quinta-feira, 29 setembro 2022
Carpe Diem Morro
Tags Posts tagged with "Horto Florestal"

Horto Florestal

O Horto Florestal agora possui um novo residencial que veio para inovar. Com o mote “o que é luxo para você”, o empreendimento Oke Horto é a novidade da Pelir Engenharia, MVL Incorporadora, Amorim Barreto e Inova Empreendimentos para a região.

Com torre única de 25 andares e apenas dois apartamentos por andar, o projeto possui unidades de 90 m2 a 116 m2, com cobertura Duplex de 158 m2 e 2 e 3 suítes de alto padrão.

No Oke Horto, todos os 49 apartamentos terão duas vagas de garagem, além de fachada em vidro, alumínio e porcelanato, elevadores independentes e varanda panorâmica integrada à cozinha. Nas áreas comuns, dois espaços gourmet, pátio descoberto para interação e a piscina com cachoeira, espelho d’água e parede de vidro serão algumas das atrações.

“Teremos ainda um elevador de emergência, lobby com pé-direito duplo, hall social dos apartamentos independentes, bicicletário e espaço para entrega de delivery e encomendas. Pensando no morador que trabalha em casa e precisa ficar conectado, temos ainda um sistema de gerador de energia, que além de atender os elevadores e iluminação em casos de queda, vai proporcionar para cada apartamento um ponto de luz e uma tomada para uso, caso seja necessário no momento”, declara o presidente da Pelir, Rogélio Peleteiro.

Ainda no empreendimento, haverá quadra de esportes, parque infantil, brinquedoteca, lounge gourmet, sala de reunião, espaço beauty, sala de massagem, academia, e sala multiuso para a prática de yoga, artes marciais, ballet e pilates.

Sustentabilidade
A palavra OKE, que dá nome ao empreendimento, é de origem norueguesa e significa “aumentar”, “crescer”, “elevar”. Assim, o objetivo do residencial é proporcionar aos seus moradores uma elevação do bem-estar por meio de soluções arquitetônicas que oferecem melhor integração entre ambientes, segurança, conforto e sustentabilidade. Por essa razão, uma série de inovações sustentáveis foram aplicadas, a começar pelo aproveitamento da água da chuva e da condensação de ar-condicionado para irrigação de jardins e limpeza de áreas comuns. “Teremos também escada fitness, telhado verde, elevadores inteligentes que evitam desperdício de energia, além de louças e metais com dispositivos que economizam água”, ressalta Rogélio Peleteiro.

Ainda no empreendimento, haverá placas solares para geração de energia, torneiras das áreas comuns com temporizador, possibilidade de infraestrutura para instalação de carregadores de carros elétricos em todas as vagas, sensores de presença e iluminação em LED nas áreas comuns, horta para a plantação de temperos. “Todas essas ações permitiram que o empreendimento, mesmo antes da construção começar, já tenha o selo ouro do IPTU Verde, fornecido pela Prefeitura de Salvador”, pontua Rogélio. Esse título é entregue aos proprietários de imóveis residenciais e não residenciais que adotaram medidas que estimulem a proteção, preservação e recuperação do meio ambiente.

Projeto
No Oke, o arquiteto Ricardo Farias, responsável pelo projeto, destacou que o empreendimento tem como intuito inspirar novas experiências, com uma fachada marcante e cosmopolita. “A nossa proposta foi promover a sensação de morar em uma casa, com intensa conexão com a natureza, com ventilação e iluminação natural, com revestimentos amadeirados, vegetação, luzes e sombras, tudo em harmonia”.

“Para o Oke, fomos no sentido oposto aos tradicionais lobbies em tons pastéis e com mobiliário estático. Apostamos em ambientes com personalidade e ousadia, que despertem a curiosidade no olhar de quem chega e acolham quem ali habita”, explica a sócia e arquiteta da GAM, Anna Fernandes, responsável pelo projeto de interiores e áreas comuns, que detalha. “As linhas verticais da fachada foram pensadas para dialogar com as curvas que abraçam quem entra na torre. Cada ambiente foi pensado com exclusividade para ser um novo espaço a ser descoberto e vivido”.

MUDEIdeNOME foto Antônio Chequer

 

Shows, fanfarra, baianas e toda animação se misturam na 2ª edição da Lavagem do Horto Florestal, no dia 26 de janeiro (domingo), a partir das 15 horas. O evento, realizado em uma das entradas do bairro, dessa vez na Avenida Santa Luzia, em frente ao boteco De Passagem, contará com shows do Movimento Musical MUDEIdeNOME e da Banda Filhos de Jorge. O objetivo é integrar os moradores, estimular ações de solidariedade e levar diversão para os residentes da região e todos aqueles cultivam o bem ao próximo.

Filhos de Jorge Divulgação

Além da confraternização entre vizinhos e amigos, a lavagem tem um propósito muito maior: o da ação social. Uma parte da renda arrecadada, será doada para a Amo Animais, grupo da Amo Horto que leva animais recolhidos na rua para abrigos. A lavagem é aberta para toda cidade e os ingressos, no primeiro lote, custam R$ 60. As vendas acontecem no Sympla, Partiu Balada e no De Passagem.

Música, encontros e solidariedade são as palavras-chave da Lavagem do Horto, produzida pela Oquei Entretenimento com realização da Amo Horto.

 


SA Agência Digital