quarta-feira, 24 fevereiro 2021
Tags Posts tagged with "Larissa Luz"

Larissa Luz

Val Benvindo, Mariana Jaspe e Dan Ferreira com o Ilê Aiyê

A Casa Mar, um projeto da MAP Brasil, é um espaço de pluralidade, conexão, protagonismo negro e LGBTQI+ que chega a Salvador, a partir deste mês de fevereiro, e traz o conceito de hub de cultura, influência e tecnologias criativas para um casarão que fica localizado no tradicional Largo de Santana, no bairro do Rio Vermelho.

O lançamento será com o Circuito MAR, que conta com apresentação de Val Benvindo, direção de Mariana Jaspe, Dan Ferreira e uma programação diversa e que traz artistas já conhecidos do público baiano para apresentações únicas no Carnaval.

Com o cancelamento da folia por conta da pandemia de Covid-19, o Circuito MAR promete manter a alegria do público que poderá curtir de casa. Além de ser um suporte para artistas e profissionais do carnaval que estão impossibilitados de exercer suas atividades no momento.

Os shows estarão disponíveis no canal da Casa MAR no YouTube, no sábado (13) e domingo (14) – final de semana oficinal da folia.

O Ilê Aiyê, primeiro bloco afro do Brasil, conhecido por sua tradicional saída no sábado de Carnaval, será a primeira atração do Circuito Mar e não deixará o dia tão importante passar em branco. A BATEKOO, movimento cultural de afirmação da negritude através da música, da dança e moda, fará uma participação no show, que traz sucessos já conhecidos do público.

“Ficamos muito felizes com o convite, principalmente por esta ser a nossa única apresentação durante esse carnaval tão diferente”, afirma Iracema Killiane, vocalista do bloco.

Já no domingo, dia do tapete branco passar pela Avenida, o Circuito Mar receberá os Filhos de Ghandy, com repertório que mescla cânticos de candomblé e clássicos da MPB. Logo depois é a vez do cantor e compositor Gerônimo convidar um dos grandes nomes da nova geração da música baiana, a cantora Nara Couto, fechando a grade de atrações.

“Não vamos desistir nunca, a cultura do Brasil é o nosso carnaval”, afirma o compositor de “É D’Oxum”.

O Circuito Mar vai ainda promover a única ação de sustentabilidade e inclusão socioeconômica para cooperativas de reciclagem neste período, através da realização de um circuito para coleta de embalagens em locais de grande geração, como bares e restaurantes.

“A ação dá continuidade ao trabalho que realizamos junto com a MAP, One Stop e as cooperativas no carnaval 2020, quando coletamos 162 toneladas de materiais recicláveis e promovemos a geração de R$ 1 milhão em renda”, explica Saville Alves, sócia da SOLOS, co-realizadora da iniciativa sustentável.

O projeto vai também doar resíduos têxteis para que costureiras, que chegam a ter 30% da renda familiar anual dependente do trabalho no carnaval, confeccionem bonecas, que serão entregues a crianças de creches e comunidades de Salvador.

SERVIÇO
O quê: Circuito MAR
Quando: 13 de fevereiro, às 21h – Ilê Aiyê recebe BATEKOO
14 de fevereiro, às 13h – Filhos de Gandhy
14 de fevereiro, às 19h – Gerônimo recebe Nara Couto

Onde: Canal da Casa MAR no YouTube

Uma foto cheia de cumplicidade, harmonia e muito amor. Captada por Caio Lirio, um encontro de pele e alma, Larissa Luz e Fabrício Boliveira – ator convidado- se entregam em nova produção musical da artista em “ Não tenha medo de mim”.

Composição que surgiu no isolamento da quarentena, momentos de questionamentos mil e inspiração. Luz de expressão e renascimento.

“Falar do nosso profundo é se despir sem pudor! Quantas vezes eu ouvi na construção de relacionamentos:”você é foda, mas …”Trazer a nossa percepção sobre o afeto , contar sobre o amor em meio ao caos, é um desafio necessário! Abrir espaço para diálogos! Para abraços… para o acolhimento, confiança e construção !” escreveu Lari no insta.

O clipe gravado em locações no Comércio  e no Santo Antônio Além do Carmo em Salvador, contou com uma equipe preta de responsa.

Na direção Edvaldo Raw, figurino de Marie Silva, cabelo Edemilson Andrade, Maquiagem de Hávata Serena, Jack Elesbão na direção de movimento para o clipe que lança nessa quinta, dia 17 em todas as plataformas digitais.

Siga @larissaluzeluz

Arte de Tami Martins e Duardo para apresentar o novo single de Larissa Luz, disponibilizado nessa segunda, dia 07 nas plataformas digitais.

