sexta-feira, 14 junho 2024
Racletto
Tags Posts tagged with "iemanja"

iemanja

Passando temporada em Salvador, o babalorixá, professor e escritor Rodney William tem curtido como pode os festejos e organizando compromissos espirituais importantes.

A festa de Iemanjá é um desses instantes especiais que tem sido pensada e preparada com todo esmero por Rodney, a começar logo no primeiro dia do mês.

A parte religiosa será presidida por Pai Rodney com o auxílio de filhos e filhas do Ilê Obá Ketu Axé Omi Nlá vindos de São Paulo e Rio de Janeiro e os que residem em Salvador.

Iniciando com os ritos propiciatórios dedicados a Exu, seguem a preparação dos elementos sagrados e comidas e concluem-se com a entrega dos presentes de Oxum no Dique do Tororó, às 22h do dia 1 de fevereiro, e de Iemanjá, no dia 2, às 7h30 da manhã.

A escuna sairá do Terminal Marítimo da Bahia e contará com uma linda recepção dentro dos preceitos do candomblé com rezas e cânticos para a Rainha do Mar. Café da manhã, almoço, petiscos e drinks estão incluídos. A embarcação estará toda enfeitada em azul e branco e os convidados estarão nas mesmas cores.

Já confirmaram presença os atores Rodrigo Pandolfo, Pathy Dejesus, Cinara Leal, Luciano Quirino, Linn da Quebrada e Maria Gal. A chef de cozinha e apresentadora Carmem Virgínia. O ex-senador Eduardo Suplicy com a jornalista Mônica Dallari. O deputado federal e ex-ministro Orlando Silva. Também são aguardados o ministro Silvio Almeida, as cantoras Xenia França e Fafá de Belém, a editora da Revista Ela, Marina Caruso e a CEO da Nordestesse, Daniela Falcão.

Para informações no 11 981442479

Nascida e criada no Pelourinho, Centro Histórico de Salvador, a black influencer e multiartista Nitorê Akadã, lançou recentemente seu primeiro projeto autoral em homenagem à rainha do mar, Iemanjá.

Filha do criador do Samba Reggae, o mestre Neguinho do Samba, a artista liberou em seu canal do YouTube, o clipe da música “Ìyá Nila”, gravada no Estúdio Makweto57, composição e voz Nitorê, arranjo, composição, percuteria e direção musical de Lucas Maciel, arranjo, mixagem e masterização Jordi Amorim e backing vocal Isabela Meireles.

A canção é uma reza cantada com sonoridade afro-pop, uma obra de estética negra, composta de beats de ancestralidade e do canto feminino das mulheres de terreiro, lavadeira, e marisqueiras, com o objetivo estético de comunicar a potência criativa da música produzida pela juventude Negra.

O provérbio Africano diz “a cabeça de uma pessoa torna ela um rei”. A maneira como pensamos nos posicionamos está diretamente ligada a Iemanjá. Por esse motivo, Nitorê resolveu cultuar tudo o que a Orisá significa: equilíbrio, harmonia, fortaleza e união, num clipe que fala sobre o amor incondicional de mãe.

“Esse canto é para Iemanjá e suas filhas, que sempre zelaram por mim, mãe Zezita minha ajibonã, mãe Tieta minha mãe pequena, Equede Juciane Barbosa, Egbome Jô Guimarães, as mães que alimentam o meu Ori”, contou Nitorê.

Sobre o clipe//

Direção e roteiro Urânia Munzanzu

Direção de fotografia: Gabriel Teixeira

Direcao de arte Thiago Romero

Edição e Finalização Lara Belov

Produção Executiva Juliana Carolina

Produção Suka Freitas

Still: Jeferson Dias

Assistente de y de Arte: Larissa Libório

Maquiagem: Evelyn Limber

Em homenagem a Iemanjá, o Restaurante Benedita, projeto da chef Emanuele Nascimento sobre o qual falamos AQUI, vai promover a Feijoada da Bendita, nesta terça-feira, 2 de fevereiro, a partir das 11h30. A feijoada completa para duas pessoas (R$ 49,90) será acompanhada de farofa de couve, laranja, torresmo, arroz branco e salada verde, bem no estilo da cozinha da avó Benedita, que dá nome ao restaurante no Espaço 3, na Pituba. Os demais pratos do cardápio da casa também serão servidos, inclusive no delivery (71 99996-6746).

Odoyá! Todos os anos, um ritual de fé e devoção se repete no mar da Bahia: dia 2 de fevereiro, uma multidão de fiéis – adeptos do Candomblé e admiradores – vai até a praia da Paciência, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, para saudar Iemanjá.

Patrimônio imaterial de Salvador, a festa acaba de ser retratada no documentário “Festa de Iemanjá” (2020, 42’), com roteiro e direção da cineasta Fabíola Aquino.

O doc conta com financiamento da Fundação Gregório de Mattos (FGM), integra as ações de Salvaguarda da Festa de Iemanjá e faz parte das comemorações pelo mês da Igualdade Racial.

