontano)
Trilha Sonora: Banda Afro-descententes (São Félix BA) (@afrodescententes2013)
Pesquisa conceitual: Mônica Sampaio e Aldo Clécius
Pesquisa histórica: Prof Florisvaldo Sampaio
Vídeo de abertura: produtora Sabotage (@sabotage_filme)
Editor: Daniel Veloso
Gestão de Marca projeto Sankofa: Rafael Silvério (@silveeerio)
Produção Executiva de Projeto Sankofa: Natasha Soares (@natashasoares__)

Moda é sim a expressão genuína de identidade e ideologia. O traço, as cores, modelos e todo os processos até chegar na peça propriamente carregam energias que serão vestidas e sentidas.

A Santa Resistência, marc da empresária Mônica Sampaio transmite todos essas características que qualificam seu fazer artístico inclusive como transatlântico.

Formada em Engenheira Elétrica, Mônica encontrou na moda uma forma de expressar sua visão do que seria representatividade na forma de vestir e em 2015 criou a marca, produzindo peças que funcionam como verdadeiro outdoor da estética negra.

A Santa Resistência  segue o conceito slow fashion, produzindo roupas atemporais, desenhadas, cortadas e costuradas com calma, feita para durar e com uma cadeia de produção justa.

Vivendo um momento de expansão e amadurecimento, a marca foi selecionada no edital SEBRAE Moda Afro, fazendo parte agiora, do coletivo Fabrikafro , um grupo de estilistas de que surgiu no cenário de moda carioca com uma proposta inovadora, sintonizada com um público exigente que busca criações únicas e originais e juntos possuem uma loja física em Ipanema.


Mais uma novidade: A Santa Resistência faz parte do Projeto SANKOFA que selecionou, através do VAMO ( Vetor afro-indígena na Moda) e da Plataforma de comunicação Pretos na Moda, oito marcas de designers nacionais para estarem inseridos em três edições da São Paulo Fashion Week e racionalizar, através das suas criações, o maior evento de moda da América Latina.

Com referências em grandes nomes da moda como Karine Fouvry , Lisa Folawiyo, Fé Noel e Emmy Kasbit, Mônica entende que “vestir Santa Resistência é , com certeza ocupar, espelhar e se posicionar. A África é nossa maior fonte de inspiração”.

Aproveite para seguir no Facebook e Instagram @santaresistencia.

Musa Sara Dominik por Victor Vieira


SA Agência Digital