terça-feira, 19 outubro 2021
Tags Posts tagged with "samba]"

samba]

Feijoada

Na próxima quinta (12), o Restaurante Amado, localizado no bairro do Comércio em Salvador, abre suas portas para realizar uma feijoada com o mais tradicional samba roda. A festa é uma realizada da produtora Vem Entretenimento dos empresários Steve Saback e Planití Benítez em parceria com o Amado, tendo início a partir das 13h, perdurando durante o dia inteiro com muito samba e música eletrônica.

Amado
Amado

Ao som da banda Samba de Primeira e os djs Felipe Monteiro, Raphael Gomes e Breno Rocha- residente da balada mineira NaSalaa feijoada animará uma das mais tradicionais festas culturais de Salvador, a Lavagem do Bonfim. Para um dia como este, recebendo o público mais animado da cidade, não vão faltar ótimos drinks de Aperol, além de muita Stella Artois. Maiores informações e novidades no insta do @restauranteamado.

 

SERVIÇO:

O QUE: Feijoada do Amado durante a Lavagem do Bonfim

ONDE: Restaurante Amado, Av Lafayete Coutinho, 660, Comércio

QUANDO: Quinta(12) a partir das 12 horas

INFORMAÇÕES: (71) 3322-3520 | 71 99983 7350/ reservas@amadobahia.com.br

 

 

Juan Santiago por Filipe Rodrigues

O cantor Juan Santiago tem agitado os finais de semana de Salvador e Vilas com muito samba de raiz e releituras modernas dos clássicos do ritmo brasileiro. Todo sábado no Caranguejo do Pipa, na badalada Vila Caramuru, bairro do Rio Vermelho, tem sido o point da galera jovem e descolada de Salvador com o som da banda Os Amigos Que Tocam, e aos DOMINGOS no Rio Boteco Bistrô em Vilas do Atlântico com o projeto SAMBA DU RIO, ambos a partir das 17h.

BLÁ BLÁ BLÁ, composição do próprio sambista, tem embalado e esquentado o clima das apresentações.

SERVIÇO:

Juan Santiago

SÁBADO(12) Vila Caramuru
A partir das 16h no Caranguejo do Pipa
QUANTO:  Na lista: 20 feminino / 30  masculino.

DOMINGO(13) em Vilas do Atlãntico
A partir das 17h no Rio Boteco Bistrô
QUANTO: 20 feminino / 30 masculino

 

Átila e Peixe por Bruno Ricci

O APÊ 02, novo projeto musical dos cantores Alexandre Peixe e Átila Lima, traz todo o balanço do Samba Rock para a noite de Salvador. No repertório, títulos consagrados nas vozes de Jorge Ben Jor, Trio Mocotó, Tim Maia e Seu Jorge, além de músicas autorais e mashup´s com hits internacionais. Completando o conceito musical da Baladinha Samba Rock, o Dj Roger´n Roll comanda as carrapetas com o melhor da música brasileira. O evento acontece no Éden Music Club, todas as sextas-feiras de julho, partir das 21h.

Confira em nossa galeria de FOTOS como foi a edição da semana passada e toda decoração da casa.

SERVIÇO:

O QUE: Baladinha Samba Rock / APÊ02 com Átila Lima e Alexandre Peixe e Apê 02 e Dj Roger´n Roll

QUANDO: Sexta(17 de julho) às 21h

ONDE: Éden Music Club

QUANTO: R$ 30,00 (Feminino) e R$ 50,00 (Masculino)

Segunda temporada da Baladinha Samba Rock  com o melhor da boa música. Os cantores Alexandre Peixe e Átila fizeram um moite de total descontração no Éden Music Club na noite dessa sexta(10). O SiteUR fez a cobertura de momentos bacanas. Confira nos clicks de #FranciellyCosta!!

Foto: Guto Costa/Divulgação

O sambista Diogo Nogueira chega a Salvador para duas apresentações nesta quinta e sexta, dias 4 e 5 de junho, no Teatro Castro Alves. Escrito e dirigido por Gustavo Gasparani, o musical SamBRA – 100 Anos de Samba, que marca a estreia de Diogo Nogueira como ator, já foi visto por mais de 18 mil pessoas em sessões completamente lotadas, e conta a trajetória do Samba, em clima de comemoração do primeiro centenário do gênero musical.