“Dance com a sua sombra” é uma composição de Lari que brotou na quarentena, tendo a mesma assinado produção musical, roteiro e direção ao lado de Rodrigo Dolores que ficou também responsável pela direção de fotografia, montagem e edição.

Com produção de Bruna Palma e Zeca Mca, fotos de Roncca, o clipe vertical é uma produção específica para o INSTAGRAM..

Aproveite para conferir o vídeo da participação de Larissa e Carlinhos Brown na edição do Afropunk 2020.

News no @larissaluzeluz.

 

Larissa Luz postou no Instagram avisando que amanhã , dia 02 de outubro a partir das 20h tem show imperdível no YouTube.

A preta estará acompanhada da lenda vida da música brasileira, o cantor Gilberto Gil cantando o amor.

Projeto que conta com o apoio da Devassa que já proporcionou encontros sensacionais do cantor com a banda BaianaSystem e tantos outros outros que movimentaram a cena musical em tempos de isolamento social.

Confira tudo no canal de Gil no YouTube.

O Teatro Sérgio Cardoso em São Paulo será o palco da apresentação da cantora Larissa Luz. O show será nesse sábado, dia 22 de agosto às 23h, depois de 6 meses que a intérprete não realiza um show com presença de dançarinas, devido a pandemia.

O produtor musical Ubunto e as dançarinas Tainara Cerqueira e Érica Miranda acompanharão Lari nessa missão de levar energia ao lares de todos através do site culturaemcasa.com.br na programação da Virada Cultural de Salto em Sampa.

Foto Andrea Possamai

Larissa Luz

Saudade. Palavra da língua portuguesa que, dizem, não tem tradução literal em outros idiomas. É daquilo que se sente, mas quase não se explica. E, depois de mais de 120 dias de isolamento social, é um sentimento comum a todos que vivem esses tempos de pandemia. E foi daí que a Usina Digital, agência baiana especializada em comunicação digital, partiu para criar a campanha “uma saudade chamada Salvador”.

Lançada esta semana, a ação é o trabalho mais recente desenvolvido pela equipe da @usinadigitalcc e foi criado para a Prefeitura Municipal de Salvador, através da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult). Uma declaração à capital baiana, a ação soma-se um rol de estratégias propostas pela agência que visam a retomada do turismo na cidade pós-pandemia.

Com objetivo de manter Salvador no imaginário de soteropolitanos e turistas, a campanha faz uma reunião de boas lembranças da cidade, trazendo a mensagem de esperança de um reencontro em breve.

“A campanha desperta o sentimento. Valoriza experiências muito fortes e próprias de quem já viveu Salvador, ao mesmo tempo em que instiga aqueles que ainda não a conhecem. Pra quem é soteropolitano ou mora na cidade, principalmente, ela fortalece a conexão e esse pertencimento que nos é tão próprio”, explica Bruno Lage, publicitário que lidera a equipe da Usina Digital.

O start de “uma saudade chamada Salvador” foi dado nesta segunda-feira, 13 de julho, com o lançamento de um filme de 2’20 protagonizado pela cantora, compositora e atriz Larissa Luz. Soteropolitana, Larissa dá a voz  que compõe a trilha do filme que, além de texto, tem uma edição de impacto.

A campanha segue pelas próximas semanas com ações que se conectam com o filme: publicação de conteúdo nas redes sociais da @secultsalvador e nos canais de promoção turística da cidade, @visitsalvadordabahia e salvadordabahia.com, além de disponibilização de playlists especiais no Spotify, peças para WhatsApp, um filtro exclusivo no Instagram e ainda matérias especiais publicadas no site salvadordabahia.

O filme está disponível na íntegra nas redes sociais do destino e da @usinadigitalcc 

*Foco no Digital*

Desde de 2018 licitada pela Secult da Prefeitura Municipal de Salvador, a Usina Digital é responsável pelo desenvolvimento da comunicação digital de promoção turística da cidade e, desde então, vem mudando a perspectiva da capital baiana no trade turístico diante do Brasil e do mundo. À frente da equipe de profissionais multidesk da agência está o baiano Bruno Lage, que soma quase 20 anos de experiência no mercado de marketing digital e publicidade e, depois de passagens por iniciativas como o Clube de Criação da Bahia e agências como a Propeg, uniu-se à Usina em 2015.

De lá pra cá, a equipe e os serviços oferecidos foram reformulados de tal forma que, hoje, a Usina Digital é uma companhia criativa que tem no seu core business um diferencial: a conexão entre comunicação, tecnologia e design. Para além dos produtos digitais, a agência é focada em criar experiências digitais inovadoras e consistentes.

