quarta-feira, 30 novembro 2022
Jade Showroom
Tags Posts tagged with "Gal Costa"

Gal Costa

Uma das maiores divas da música popular brasileira será reverenciada pelo cantor baiano Tiri, que apresenta no dia 16 de agosto, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves, o show Tiri canta Gal, interpretando canções que se popularizaram na voz de Gal Costa. Os ingressos custam R$60 reais a inteira e R$30 a meia-entrada e podem ser adquiridos através do Sympla.

Ao comando do violão, Tiri estará acompanhado dos músicos Luã Almeida, nos teclados, Vanessa Melo na clarineta e back vocal, Tiago Nunes na percussão e bateria e Alexandre Vieira no baixo e contrabaixo. Samuca Sobral assina a direção musical do espetáculo. O show na Sala do Coro ainda contará com cenário e iluminação especiais assinadas pelo cenógrafo Igor Liberato e o figurino de Daniel Pituba.

No repertório, Tiri fará um apanhado dos 56 anos de carreira de Gal com clássicos como Sorte (Celso Fonseca), Corcovado (João Gilberto) e Folhetim (Chico Buarque), além de canções que o cantor e compositor se identifica, como “Qual é, baiana”, música de Caetano Veloso gravada por Gal em 1978 para o disco Água Viva.

“Essa ideia de fazer um show em homenagem a Gal vem num momento especial da minha carreira. Apesar de ter um trabalho autoral acontecendo, eu gosto muito de fazer releituras e cantar canções que marcaram épocas. E quando se fala de Gal, se fala de uma das maiores intérpretes do Brasil, que eterniza as letras que ela se propõe a cantar, e me identifico muito com esse lado intérprete dela. Homenagear essa artista foi grandiosa em outros tempos e segue sendo para a nova geração será uma honra”, disse.

Eleita como uma das maiores vozes brasileiras pela revista Rolling Stones Brasil, Gal Costa segue em atividade se apresentando com sua turnê “Várias Pontas de uma Estrela”. Aos 76 anos, a musa tropicalista é uma grande incentivadora dos jovens artistas, com um trabalho recente de regravações com cantores da nova geração como convidados.

Tiri canta Gal tem direção musical de Samuca Cabral e é produzido pela Mafuá Produções.

Serviço:

O quê: Tiri canta Gal
Onde: Sala do Coro do Teatro Castro Alves – Praça Dois de Julho, s/n – Campo Grande, Salvador/BA
Quando: 16 de agosto de 2022
Ingressos:
1º lote – Meia R$ 30 / Inteira R$ 60
2º lote – Meia R$ 35 / Inteira R$ 70
3º lote – Meia R$ 40 / Inteira R$ 80
Vendas: Sympla
Classificação: 16 anos

Em única apresentação, Gal Costa  comemora 56 anos de carreira fonográfica com o show “As Várias Pontas de uma Estrela”, no dia 29 de janeiro, às 21h, no Teatro Castro Alves.

A cantora se debruça sobre as relações entre o riquíssimo repertório que ela própria apresentou ao Brasil, repleto de hits e obras-primas, e a obra monumental de Milton Nascimento.

Os ingressos estarão à venda a partir das 12h desta terça-feira (28), na bilheteria do Teatro Castro Alves e no site www.sympla.com.br .

SERVIÇO:
Gal Costa – “As Várias Pontas de uma Estrela”
Quando: 29 de janeiro de 2021 (sábado), 21h
Onde: Teatro Castro Alves
Quanto:
Filas de A a Z: R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia)
Filas de Z1 a Z11: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia),
Classificação indicativa: livre

O Coala Festival anuncia duas novas atrações. Alceu Valença sobe ao palco da oitava edição do evento, que acontece no Memorial da América Latina, no dia 11 de setembro, mesmo dia em que está confirmada a presença de Gal Costa. A outra novidade do lineup é Black Alien, que se apresenta no dia 12 de setembro, data que terá Maria Bethânia como show de encerramento.

Gal e Bethânia

“O anúncio de Gal e Bethânia foi grandioso e já vendemos mais de 80% dos ingressos disponíveis”, comenta Gabriel Andrade, curador e sócio-fundador do Coala Festival. O panorama favorável, contudo, não é motivo para tirar o pé do acelerador e os organizadores seguem na construção do lineup daquela que promete ser a maior edição do Coala até aqui. Confirmações como as de Alceu Valença e Black Alien reforçam essa ideia.

