sexta-feira, 30 setembro 2022
Jade Showroom
Tags Posts tagged with "Instituto Ori"

Instituto Ori

Realizada pelo Instituto Ori, com apoio SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural), por meio do Projeto Bahia Produtiva, da CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional) e financiado pelo Banco Mundial, a Expedição Invisíveis da Mata gerou resultados como o compartilhamento de saberes sobre o tema para que agricultores familiares da região pudessem identificar, domesticar e usufruir desse alimento de rico valor nutricional e proteico. Além de possibilitar uma nova fonte de renda no cultivo desse produto, considerado de baixo investimento, ecológico, com pouca necessidade de recurso hídrico, com alto valor de mercado, fácil manejo e beneficiamento.

Um grupo peculiar composto por especialistas do reino fungi, chefs de cozinha, acadêmicos vindos de todo Brasil e produtores locais adentrou as matas do Sul da Bahia, em busca de cogumelos silvestres e leveduras selvagens, a fim de encontrar espécies comestíveis nativas.

Com objetivo de realizar uma expedição científica gastronômica percorreram trecho do Parque Estadual da Serra do Conduru e Mata Cabruca, localidades propícias para a domesticação desses gêneros ainda tão misteriosos que se encontram em um reino próprio, entre o animal e vegetal.

Foto André Fofano

O filme documentário de 35 minutos foi rodado durante a expedição e conseguiu capturar um belo registro dessa aventura. Produzido pela Agência Hike, o vídeo tem formato wide (1920×1080) e qualidade cinematográfica, e ainda se desmembra em uma série de vídeos palestras ministradas pelos especialistas envolvidos, com a intenção de compartilhar o conteúdo gratuitamente na rede.

A equipe expedicionária contou com nomes como Caco Marinho (presidente do Instituto Ori), Marcelo Sulzbacher (mestre e doutor em biologia dos fungos), Luiz Zaga (chef de cozinha e sócio fundador da Glamp Cogumelo), José Bezerra (professor há mais de 50 anos, mestre e doutor pela University of Florida), Nara Oliveira (mestre e doutora em Ecologia e Conservação da Biodiversidade), Coaracy (indígena Tupinambá da aldeia de Olivença), Leonardo Andrade e Fernando Goldenstein (fundadores da Cia dos Fermentados e Fermentare Escola de Fermentação), e pesquisadores baianos especialistas no reino fungi.

O filme e palestras também contaram com apoio e parceria da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Instituto Lugar de Faz, Soul Dila, Nexxo Empresarial, Inema/Ba, Instituto Federal de Ciências e Tecnologias Baiano, Prefeitura de Ibirapitanga, Prefeitura de Ilhéus e já se encontram disponíveis nos canais de mídias sociais do Instituto Ori.

SOBRE O INSTITUTO ORI
O Instituto Ori é um coletivo multidisciplinar, composto por ativistas da segurança e soberania alimentar. Seus fundadores são integrantes da aliança de cozinheiros do movimento internacional Slow Food. O seu objetivo, promover estudos, pesquisas, desenvolvimento social, educacional, cultural e turístico relacionados a cultura alimentardepovosecomunidadestradicionais.

Atua, desde 2016, em diversas parcerias institucionais e sociais e vem desenvolvendo ações fundamentadas no tripé alimento, natureza e transformação social. Realizou cerca de 20 expedições pela Bahia, as quais percorreram boa parte dos 27 territórios de identidade do estado.

Contaram com a participação de chefs de todo Brasil, compartilhando conhecimentos e ajudando a promover os produtos baianos nacionalmente.
Essas expedições nasceram do desejo de alguns chefs de cozinha baianos em trabalhar com ingredientes nativos e identitários.

Para esse re-conhecimento, mergulham na cultura alimentar e no modo de vida de pequenos produtores artesanais do estado. “Olhar nos olhos dos agricultores, pescadores, marisqueiras, nos fez cozinheiros mais responsáveis com a natureza e com as pessoas”, conclui Caco Marinho, atual presidente do Instituto.

O Instituto Ori tem como propósito tocar experiências, compartilhar e expandir o conhecimento reunido dos saberes de produtores, cozinheiros, acadêmicos, gestores públicos e de instituições não governamentais. Além de juntar parceiros em prol de uma educação de consumo renovada, com responsabilidade social, ambiental, voltada para a saúde e também para o prazer.

Nessa sexta, dia 05 de agosto a partir das 19h, será apresentado na Sala de arte CineMAM, o curta metragem “Invisíveis da Mata” em coquetel promovido pelo Origem Eventos para convidados.


SA Agência Digital