quarta-feira, 1 dezembro 2021
Tags Posts tagged with "Museu de Arte da Bahia"

Museu de Arte da Bahia

Produzido pelos artistas do COATO e dirigido pelo aluno-diretor da Escola de Teatro da UFBA, Marcus Lobo, o Museu de Arte da Bahia sob direção de Pedro Arcanjo, lançou na semana passada, o Laboratório de Experimentação Estética, apresentando o acontecimento cênico “Maçã”, até o dia 15 de maio.

O MAB que fica localizado no Corredor da Vitoria, em Salvador-Ba, abriu às portas para mostras das diversas correntes artísticas, sendo uma opção para as artes visuais, músicos, escritores, poetas, dançarinos, cineastas em início de carreira, que tem dificuldade em encontrar espaço para montar e apresentar seus trabalhos.

“O MAB pode funcionar também como galeria de arte, ou cenário para instalação de videos, performances e filmes, recitais poéticos e musicais” comentou o diretor, lembrando que interessados deverão procurar o museu, que tem uma equipe especial para acompanhar os projetos de demanda dos novos talentos.

A Maçã
Maçã

Abordamos temas como destituição do patriarcado, como a mulher é vista em meio à essa cultura autoritária, sexista e mais ainda sobre as inquietações e os problemas enfrentados pelo homem e a sua eterna busca pela felicidade e pela realização dos seus objetivos” comentou um dos atores do experimento, Mauricio Pedreira.

No elenco do espetáculo “Maçã”, os atores performances Bernardo Oliveira, Danilo Lima, Mauricio Pedreira, Natielly Santos, Roberta Nascimento, Simone Portugal, Uerla Cardoso e Viviane Dos Santos, em cartaz até domingo(15), com entrada gratuita.

SERVIÇO:

O QUE: Maçã

ONDE: Museu de Arte da Bahia – MAB, Avenida Sete de Setembro, Salvador-Ba

QUANDO: Quinta(12) e sexta(13) às  19h e ao Sábado(14) e domingo(15) às 17h

QUANTO: Entrada Gratuita.

O Artista Visual Fábio Magalhães apresenta no Museu de Arte da Bahia, a mostra individual “ALÉM DO QUE SE VÊ, AQUÉM DO INTANGÍVEL”, um junção de 18 pinturas em grande tamanho, realizadas durantes os anos de 2010 até 2015, distribuídas em quatro núcleos: O Grande Corpo; Retratos Íntimos; Superfícies do Intangível e Latências Atrozes.

A escolha da Pintura é uma atitude afirmativa e política que Magalhães defende em sua obra. Suas imagens expressam pensamentos sobre o Ser e a condição do humana, construindo assim metáforas visuais que buscam discutir o Eu e o Outro. Com isso, a alteridade é uma das premissas que instaura seu modo de fazer arte. Dessa forma vivências e memórias funcionam como ativadores criativos, reunindo imaginário, fabulações e subjetividades em um universo extremamente realista.

Acervo do Artista
Acervo do Artista

Usando a técnica de óleo sobre tela, o artista estabelece relações e interações entre a tradição e a contemporaneidade, presentes no seu modo de fazer e pensar a arte hoje. A mostra conta com a curadoria de Alejandra Muñoz.

Serviço:

Local: Museu de Arte da Bahia – Av. 7 de Setembro 2340, Vitória – Salvador-Bahia

Abertura: 26 de Fevereiro de 2016, às 19 h.

Período: 27 de Fevereiro à 30 de Abril 2016.

Horário de Visitação: Terça à Sexta, 14:00 às 19:00 h; Sábado, Domingo e Feriados, 14:00 às 18:00h.

Entrada franca.

 

 


SA Agência Digital