quinta-feira, 19 setembro 2019
Tags Posts tagged with "Instituto de Cegos da Bahia"

Instituto de Cegos da Bahia

“São 40 anos de experimentação, que não me pertencem. Pertencem a um coletivo”, filosofa Carlinhos Brown ao resumir como deve ser o show exclusivo que ele apresenta, no dia 21 de agosto, na Pupileira, celebrando seus 40 anos de carreira juntamente com o jornal Correio, que também completa, esse ano, quatro décadas de histórias. O artista promete que será uma celebração à música, muito mais do que a uma figura isolada. “Espero ser feliz nessa mistura dos Tribalistas, com o movimento do bloco afro, com o movimento pop de trio elétrico e composições autorais”, antecipa.

Um dos principais compositores de sua época, Carlinhos Brown promete um verdadeiro passeio pelo que escreveu com os mais diferentes artistas. “Eu quero cantar coisas da Bahia ou feitas aqui. Então, se eu tocar Paralamas do Sucesso, não se assuste. Eu e Herbert (Vianna) escrevemos Uma Brasileira em Salvador, essa cidade matriz e acolhedora que sempre quis isso, unir”, revela. “Não posso deixar de cantar algo que escrevi com Marisa (Monte), nos Tribalistas. Quem sabe juntar, num grande medley, Chiclete (com Banana), com Vumbora Amar, que é linda; Daniela, com Rapunzel e Maimbê Dandá; e Margareth. Se fosse cantar alguma de Ivete (Sangalo), acho que iria mais pra Muito Obrigado, Axé e podemos voltar no tempo, nos anos 80, com Yaya Maravilha, que foi inicialmente batizada de Samba Reggae. Aí, tem Timbalada, Olodum e Ilê Aiyê, que não posso não cantar. Não teria graça”, pondera.

Vale lembrar que todo valor arrecadado com os ingressos – que já estão à venda no SYMPLA – será revertido inteiramente ao Instituto de Cegos da Bahia (ICB), do qual Brown é embaixador. “Nunca fizemos música como brincadeira ou marketing pessoal. Por isso, digo que não estamos fazendo uma festa para nos homenagear. Estamos fazendo uma festa para continuar agradecendo essa capacidade que nosso trabalho teve de colocar em prática o que muitos pensadores levavam pro discurso, principalmente no quesito Educação e Assistência Social”, finaliza.


SA Agência Digital