“Nos moldamos para uma capacidade de atendimento forte em todas as disciplinas do digital. Para isso, reunimos profissionais com habilidades que vão além da sua especialidade e adotamos a ‘metodologia da mesa’, o coração do nosso trabalho. Com esse formato, conseguimos desenvolver projetos mais bem resolvidos e propor soluções mais assertivas para o cliente”, destaca Lage. O sistema consiste em reunir a equipe em uma grande ‘mesa’ em que se discute coletivamente planejamento, viabilidade e execução de cada trabalho. “Mais de 80% dos nossos projetos vão pra rua em virtude disso”, completa.

A trajetória recente da agência, soma cases como a divulgação e o desenvolvimento de plataformas digitais de grandes eventos da cidade como o Carnaval e o Réveillon de Salvador, a plataforma de concurso cultural de música, para Skol, criação de estratégia digital de lançamento de filmes como “Axé. Canto do Povo de um Lugar” e do longa “Travessia”, para a O2 Filmes, além de desenvolvimento de produtos como o app SIMM Empresa, entre outros trabalhos.

Mais informações: www.instagram.com/usinadigitalcc | www.usinadigital.cc

O clipe narra a história de ​uma cientista testando uma nova forma de hipnose que teletransporta as pessoas através da música para uma realidade inventada, onde o movimento é fonte de poder.

Gravado em São Paulo, no teatro Porto Seguro, o clipe foi roteirizado e dirigido pela própria cantora com a co-direção de Luciano Azevedo e a participação do ator Samuel de Assis como assistente de direção.

Taianara Cerqueira, coreógrafa do show Trovão, homônimo ao disco que contém a faixa, fez a produção de elenco e direção de movimento.

A música é parceria de Larissa com Rafa dias, produtor da faixa, e Flávia Coelho, cantora carioca residente em Paris.

“Escrevi o roteiro enquanto estava em cartaz com o musical Elza no teatro Porto Seguro… Ficava nos intervalos imaginando que seria uma boa locação para uma história científica e fui concebendo. Não imaginava que estava tão perto dessa projeto fictício se tornar um desejo real, já que agora estamos num momento em que precisamos usar da imaginação para acessar as lembranças da sensação de aglomerar” contou a artista.

Siga Lari no insta @larissaluzeluz

Maga e Lari por Duane Carvalho

A Movida Conteúdo e a Maré Produções Culturais lançaram o segundo episódio da websérie Padrinhos da Música, que promove encontros de gerações da música produzida na Bahia.

Nesta edição, é possível ver as conversas e trocas entre as cantoras Larissa Luz e Margareth Menezes, que estiveram juntas no palco, no dia 05 de janeiro no Trapiche Barnabé em Salvador.

Entrevistas, ensaio e trechos do show são possíveis conferir no vídeo que também reflete sobre a posição da mulher negra na música baiana. A direção é assinada por Dayse Porto, que está já trabalhando na preparação do terceiro episódio, que mostrará a troca entre Luedji Luna e Lazzo.

O Padrinhos da Música terá ainda um show para o público baiano, agora mostrando o encontro entre dois importantes representantes do rock: a banda Maglore convida a cantora Pitty. O show tinha data prevista para o dia 19 de abril, contudo fora adiado diante do quadro de avanço do coronavírus. Assim que a situação for restabelecida, nova data será divulgada em breve.

O projeto Padrinhos da Música conta com o patrocínio da Budweiser e do Governo da Bahia por meio do Fazcultura, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Cultura.

Ficha técnica
Direção e roteiro: Dayse Porto
Fotografia e edição: Alan dos Anjos
Câmera: Jefté Rodrigues

 

Larissa Luz

Atriz e cantora de personalidade forte e empoderada real, Larissa Luz tem tombado por onde passa com as suas apresentações por todo o Brasil. No último Amor e Sexo, programa da Rede Globo comandado por Fernanda Lima, Lari deu o nome e o seu recado cantando Bonecas Pretas, composição sua em parceria com Pedro Itan.

Dia 19 de março, o Festival das Periferias no Centro Cultural de Plataforma, subúrbio de Salvador, receberá o show “Território Conquistado”, mesmo nome do álbum que levou Larissa a indicação no 17º Grammy Latino na categoria Melhor álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa.

Na agenda ainda show dia 08 de abril na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, abrindo o projeto Som na Concha que terá ainda performance do cantor Criolo com o show do seu disco intitulado “Ainda Há Tempo”, que foi lançado originalmente em 2006, mas repaginado ano passado.  Os ingressos para o evento vão custar R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Há uma cota de 40% para meia-entrada na bilheteria e balcões do TCA e no site .


SA Agência Digital