O espetáculo é composto de prólogo, abertura e mais 14 quadros, com cerca de 2h30 de duração. A narrativa é feita de forma quase cronológica e conta desde a história de “Pelo Telefone” – supostamente o primeiro samba gravado no país –, passa pelo berço do samba – a Praça XI –, visita os morros cariocas, o teatro de revista, fala de boemia e malandragem, passeia pelo samba politizado, pelos subúrbios cariocas e deságua na apoteose do samba na Avenida, no desfile das escolas de samba através de cerca de 70 canções.

Elenco de SamBra Foto de Guto Costa
Elenco de SamBra Foto de Guto Costa

“SamBRA é uma grande viagem, irreverente e lúdica, onde o samba é a inspiração, o protagonista”, explica o autor e diretor do espetáculo, Gustavo Gasparani, que mergulhou durante três meses em uma profunda pesquisa. O texto relembra todos os grandes nomes deste gênero musical, de Pixinguinha a Cartola, passando por Carmen Miranda, Grande Otelo, Clara Nunes, Noel Rosa, Chico Buarque e Martinho da Vila.

 

SERVIÇO:

O quê: SamBRA com Diogo Nogueira

Quando: 04 e 05 de junho (quinta e sexta), 21h

Oonde: Teatro Castro Alves

Classificação: Livre

Ingressos: R$ 150/R$ 75 (Plateia A a X), R$ 120/R$ 60 (Plateia Y a Z6) e R$ 50/R$ 25 (Z7 a Z11)

Juan Santiago por Felipe Oliveira
O samba na Bahia tem uma essência particular com nomes que conquistaram o Brasil e o mundo, com a força da ancestralidade africana, da percussão e do vigor do povo. Nomes como Riachão, Nelson Rufino, Mariene de Castro, Gal do Beco, Juliana Ribeiro, Sandra Simões e tantos outros artistas, sempre foram os guardiões desse ritmo, que durante muito tempo era visto como marginal, sendo proibido até sua execução.
Hoje, em um novo momento, o samba já ganhou status e legalidade total, tendo despertado o gosto de uma juventude cheia de vigor e vontade de mostrar seu sentimento através desse ritmo. O cantor Juan Santiago é um dos destaques do novo samba.
Juan por Felipe Oliveira
Juan por Felipe Oliveira
Com uma trajetória de nove anos, tendo passado por grupos como Duas Medidas e Samba D Ju, o jovem artista se orgulha do seu recente projeto, que tem como base o samba de raiz: “Hoje me orgulho do som que fazemos. Posso agora expressar o samba de forma mais clara, sem misturar com outros ritmos” pontuou Juan, que lidera o banda Dom Juan, na estrada há pouco mais de um ano , tendo no repertório canções autorais como Oitava Maravilha(Rafa Chaves), Hora H e Blá blá blá, composições do sambista.
A banda Dom Juan é formada pelos músicos Diego Mendonça(Percussão), Robson Castedo(Percussão), Rodrigo Bahia(Cavaco) , Fábbio Carvalho(Taclado/Sample), Pablo Mello(Violão), Mateus Fraga(Contra-Baixo) e Magno Melo(Bateria), tendo no repertório , sucessos nas vozes de Péricles, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Revelação e Exaltasamba. Com passagem por casas como Bar Devassa, De Passagem, Boteco Marina, Padaria Bar, a Dom Juan retorna com seus show todas às quartas a partir das 21 horas, no Botequim Jorge, no projeto que inicio em fevereiro, com a mistura de muito SAMBA, FUTEBOL e CERVEJA GELADA.
SERVIÇO:
O QUE: Dom Juan
ONDE : Botequim São Jorge, Rio Vermelho, Salvador
QUANDO: Quartas às 21horas
QUANTO:  R$ 15 reais ( Valor Único )

Fotos: Divulgação

Nessa sexta-feira (12)samba vai movimentar o Centro Histórico de Salvador na quarta edição do Projeto Samba Vivo do Alerteiro que vai acontecer na Praça Tereza Batista, no Pelourinho, a partir das 19h30. O show será embalado pelos grupos Movimento e Samba Mocidade. Os convidados para agitar as rodas de samba serão Nelson Rufino, o cantor Ninha Brito (ex-Timbalada) e a cantora Claudya Costa (do Cortejo Afro).

