segunda-feira, 26 julho 2021
Tags Posts tagged with "Luana Piovani"

Luana Piovani

Luana Piovani com Pedro Scooby e o chef Beto Pimentel por Uran Rodrigues

Em Salvador para apresentar o espetáculo Mania de Explicação, em cartaz no Teatro Castro Alves no sábado (28) e domingo, 1º de marco, a atriz Luana Piovani que acabou de assumir publicamente sua gravidez de gêmeos num vídeo no instagram. conversou com o SiteUR no restaurante Paraíso Tropical sobre família, carreira e sua paixão pelo público infantil.

SiteUR: Sempre aqui em Salvador, você é praticamente uma baiana. Discotecou em uma das edições da festa Bailinho, fez diversos espetáculos…

Luana Piovani: Tenho amigos aqui de muitos anos, por isso que eu me sinto baiana. E tenho família baiana. Eu venho aqui ao Paraíso há mais de vinte anos, sou amiga de Leco Levita, frequento o Yacht Clube muito antes da reforma, chegava as vezes sem Bode (Paulo Leão), que nem ia, ou Leco também nem ia, ia sozinha e os meninos chegavam depois, o pessoal da entrada já me deixava entrar, por que sabia que eu era amiga dos meninos.

Dom com Betinho Pimentel na cia de Luana Piovani, Pedro Scooby e o chef Beto Pimentel do Paraíso Tropical / Instagram
Dom com Betinho Pimentel na cia de Luana Piovani, Pedro Scooby e o chef Beto Pimentel do Paraíso Tropical / Instagram

SiteUR: Apaixonada mesmo …

Luana Piovani: Passei oito anos do carnaval aqui em Salvador, passei como baiano gosta, não como turista. No Campo Grande, embaixo, na pipoca, sonhando com o chuveirão. Porque saia meio dia e meia, naquele sol, acompanhando o Crocodilo e o Coruja só pensava no chuveirão no final da Avenida Sete na curva da Praça Castro Alves. Já fui muito feliz, já tive namorado baiano, já sei falar como baiano. Só não fiz uma baiana ainda, não me deram essa alegria (risos).

IMG_6871
Luana e Pedro com Beto Pimentel por Uran Rodrigues

 

SiteUR: O que te encanta e surpreende no Paraíso Tropical ?

Luana Piovani: Começa com Beto que recebe a gente na porta. Hoje a gente estava na praia e o Dom fez amizade com um menino e eu estava comentando com a mãe dele que é paulista, e falando que a gente precisava sair, que tinha que almoçar e perguntei para ela se conhecida o Paraiso Tropical. Falei que fica no Cabula, um bairro um pouco mais distante do Centro… comecei  falando que ele recebe na porta, que explica tudo que você está comendo.. Daí  você tem um filho pequeno é bem capaz dele pegar seu filho e levar no pomar, pegar a  fruta no pé. É Um diferencial Hoje em dia qual é o restaurante que o dono te recebe, senta na sua mesa, te dá explicação, que você sabe de onde vem aquilo que você vai comer, entendeu? Ai por exemplo ela é vegetariana. Já tem uma moqueca vegetariana aqui, ele te explica tudo que tem nela. Eu só conhecia o Maturi, aí ele já me ensinou hoje sobre o Nicuri.. sempre tem uma novidade que ele vem e te explica. Isso é completamente diferente. E não posso deixar de falar da comida, porque ele poderia fazer tudo isso e a comida ser ruim, mas é excelente.

SiteUR: Em Salvador e pelo Brasil com o espetáculo  Mania de Explicação que encanta as crianças pelo lúdico e os adultos pela filosofia. Por que se enveredar nesse público, com espetáculos infantis?

