sexta-feira, 16 abril 2021
Tags Posts tagged with "Mariana Moreno"

Mariana Moreno

Uma mulher, como muitas que conhecemos, passa a receber cartas eróticas anônimas. Quem é Ele? E por quê pra Ela? Este é o enredo de “Uma mulher impossível (em casa)”, espetáculo que estreia sua adaptação virtual e ao vivo pelo canal do YouTube do Teatro Vila Velha, no dia 28 de fevereiro, às 21h.

Com acessibilidade garantida através de tradução em libras, ganha ainda a re-exibição dias 09 e 11 de março também, no mesmo horário.
Com forte influência da linguagem cinematográfica e sua potencialidade, esta versão para Teatro Digital do espetáculo homônimo da ATeliê voadOR, tem roteiro de Djalma Thürler e direção de Marcus Lobo, com a atuação de Mariana Moreno (Prêmio Braskem de Teatro na categoria melhor atriz em 2018).

“Uma mulher impossível (em casa)” busca romper com os silêncios impostos frente ao que se deve ser, convidando espectadoras e espectadores a pensar sobre o que ecoa da (im)possibilidade e da potência de ser mulher, num mosaico complexo entre realidade e ficção que cabe ao público montar. O espetáculo traz debates sobre machismo, repressão e sexualidade feminina.

O solo surge no contradiscurso de valores hegemônicos e do apagamento/silenciamento histórico das mulheres na sociedade, fazendo coro à outras lutas pelas liberdades e igualdade de direitos e visando ampliar os espaços de debate, como viés para reflexão e transformação.

Com a utilização dessa linguagem híbrida, o espetáculo – que tem um caráter intimista – sai dos palcos e espaços culturais alternativas e ocupa um apartamento, a ser utilizado como “set-espaço itinerante de encenação” no intuito de enfatizar detalhes, respirações de cada cena e se aproximar do público remoto, inserindo-o no universo da narrativa.

A pauta, sempre urgente, torna-se ainda mais imperativa com o atual momento político de retrocesso e falta de perspectiva, agravado por uma pandemia com impacto devastador para as mulheres, pela perda de emprego e/ou diminuição das produções profissionais e científicas, acúmulo de funções domésticas, aumento de casos de violência e depressão.

Em 2020, o mundo parou com a pandemia do Covid-19 e artistas de todas as partes do mundo, resistentes, combativos e sensíveis por instinto, encontraram nas plataformas digitais o caminho/hibridismo para o fomento e à difusão de suas linguagens. Nesse contexto, *“Uma mulher impossível (em casa)”* surge como mais um investimento nas discussões sobre teatro e sociedade, propondo um jogo de ilusão em que o real e a ficção se interpenetram.

“Uma mulher impossível (em casa)” é mais uma experimentação do entrelaçamento de técnicas, conceitos e recursos teatrais e audiovisuais. A versão para o Teatro Digital pretende dar maior visibilidade à obra, aos debates e reflexões que ela suscita, como a questão da submissão feminina.

Em cena, uma artista engajada, carregada de subjetividade, que se coloca em cena como agente social que media o debate contemporâneo. “Estreamos em 2017 e tínhamos um panorama machista que não se enfraquece. Os dados estatísticos de 2020 mostram que durante a pandemia os casos de violência doméstica aumentam. *Uma mulher impossível (em casa)* é mais um convite a se pensar, em nome de todas as mulheres, sobre as violências sociais estruturantes e machistas”, reforça Mariana Moreno.

*Uma mulher impossível (em casa)* conta com o apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria  de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc,  direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

EQUIPE
Djalma Thürler – Autor e Diretor
Marcus Lobo – Diretor / Iluminador
Mariana Moreno – Atriz / Produtora
Duda Woyda – Produtor
Roberta Dantas – Diretora musical
Luiz Santana (Rainha Loulou) – Figurino, cabelo e maquiagem
Assessor de imprensa: Theathe Comunicação
Tradutora de libras: Aline Ferreira Suzart
Equipe de Transmissão: Lucas Lima
Parceiros: Teatro Vila Velha; Baú Produções e Villa Salute
Realização: ATeliê voadOR Teatro

Serviço
O quê: Uma mulher impossível (em casa) – com Mariana Moreno
Quando: 28 de fevereiro (ao vivo), às 21h; dias 09 e 11 de março (exibição durante 24h)
Link de transmissão: Youtube do Teatro Vila Velha
(https://www.youtube.com/user/teatrovilavelha/featured)
Quanto: Gratuito

Nanda Lisboa, Mariana Moreno e Mariana Borges em Confissões de Mulheres de 30

Com produção e montagem com selo baiano, da Marlucia SIE Produções, o espetáculo Confissões de Mulheres de 30, terá mais dois finais de semana, em nova temporada no Teatro Módulo, em Salvador, trazendo no elenco as atrizes Mariana Borges, Nanda Lisboa e Mariana Moreno.

