sexta-feira, 24 maio 2024
Faccia Cure
Tags Posts tagged with "Oxe é Jazz"

Oxe é Jazz

Nomes como Mou Brasil Quarteto, Eric Assmar, Adelmo Casé, Geleia Solar, Reinaldo Boaventura, Ângela Velloso, Alissa Sanders e Graham Haynes emocionaram o público no local

Com mais um final de semana com a aceitação do público, o Oxe é Jazz provou que música de qualidade está no gosto do soteropolitano. No último final de semana, nos dias 12 e 13 de maio, o evento lotou o Parque Costa Azul. Uma nova edição foi marcada, dias 9 e 10 de junho, no mesmo espaço.

Na sexta-feira (12) chuva deu uma trégua e o público pode se emocionar com a apresentação de Mou Brasil Quarteto. Com uma vasta experiência em palcos internacionais, o artista apresentou o repertório do álbum solo “Farol”, o dia contou com a participação do percussionista Reinaldo Boaventura como seu convidado.

Com o público empolgado, encerrou a noite o curador do eventoEric Assmar, que convidou o multi-instrumentista, cantor e compositor baiano Adelmo Casé. Juntos fizeram uma emocionante homenagem a Rita Lee e visitaram também clássicos do funk, soul e blues.

A noite de sábado foi aberta pela banda Geleia Solar. A banda base do Jam no Mam trouxe ao palco a jovem cantora e compositora baiana Ângela Velloso. A noite fechou com atrações internacionais. A cantora e compositora californiana Alissa Sanders convidou o trompetista nova-iorquino Graham Haynes, músico que já esteve em importantes palcos pelo mundo, filho do lendário baterista Roy Haynes.

O evento é uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.  O Oxe é Jazz já passou por diferentes praças, a exemplo de Itacaré, Lauro de Freitas, Lençóis e Salvador. O projeto musical itinerante visa propagar o ritmo pela Bahia. Na primeira edição de 2023 lotou o parque com atrações como o curador Eric Assmar, IFÁ, Clariana, Bahia Soul, Denise Correia, Kal Rebello e Restgate Blues.

Crédito das Fotos: Sidney florencio

Oxe é Jazz segue para Lauro de Freitas
Evento Itinerante de Jazz celebra o dia do ritmo nos dias 29 e 30 de abril

 

dia Internacional do Jazz é celebrado 30 de abril. Criada pelo Unesco a data será comemorada na Bahia nos dias 29 e 30 em Lauro de Freitas, a partir das 19h. Está é a segunda edição o Oxé, é Jazz que receberá nomes relevantes do estado com a curadoria de Eric Assmar. O evento é aberto ao público sendo uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

O dia do Jazz nasceu em 2012 com o objetivo lembrar a importância do género musical e sua contribuição na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história. O ritmo tem associação com a Bahia já que na sua história lutou pela liberdade e à abolição da escravatura. A primeira edição do Oxe, é Jazz aconteceu em Itacaré, atraiu mais de 1500 pessoas, entre moradores e turistas que visitavam a cidade.

Oxe, é Jazz – O Jazz surgiu no Sul dos Estados Unidos e mistura vários ritmos afro-americanos. No estado que tem a capital com mais negros fora da África, acontece o evento que visa propagar o ritmo em diferentes partes da Bahia. O evento terá noites inspiradas em nomes como Louis Armstrong, Billie Holiday e Miles Davis. O evento acontece nos meses de abril e maio, em um final de semana por mês, a primeira edição aconteceu em Itacaré.

Sobre o jazz – O ritmo surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans. Marcado pela improvisação, o swing e os ritmos não lineares, em suas raízes na música negra americana. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros. Com o passar dos anos, muitos sub-gêneros surgiram dessa mesma raiz. São estilos de jazz Swing e Big bands, Bebop e Hard bop, Cool jazz e Soul jazz, Free jazz, Fusion jazz e o latino.

Eric Assmar – Vencedor do Prêmio Caymmi de Música como “Melhor Instrumentista” (2015), o guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar é um dos principais nomes da nova safra de artistas de blues e rock do Brasil e tem três álbuns solo lançados: “Eric Assmar Trio” (2012), “Morning” (2016) e “Home” (2022). Como músico realizou uma série de shows em festivais, como o SXSW (Austin/Texas, Estados Unidos, 2009), VI Festival de Blues de Londrina (Londrina/PR, 2016), além de apresentações no circuito de casas de blues em grandes cidades do exterior, como Nova Iorque, Toronto e Londres. Para além de sua atuação como músico, também é pesquisador, professor de guitarra blues, Doutor em Música (PPGMUS/UFBA) e Mestre em Etnomusicologia, pela mesma instituição.

Agenda
Segunda edição do Oxe, é Jazz
Quando:  29 e 30 de Abril (sexta-feira e sábado)
Horário: 19 horas
Onde: Vilas do Atlântico – Lauro de Freitas
Aberto ao público

FOTO DIVULGAÇÃO: @danphotos_oficial


SA Agência Digital