domingo, 25 setembro 2022
Carpe Diem Morro
Tags Posts tagged with "Rangaço"

Rangaço

Após 2 anos operando exclusivamente em sistema de delivery, o Restaurante Rangaço apresenta agora sua experiência gastronômica sem fronteiras numa sede física, na Rua das Rosas, 148, na Pituba. Além dos sanduíches e patacones, o chef Gabriel Pontes revela sua paixão pela cozinha num cardápio mais elaborado, que traz o tempero e sua história em referências ao Sertão e à América do Sul.

As inspirações do chef, que rodou o mundo e o Brasil praticando seus dotes, inclusive chegando ao posto de Sous-Chef no Sal Gastronomia, de Henrique Fogaça, estão presentes também nas paredes do novo espaço e na decoração, que traz intervenções e obras do artista visual feirense Onekbça, da galeria Arte do Clube.

Entre as Entradas, destacam-se o Tartar de Tangerina (cubos de queijo coalho grelhado sobrepostos com tangerina temperada e favo de mel) e o Coração na Panela (guisado de coração de galinha e pão de alho feito na casa), e a possibilidade de o cliente montar a própria bruschetta, com ragú de shitake e dois queijos ou catupiry e serro no pão sourdough.

A Carne na Faca, uma carne curada na casa, com especiarias, gema de ovo curada e mostarda negra fermentada também chama atenção no cardápio, ao lado dos sanduíches, como O Porco (com fatias de copa lombo, queijo lanche, cebola roxa marinada no limão galego e creme de alho assado no pão de batata); o Do Sol (com fraldinha de carne do sol, creme de aipim com catupiry e vinagrete de pimenta biquinho no pão brioche); e O Completaço (com cupim desfiado, manteiga de garrafa, manjericão fresco, tomate maduro, coalho maçaricado e redução de melaço com pimenta doce no baguete de sal).

Há ainda opções vegetarianas e sobremesas especiais, como a Taboca Surpresa (com banana cozida na laranja, creme de café e raspas de limão) e o Alfajor de la Casa (à base de biscoito de maisena, com brigadeiro de maracujá e cobertura de chocolate), e uma carta de drinks que aposta em cachaça baiana e insumos como gengibre, capim santo, caju e maracujá.

“Nossa proposta segue sendo a da experiência simples e com referências de onde vim e por onde passei, com ingredientes regionais, temperos que se assemelham ao que o baiano está acostumado a provar, mas únicos ao mesmo tempo. É um passeio muito interessante por sabores especiais”, resume o chef, que conta com dois sócios nessa empreitada, os empresários Gabriel Carvalho e Tato Rodrigues.


SA Agência Digital