Com texto de Cacá Mourthé, Clarice Niskier, Clarisse Derzié Luz, Dedina Bernadello, Lenita Plonczynski, Maite Proença e Priscila Rozenbaun, a remontagem do espetáculo, conta com a direção do carioca Fernando Gomes, o mesmo que a fez desde a sua primeira encenação em 1993 no Rio de Janeiro.

A peça traça o perfil sociológico bem humorado das mulheres da faixa etária dos 30 anos. As preocupações envolvendo o casamento, primeiro namorado após a separação, filhos, ex-maridos, tipos de homem no amor, grandes sonhos, sexo,  a rotina e mercado de trabalho, terrores e glórias das trintonas,  darão vida as personagens que levarão ao palco,  histórias vividas até mesmo pelas próprias  interpretes, dando veracidade aos fatos e colocando a peça no panorama atual, do comportamento da faixa etária abordada.

Com figurino assinado por Kelba Varjão e iluminação e trilha sonora de Frederico Eça, Confissões ficará em cartaz de sábados(19 e 26) a domingos(20 e 27) de março. Os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

SERVIÇO:

O QUE: Confissões de Mulheres de 30 com Mariana Borges, Nanda Lisboa e Mariana Moreno.

ONDE: Teatro Módulo

QUANDO: 19, 20, 26 e 27 de Março ás 20h.

QUANTO: R$ 50,00 inteira e R$ 25,00 meia.

INFORAMAÇÕES: Teatro Módulo – (71) 2102-1392|2102-1350

PARA ESTE ESPETÁCULO UTILIZAREMOS A LEI DA MEIA ENTRADA, DE ACORDO COM A   Lei nº 12.933, de 26 de dezembro de 2013 , promulgada e regulamentada pela Presidente Dilma Rousseff.

Nanda Lisboa Mariana Moreno e Mariana Borges

Depois de uma longa temporada, a peça “Confissões de Mulheres de 30” encerra suas apresentações nesse final de semana. O espetáculo está no Teatro Módulo, localizado no bairro da Pituba, em Salvador, e ficará em cartaz até domingo, 25.

A peça traça o perfil sociológico bem humorado das mulheres da faixa etária dos 30 anos. “Confissões de Mulheres de 30” conta com as atrizes Nanda Lisboa, Mariana Moreno e Mariana Borges acontece as sextas, sábados e domingos sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

SERVIÇO:
O QUE: Confissões de Mulheres de 30
QUANDO: 23,24 e 25 de outubro,sexta, sábado e domingo.
ONDE: Teatro Módulo (Pituba)
HORÁRIO: 20h
QUANTO: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Mariana Borges, Nanda Lisboa e Mariana Moreno em Confissoes de Mulheres de 30 por Bruno Ricci

Com produção e montagem com selo baiano, da Marlucia SIE Produções,  o espetáculo Confissões de Mulheres de 30, terá na noite dessa sexta(14) sua pré-estreia no Teatro Módulo, em Salvador, trazendo no elenco as atrizes Mariana Borges, Nanda Lisboa e Mariana Moreno.  

Com texto de Cacá Mourthé, Clarice Niskier, Clarisse Derzié Luz, Dedina Bernadello, Lenita Plonczynski, Maite Proença e Priscila Rozenbaun, a remontagem do espetáculo, conta com a direção do carioca Fernando Gomes, o mesmo que a fez desde a sua primeira encenação em 1993 no Rio de Janeiro.

Estou com saudades de ver isso no palco de novo. Por isso, com bom grado, vejo esta remontagem protagonizada por três fogosas atrizes que farão justiça aos papéis.Homens da plateia, agarrem-se em suas cadeiras, as mulheres de trinta atacam outra vez!” pontuou Domingos de Oliveira que assina a concepção e dramaturgia da peça. 

As preocupações envolvendo o casamento, primeiro namorado após a separação, filhos, ex-maridos, tipos de homem no amor, grandes sonhos, sexo,  a rotina e mercado de trabalho, terrores e glórias das mulheres de 30, darão vida as personagens que levarão ao palco,  histórias vividas até mesmo pelas próprias  interpretes, dando veracidade aos fatos e colocando a peça no panorama atual, do comportamento da faixa etária abordada.

Com figurino assinado por Kelba Varjão e iluminação e trilha sonora de Frederico Eça, Confissões ficará em cartaz de sexta a domingo até o dia 27 de setembro.

SERVIÇO

ONDE Teatro Módulo

​TEMPORADA​: Estreia dia 14 de agosto até 27 de setembro​ / Sexta a domingo

HORÁRIO: Sempre ás 20h

QUANTO: Sexta e domingo: R$ 50,00 (Inteira) e R$ 25,00 (Meia)

Sábado: R$ 60,00 (Inteira) e R$ 30,00 (Meia)

CLASSIFICAÇAO : 14 anos

Vendas nas bilheterias do teatro Modulo ou pela interne através do site www.compreingressos.com

Infor 71 2102 1392


SA Agência Digital