“A ideia das rodas se samba é misturar o público mesmo. Reunir pessoas que gostam de sambar. Foliões do  Alerta Geral, turistas, visitantes e artistas, dando maior visibilidade ao bloco, aos grupos e convidados envolvidos no projeto”, adiantou Cris Santana, produtora cultural e idealizadora do Samba Vivo, um projeto que tem como bandeira a Cultura e Entretenimento das Matrizes Africanas.

O Samba Vivo do Alerteiro é uma parceria do Projeto Cultural Samba Vivo com o Bloco Alerta Geral, e pretende até o Carnaval promover encontros, seis edições ao todo, na tentativa de fortalecer o ritmo que tornou a Bahia berço cultural do Samba.

 

Serviço:

O que: Samba Vivo do Alerteiro

Atrações: Grupos Movimento e Samba Mocidade, e participações de Nelson Rufino, Ninha Brito (ex-Timbalada) e Claudya Costa (cantora do Cortejo Afro).

Quando: 12 de dezembro – sexta-feira

Hora: 19h30

Onde: Praça Tereza Batista- Pelourinho

Ingressos: R$15,00 – Na compra antecipada, o folião do bloco Alerta Geral paga somente R$10,00

A sede do Alerta Geral fica na Rua Direita da Piedade, Centro

Informações: 71- 3329- 6949

O cantor baiano Miguel Maya não era nascido quando o sambista Noite Ilustrada fazia sucesso no Brasil, no final dos anos 50 e início dos anos 60. Mas são as memórias da sua infância que o fez revisitar a obra do violonista, cantor e compositor, morto em julho de 2007, mas que gravou mais de 20 discos, dentre eles o memorável Perfil de um sambista. O pai de Miguel Maya foi o responsável por apresentar ao caçula, na época, o universo de Noite Ilustrada, apelido que Mário Souza Marques Filho ganhou do humorista Zé Trindade. Agora, com 20 anos de carreira, Miguel Maya presta uma dupla homenagem: ao pai, também Miguel, e ao sambista mineiro, em uma série de shows aos domingos que estreia dia 11 de janeiro e vai até o dia 25 do mesmo mês, às 17hs, no Teatro Gamboa Nova, nos Aflitos. Ingressos a preços populares R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), à venda a partir da primeira semana de janeiro na bilheteria do teatro.

Fotos: Lara Lins/Divulgação
Fotos: Lara Lins/Divulgação

No show, o cantor Miguel Maya explora os grandes sucessos na voz do homenageado. No repertório, as grandes canções conhecidas do público como Volta por cima, Minha rainha, Água bebida, Esperanças perdidas, O Samba não pode parar, Toalha de mesa, dentre outras, ganham uma roupagem de samba pra lá de especial. A essência do samba defendida por Noite Ilustrada será a tônica do show com duração de 1h30 minutos.

“Nesse show, queremos homenagear o samba, o ritmo mais brasileiro de todos. E também sua influência na cultura brasileira. Noite Ilustrada gravou os mais belos sambas-canções de compositores da mais alta patente, a exemplo de Ataulfo Alves, Paulo Vanzolini e Lupicínio Rodrigues, dentre outros. É essa lembrança que quero trazer para o palco”, comenta Maya.

noite1

A voz marcante do intérprete e a presença de palco, adquirida na experiência como ator faz do espetáculo uma experiência cênica rica. A cuidadosa direção artística de Kleber Sobrinho, que entre seus trabalhos recentes assinou a direção do espetáculo cênico musical O Fino no Samba, transformou o espetáculo Miguel Maya em Noite Ilustrada numa grande roda de samba lúdica. A poesia do samba será o norte para o show. “O público pode esperar um show inesquecível. Para àqueles que gostam de samba e para os que simpatizam com o estilo musical. Sem esquecer-se dos saudosistas da época em que o samba alcançou seu momento glorioso na história da música brasileira”, explica o diretor. Maurício Lourenço assina a direção musical.

O show-homenagem a Noite Ilustrada é, ainda, uma grande oportunidade para as novas gerações conhecerem um pouco da obra e da história de Noite Ilustrada, que é considerado por muitos como o porta-voz da Velha Guarda, pela sua importante relação com os sambas do Rio de Janeiro e de São Paulo,

 

 

SERVIÇO

O que? Miguel Maya em Noite Ilustrada

Quando? Aos domingos de janeiro, dias 11, 18 e 25.

Onde? Teatro Gamboa Nova

Horário: 17hs

Ingressos: Preços populares R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)


SA Agência Digital