sexta-feira, 7 outubro 2022
Faccia Cure
Tags Posts tagged with "Lencois"

Lencois

A prefeitura da charmosa e turística cidade de Lençóis, principal porta de entrada da Chapada Diamantina, confirmou os horários da grade de programação do São João 2022.

Após dois anos sem festejos por conta da pandemia de covid-19, a prefeita Vanessa Senna programou uma festa que vai ficar na memória. A folia acontece entre os dias 20 e 26 de junho, entre os artistas já confirmados na grade de atrações estão Adelmário Coelho(foto), Flávio José, Chambinho do Acordeon, Dorgival Dantas, Zelito Miranda, Flor Serena e Estakazero.

A expectativa é de que a ocupação hoteleira chegue a 100% e que cerca de 35 mil pessoas circulem pela cidade durante o período junino.

“A cidade oferece 5 mil leitos de hospedagem e nossa previsão é que algumas semanas antes do São João já estejam todos reservados. Lençóis é um destino procurado por famílias e estamos preparando uma festa para oferecer conforto, qualidade e tranquilidade”, explica Vanessa Senna.

Confira horário e faça sua programação

20/06

Elisson Moura – 21h às 22h30

Adelmário Coelho – 23h às 00h30

Dorgival Dantas – 01h às 02h30

 

21/06

Lara Amélia – 22h às 23h30

Flávio José – 00h às 01h30

Forró A Lenha 02h às 03h30

 

22/06

Vitinho do Forró – 22h às 23h30

Zelito Miranda – 00h às 01h30

Pablo Marques – 02h às 03h30

 

23/06

Chambinho do Acordeon – 22h às 23h30

Cheiro de Milho – 00h às 01h30

Filomena Bagaceira – 02h às 03h30

 

24/06

Estakazero – 22h às 23h30

Elisson Castro – 00h às 01h30

Cangaia de Jegue – 02h às 03h30

 

25/06

Colher de Pau – 22h às 23h30

Raimundinho do Acordeon – 00h às 01h30

Flor Serena – 02h às 03h30

 

26/06

Bateia de Renda – 21h às 22h30

Marquinhos Café – 23h ás 00h30

Percebes Rabelo – 01h às 02h30

 

 

Um São João para não ser esquecido. Depois de dois longos anos de espera, o interior do Estado volta a ser o destino mais disputado para as festas juninas da Bahia. A charmosa e turística cidade de *Lençóis*, principal porta de entrada para a *Chapada Diamantina*, terá extensa programação para homenagear *Santo Antônio*, *São João* e *São Pedro*.

Os festejos já começam no distrito de Tanquinho, Zona Rural de Lençóis, com a trezena de Santo Antônio, um dos principais costumes religiosos do mês de junho. As orações foram iniciadas no primeiro dia do mês e se encerram no dia 13, com procissão para celebrar um dos santos mais populares da igreja católica.

No dia *19 de junho* será realizada a abertura oficial do São João de Lençóis, com a tradicional cavalgada e a chegada na cidade do estandarte do santo que dá nome à festa, com apresentação da banda *Seu Maxixe*. No *sábado, dia 20*, começam as apresentações musicais no Teatro Arena, no Centro da Cidade, em frente ao Coreto. Artistas locais e regionais vão se revezar em oito dias de comemorações. Serão três atrações e mais de oito horas de música por noite, com nomes como *Adelmário Coelho*, *Flávio José*, *Chambinho do Acordeon*, *Zelito Miranda*, *Flor Serena* e *Estakazero*.

A prefeitura de Lençóis preparou uma festa para ficar na memória dos visitantes e de quem vive na região, que é hoje, além de um dos mais procurados destino do ecoturismo, também destino gastronômico, com culinária que vai muito além do dendê. Tem o sabor das galinhas caipiras, dos cortes da carne do sol e a diferente e saborosa coxinha de palmito de jaca.

A Chapada Diamantina também é famosa pela produção de excelentes cachaças, muitas delas com prêmios internacionais. A da *Fazenda Passagem dos Bois*, na Zona Rural de Lençóis, poderá ser degustada durante o São João, com apresentação do processo artesanal para quem quiser conhecer o ofício dos alambiques e aquecer o coração antes do forró começar.

