segunda-feira, 15 agosto 2022
Tags Posts tagged with "raquell guimaraes"

raquell guimaraes

O imaginário popular associa a imagem da palavra tricô ou o seu processo de confecção, a figura de uma senhora, sentada em uma cadeira de balanço, costurando incansavelmente aquela peça para seu netinho ou até mesmo como ofício. Agora,  imaginar uma peça com um processo artesanal tipicamente feminino , sendo executado  por homens e por cima detentos, ai já mexe com vários sentidos.

O estilista Valdemar Iódice em parceria com a mineira Raquell Guimarães, proprietária da Doisélles,    se uniram para um projeto que garantem ser destaque da coleção de inverno 2015 da grife Iódice, celebrando assim a volta da marca nos desfiles da 38ª edição da São Paulo Fashion Week- SPFW.

Oito detentos da Penitenciária Professor Ariovaldo de Campos Pires em Minas Gerais, produziram 20 peças de tricô para a nova coleção da Iódice, que será apresentada no desfile dessa quarta[05] na semana de moda de São Paulo.

238641_451666_penitenciaria_ariosvaldo_campos_pires_jf_producao_de_roupas_de_trico (1)
Eles fazem parte do projeto Flor de Lótus, criado em 2009 por Raquell Guimarães com a Secretaria de Defesa Social do Estados de Minas Gerais, com intuito de ensinar aos detentos, técnicas de tricô e crochê para incluí-los socialmente.

??????????

O Flor de Lótus surgiu da crescente demanda pelos produtos da Doisélles no exterior, tendo assim a necessidade de intensificar a produção, mas esbarrou no problema da falta de mão de obra. Raquell só encontrava senhoras sem comprometimento comercial com o ofício, percebendo dessa forma nos detentos o que mais é necessário para o ofício: tempo, disposição e força de vontade para desenvolverem uma nova atividade..

Ficou curioso para conferir as peças de tricô? O resultado da coleção da Iódica poderá ser visto aqui em nossa cobertura dos desfiles do SPFW.


SA Agência Digital