A primeira exibição do filme ocorrerá na sexta-feira (20),e ficará disponível no Canal do YouTube da Fundação por 24 horas (das 8h do dia 20 às 8h do dia 21), dentro da programação do *#ConexãoFGM

O Para Praia vai ganhar cenário especial, com direito a altar com imagem de Iemanjá para homenagea-la na edição deste sábado (1º), véspera do seu dia, das 8h às 12h, na praia de Ondina, em frente ao Instituto Bahiano de Reabilitação – IBR. Com produção de Marta Góes, o cenário tem assinatura dos designers de interiores Marcelo Borges e Arthur Athayde (foto), que incluíram também um cesto de oferenda para receber as flores naturais que serão entregues no mar. A homenagem a Iemanjá deverá movimentar ainda mais o projeto, que vem promovendo com sucesso o banho de mar assistido para deficientes físicos e pessoas com mobilidade reduzida.

Considerada o espaço oficial do evento em Salvador, a praia de Ondina vai receber o Para Praia sempre aos sábados, até 15 de fevereiro. O encerramento será nos dias 29 de fevereiro e 1º de março, em praia ainda não definida no litoral de Camaçari. Nesta sétima temporada, o projeto vem mantendo a maior média de participantes de sua história, recebendo mais de 100 banhistas por dia. Com o movimento mais intenso, o Para Praia aumentou a sua estrutura e mudou a logística para manter o conforto e a segurança de seus usuários.

O 2 de fevereiro (domingo) será saboroso também no Corredor da Vitória, onde a Coffeetown Salvador oferecerá, na data especial em que se homenageia Iemanjá, um café da manhã especial, das 8h às 12h. Frutas, iogurtes, pães, frios, bolos, ovos com bacon e salsicha e quiches farão parte do Buffet Livre, que custará R$ 44,90 por pessoa, com direito a café de cortesia.

O horário atende perfeitamente aos mais devotos, que vão mais cedo saudar a Rainha do Mar e fogem da movimentação do Rio Vermelho, e aos mais profanos, que terão uma opção de refeição reforçada antes de curtir os festejos com mais disposição.

A cantora Belô Velloso (acima), sobrinha de Caetano e Maria Bethânia, será um dos destaques da Festa de Iemanjá que o promoter Ginno Larry promove, no próprio dia 2 de fevereiro, no Restaurante Manga, das 11h às 22h. Com localização privilegiada, o espaço receberá apenas 250 convidados, que desfrutarão de menu especial assinado pelo chefs Danti e Katrin Bassi (abaixo), com feijoada e comidinhas.

Do mirante do restaurante, com vista para a Paróquia de Sant’Ana e da Casa de Yemanjá, os convidados poderão acompanhar, ao final do dia, o cortejo dos pescadores que levará o balaio de presentes para a Rainha do Mar. A grade completa de atrações, que contará ainda com DJ e mais uma banda, será divulgada ainda essa semana, mas o primeiro lote de ingressos já está à venda a R$ 350 por pessoa, com serviço all inclusive. Vendas: (71) 3506-2744 e (71) 98883-9111.

Música, arte, sofisticação, alegria e fé são palavras que definem a festa Odoya Sobre o Mar, que vai vestir de azul e branco a loja Nino Nogueira Galeria e Decor para saudar Iemanjá, no 2 de fevereiroNos dois andares da loja, que se descortinam para a orla do Rio Vermelho, a vista é privilegiada para a festa popular mais bonita da BahiaO agito será animado pelo DJ Oliver Jack, que produziu um set especial para a ocasião.

A vitrine da loja vai destacar a escultura de Iemanjá em um cenário decorado com móveis da Tidelli. Já no terceiro andar, o lounge ganha um altar com escultura da Rainha do Mar e confortáveis móveis, cercados de flores de Milena Galvão Decor em cenografia assinada pelo designer Flávio Sadalla. O evento é para 200 convidados, que deverão usar azul e branco.

Todo o Axé da festa de Yemanjá no Zank by Toque por Licia Fabio nos clicks de Tati Freitas. Confira!

Com 4 meses de fundação na capital baiana, o badalado restaurante de comida regional do chef Rafael Sessenta, Sotero, realiza seu primeiro evento em homenagem a Iemanjá nessa quinta[02] a partir das 11h.

A animação ficará por conta dos sambistas Rubinho e Marta e o pagode retrô da banda Gang do Samba.

A feijoada do Sotero que já é conhecida de longas datas do público paulista, onde mantém há oito anos o restaurante em Higienópolis, tendo a casa se preparado para abrir uma filial no Jardim Botânico, Rio de Janeiro, ainda no primeiro semestre desse ano, será o prato principal do evento que contará no seu menu com petiscos, caldos,acarajés, abarás, cerveja Itaipava, roskas, água e refrigerante na festa que não tem hora para terminar .

Novidades no Instagram @soterosalvador .
SERVIÇO:

O QUE: Feijoada do Sotero
ONDE: Sotero Salvador, Rua Ilhéus, Rio Vermelho
QUANDO: Quinta[02] a partir das 11h
QUANTO: Mulher R$ 100/ Homem R$ 150
ONDE COMPRAR: No Local


SA Agência Digital