“Queremos oferecer uma experiência inesquecível para toda a família, resgatando alguns elementos que são típicos da tradição e da história do São João. Preparamos atrações para todas as idades, com quadrilhas, paus de sebo e quebra potes espalhados pelas ruas da cidade”, revela a prefeita Vanessa Senna.

A expectativa é de que a ocupação hoteleira chegue a 100% e que cerca de 35 mil pessoas circulem pela cidade durante o período junino. “A cidade oferece 5 mil leitos de hospedagem e nossa previsão é que algumas semanas antes do São João já estejam todos reservados. Lençóis é um destino procurado por famílias e estamos preparando uma festa para oferecer conforto, qualidade e tranquilidade”, explica Vanessa Senna.

*Confira a Programação na Praça*
20/06 – Adelmário Coelho, Dorgival Dantas e Élison Moura
21/06 – Flávio José e Lara Amélia
22/06 – Vitinho do Forró, Zelito Miranda e Pablo Marques
23/06 – Chambinho do Acordeon, Cheiro de Milho e Filomena Bagaceira
24/06 – Estakazero, Elisson Castro, Cangaia de Jegue
25/06 – Colher de Pau, Raimundinho do Acordeon, Rural Elétrica
26/06 – Bateia de Renda e Marquinhos Café

 

Lençóis recebe a Feira Artesanato da Bahia, neste sábado (28) e domingo (29), das 15h às 21h, no Mercado Municipal. Nascida da corrida do ouro e diamante e conhecida pela beleza de sua natureza e relevo, a cidade fica na região da Chapada Diamantina, celeiro de artesãs e artesãos com trabalhos que refletem as suas manifestações populares.

O evento seguirá visitando as cidades de Jacobina (04 e 05/09), Vitória da Conquista (11 e 12/09), Cachoeira (17 e 18/09), Juazeiro (24 e 25/09) e Porto Seguro (02 e 03/10).

Através de várias técnicas, os trabalhos artesanais do Polo Territorial da Chapada Diamantina se destacam em peças utilitárias e decorativas. São esculturas de santos, bordados multicoloridos, fuxicos em retalhos, peças com pedras que se tornam preciosas com lapidações, trançados de licuri, entalhes de madeira e couro, cerâmica e renda filé.

A realização da Feira Artesanato da Bahia é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com Associação Fábrica Cultural. O evento conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Lençóis.

Em Lençóis, o evento deve reunir produtores de outras cidades do Polo Territorial da Chapada Diamantina, como Abaíra, Morro do Chapéu, Rio de Contas, Seabra, Mucugê, Andaraí, Piatã, Palmeiras e Barra da Estiva.

Os visitantes poderão adquirir os produtos artesanais apresentados diretamente pelos produtores, dialogar e interagir sobre a riqueza dos processos produtivos. Durante o evento, o público também terá a oportunidade de conhecer a origem das técnicas utilizadas pelos criadores, que destacam a identidade regional do artesanato.
“No processo de retomada econômica, a feira significa um passo muito Timportante para a ampliação da comercialização do artesanato.

O evento vem sendo muito bem recebido pelos artesãos, por ser uma iniciativa que vai valorizar a produção e dar mais visibilidade ao seu trabalho. A feira também é importante para a geração de renda em vários setores, como pousadas, comércio de alimentos e outros serviços locais”, comemora Ângela Guimarães, coordenadora de Fomento ao Artesanato da Setre.

CHAPADA DIAMANTINA – Nascidos da corrida pelo ouro e pelo diamante, os municípios da Chapada Diamantina guardam expressões únicas que refletem a beleza do seu relevo, da sua fauna e flora. Cidades tombadas pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, como Lençóis, Rio de Contas, Morro de Chapéu e Andaraí, são o lar de tradições e um celeiro de diversas manifestações populares.

Escolhida para receber a Feira Artesanato da Bahia, a cidade histórica de Lençóis é uma das principais da região, cercada grutas, cachoeira e casarios coloniais. A sua beleza natural atrai o ano inteiro turistas brasileiros e estrangeiros. Além do turismo ecológico, os esportes radicais também são praticados na região. Localizada na Chapada da Diamantina, a 425 km de Salvador, Lençóis abraça o evento como um importante gerador de renda, que movimenta o trade turístico e a economia local.


SA Agência Digital