Luana Piovani: É nele que eu acredito. A criança não subestimada e valoriza que vai fazer esse lugar que a gente morar melhor. Acho que já nos perdemos. Estou formando platéia, é dela que vai sair os próximos cidadãos, eleitores, juízes, advogados. Eles que espero que saiam cidadãos detentores de direitos e deveres, para serem mais conscientes e amorosos. Para gente ver menos agressão no trânsito, mais generosidade, mais mãos estendidas, olhos nos olhos, por isso que eu me dedico às crianças, porque eu acredito nelas. Acho que elas precisam ser valorizadas, A criança no Brasil é absolutamente desvalorizada e como eu não sou política, sou artista, o que  eu posso fazer, que eu não vim aqui a passeio, quero deixar uma história, uma marca, é fazer um teatro de conteúdo e qualidade, com projeto social e sustentabilidade atrelado, daí eu me sinto cidadã, estou fazendo alguma coisa do que eu quero para o futuro do meu filho.

SiteUR: É dessa dedicação que vem tempo e inspiração gastos com as suas produções?

Luana Piovani: São 4 anos para montar, por que as minhas produções são ambiciosas, preciso de um bom investimento. Graças a Deus eu conto com parceiros que estão comigo desde a primeira, que conhecem a qualidade e o esmero das nossas produções. Mas assim a minha equipe criativa sempre é de pessoas talentosas e renomadas, dependo da agenda de todos, a disponibilidade. Por isso levo um tempo para organizar. Estou na quarta e se Deus quiser ainda vou até a décima quinta produção (risos). Tudo passa pelo meu crivo, participo de tudo, luz, tudo eu aprovo, não crio, por não ter esse talento, mas tudo passa pelo meu crivo.

SiteUR: No espetáculo a trilha conta com músicas de Raul Seixas. Como tem sido a receptividade do  público por ser rock?

Luana Piovani: Os adultos se emocionam muito. Para quem está no palco e quando a gente olha a platéia, as crianças absolutamente abduzidas pela história e pelos bonecos manipulados, pela luz e todos os pais cantando as músicas com a gente com cara de força. O Raul tem isso, ele é um grande nome do rock roll e da poesia, da conscientização, ele é político, é poeta político, é como Renato Russo há mais de mil anos atrás. Você vê o cidadão exigindo, os pais ficam comovidos. Quem não quer cantar, “eu perdi o meu medo, meu medo da chuva, pois a chuva traz coisas do ar, aprendi o segredo da vida…”. Você olha os adultos com desejo, eles acham que estão assistindo a gente, mas somos nós que  estamos assistindo eles.

SiteUR: Sobre Dupla Identidade, o seriado que foi um sucesso pela qualidade e atuação. Tem projeto para nova temporada?

Luana Piovani: Dupla Identidade é um projeto que existe sim. Em 2016 se Deus quiser, na verdade como tudo na vida, pode até ser que não aconteça.  E acho que querem os mesmos atores, Mauro Mendonça (diretor) tem novela, o Bruno Gagliasso e o Marcello Novaes têm novela, eu estou com turnê da peça com proposta de levar para Portugal, só que na nova temporada o Bruno estará  preso, finalmente!

SiteUR:  E a qualidade da série que foi algo bastante elogiado nas redes sociais e pelos críticos e televisão?

Luana Piovani: Por causa da concorrência, né? Hoje em dia por causa da televisão à cabo e a classe C já com um poder econômico mais acessível, fica mais fácil todo mundo tem acesso a tudo que é produzido no mundo. Tem que concorrer com qualidade. Não tem como subestimar o público.

SiteUR: Geralmente a família a acompanha nas viagens?

Luana Piovani: Só em lugares bons

 

 Luana Piovani e Dom feita por Pedro Scooby / Instagram
Luana Piovani e Dom feita por Pedro Scooby / Instagram

SiteUR: E sobre os gêmeos, você deseja que sejam meninos ou meninas?

Luana Piovani: Com saúde, por que depois que a gente tem filho, entendemos esse clichê de saúde. Saúde é dádiva. A gente observa tanta gente que sobrevive nessa loteria, que a vida é uma loteria, e descobre uma doença, percebe que  tudo é efêmero, a agente precisa celebrar a saúde.

 

IMG_6873
Luana(grávida de gêmeos) e sua moqueca de siri mole e catado no Paraiso Tropical

SA Agência Digital