quarta-feira, 19 janeiro 2022
Tags Posts tagged with "movimento musical"

movimento musical

MUDEIdeNOME FOTO Camile Barreto

Após fazer um belo desfile no Furdunço, domingo passado, no Circuito Ondina/Barra, e lotar a praça Nilton Rique, na noite de ontem com a sua tradicional festa da Mortalha,  o Movimento Musical MUDEIdeNOME segue com todo gás na sua agenda de carnaval. No dia 20/02, quinta-feira de carnaval,  os músicos Ricardo Chaves, Jonga Cunha, Ramon Cruz e Magary Lord farão seu primeiro desfile no Circuito Dodô (Barra/Ondina). Dando seguimento à maratona, o grupo se apresenta no Carnavalito – folia indoor que acontece pelo 2º ano na Arena Fonte Nova – a partir das 14h, a bordo de pranchão. Para concluir a folia momesca com chavão de ouro, o Movimento Musical encerra suas participações no Carnaval 2020 com desfiles nos dias 23 e 25/2 (domingo e terça respectivamente), a partir das 12h, no Circuito Osmar (Campo Grande).

MUDEIdeNOME FOTO Antônio Chequer

O MUDEIdeNOME promete levar muita alegria e diversão para que baianos e turistas possam relembrar os  antigos carnavais. No repertório contagiante, canções que marcaram a história da música baiana, composições autorais e sucessos que fazem parte da trajetória de cada artista, apresentadas com novos arranjos. São canções que exaltam a alegria e refletem o espírito de coletividade e espontaneidade dos integrantes.

 

 

A AGENDA

16/2 – Furdunço

18/2 – Festa Mudei de Mortalha (Praça Newton Rique, Shopping da Bahia)

20/2 – Desfile no Circuito Barra/Ondina – Quinta de Carnaval

22/2 – Carnavalito – (Fonte Nova) – Sábado de Carnaval

23/2 – Desfile no Circuito Campo Grande – Domingo de Carnaval

24/2 – Desfile no Circuito Campo Grande – Terça de Carnaval

 

 

 

Confraria da Música foto Sercio Freitas

Marcia ShortClariana, Renata Bastos e o cantor Paulinho Boca (Novos Baianos), são alguns nomes dos artistas que dividirão o palco com a Confraria da Música, na sua temporada de aniversário que será realizada nos meses de novembro e dezembro de 2017, no Pra Começar Music Bar (Pituba).  Para iniciar a celebração desses 7 anos de projeto, considerado um fenômeno nas noites de terça,  os cantores e compositores Alex Góes, Alvaro Pinho, Eva Cavalcante e Rafa Chaves recebem nessa terça-feira (07/11), o Movimento Musical Alavontê, que conta na sua formação atual com Ricardo Chaves, Magary Lord, Jonga Cunha e Ramon Cruz. Os ingressos custam R$ 30,00 e são vendidos no local. Reservas de mesas através do (71) 3345.6450.

No repertório da Confraria, músicas autorais como Só não Pode Parar, além das conhecidas do público: “Colher Felicidade”, “Pense com o Coração”, “Juntos”, “Sem nós”. Sem deixar de lado grandes clássicos e hits da  música nacional e internacional. Há momentos em que todos cantam juntos harmonizando as vozes e também momentos solo de cada integrante, onde os demais preenchem os espaços da música fazendo backing vocals afiados – e afinados! O público se diverte e canta junto.

Alavontê foto Junior Improta

O MOVIMENTO MUSICAL ALAVONTÊ

Uma reunião de artistas, cantores, compositores, poetas e pensadores que resolveram se unir para fazer música. Assim surgiu em 2013 o Movimento Musical Alavontê, um manifesto de grandes histórias. No agitado repertório, não ficam de fora canções que marcaram a história da música baiana e composições autorais. As músicas – que exaltam a alegria e refletem o espírito de coletividade e espontaneidade que envolve os Alavonteiros – passeiam pelos repertórios dos shows do grupo ao longo dos quase quatro anos de existência. No palco, a formação atual conta com Ricardo Chaves, Magary Lord, Jonga Cunha e Ramon Cruz. 

 

 

A CONFRARIA DA MÚSICA

A “Confraria da Música” é um movimento musical idealizado pelos cantores e compositores Alex Góes, Alvaro Pinho, Eva Cavalcante e Rafa Chaves que, paralelamente às suas carreiras, compõem o front deste espetáculo. Uma banda base de 4 músicos acompanha a turma, que se reveza nos solos e vocais harmoniosos. O projeto nasceu na Bahia, numa reunião descontraída desses amigos entre os festejos do final de ano, em 2010, cuja intenção era trocar informações musical e obviamente, fazer o que mais gostam. Esses artistas se uniram visando exercitar a música no universo coletivo.

 

 


SA Agência Digital