“Black Alien lançou um dos melhores discos de 2019. A vontade de ter ele com a gente vem desde aquela época e estamos felizes que esse encontro vai se concretizar”, afirma Gabriel. “Alceu Valença é um dos grandes nomes da música brasileira que mais aguardávamos ver nosso palco”, finaliza.

Os ingressos para o Coala Festival estão disponíveis no site Total Acesso. Além de ingressos avulsos, restam algumas poucas unidades do passe coalático, que garante a entrada nos dois dias de evento.

Serviço:
Coala Festival 2021
Data: 11 de 12 de setembro
Local: Memorial da América Latina
Ingressos – lote 8:

> Passe Coalático (para dois dias): R$ 350,00

> Ingresso avulso – Sábado
Meia: R$ 210,00
Solidário: R$ 275,00
Inteira: R$ 420,00

> Ingresso avulso – Domingo
Meia: R$ 210,00
Solidário: R$ 275,00
Inteira: R$ 420,00

Link de vendas: SITE 

Tipos de Ingressos:

> Passe Coalático: Válido para os dois dias do Coala FSTVL©️ 2021
> Inteira: Válido apenas para o dia escolhido
> Meia-entrada: Válido apenas para o dia escolhido (obrigatória a apresentação do documento comprobatório ao direito a meia-entrada na entrada no evento).
> Ingresso Solidário: Válido apenas para o dia escolhido (obrigatória a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento)

Sobre o Coala Festival
Criado em 2014, o Coala Festival é um dos eventos mais importantes do país, além de ser um dos mais aguardados do calendário. Realizado no Memorial da América Latina, em São Paulo, anualmente o festival cria uma programação que dita tendências e fortalece a música brasileira de forma criativa e diversa. Há espaço para encontros inusitados, grupos que fazem fusões de ritmos e representantes de vários gêneros musicais e regiões do Brasil.

A cerimônia de premiação da 27ª edição do Prêmio da Música Brasileira homenageou Gonzaguinha (1945-1991) no Theatro Municipal do Rio de Janeiro no último dia 22 de junho. Mas a celebração dessa trajetória não para por aí. O Prêmio da Música Brasileira parte em turnê por cinco cidades do país homenageando um dos mais consagrados compositores e intérpretes da música nacional. Com shows em Porto Alegre, Brasília, Goiânia, Salvador e Rio de Janeiro, Gal Costa, Zeca Baleiro, Zélia Duncan, Ivete Sangalo, Lenine, Maria Gadú, Elba Ramalho dividirão o palco em encontros únicos para celebrar Gonzaguinha, de 02 a 30 de julho.

Cada uma dessas capitais que integram a turnê receberá um grupo de quatro artistas do elenco. O idealizador do Prêmio da Música Brasileira, José Maurício Machline, convidou artistas que tivessem uma relação afetiva com a obra e cantassem com propriedade as canções do compositor. O projeto chega ao Teatro Castro Alves no próximo dia 22 de julho (sexta-feira), às 21h, com uma apresentação única na Sala Principal do TCA que irá reunir ninguém menos que Gal Costa, Zeca Baleiro, Elba Ramalho e Zélia Duncan, todos cantando canções do repertório de Gonzaguinha, o homenageado desta edição. Os ingressos começam a ser vendidos a partir dessa segunda(04) na bilheteria do teatro e no site INGRESSOS RÁPIDO.

SERVIÇO:

O QUE: Turnê Prêmio da Música Brasileira em homenagem a Gonzaguinha/ Especial Salvador com Zélia Duncan, Gal Costa, Zeca Baleiro e Elba Ramalho

ONDE: Sala Principal do Teatro Castro Alves, Campo Grande, Salvador

QUANDO: 22 de Julho às 21h

QUANTO: R$150/R$ 75 (filas A a P) e R$ 120/R$ 60 (Q a Z11)

ONDE COMPRAR: Bilheteria do TCA e no INGRESSO RÁPIDO

Gal Costa

A cantora Gal Costa iniciará em Salvador a turnê Estratosférica, que comemora os seus 50 anos de carreira. Estrategicamente, a cantora escolheu a data de 27 de setembro para subir ao palco do Teatro Castro Alves e comemorar com os fãs baianos o seu aniversário de 70 anos, que serão completados na véspera. Uma das vozes mais bonitas da música brasileira, nesse show Gal se reinventa, com uma pegada mais leve e jovem, fazendo um passeio pelas canções inéditas e brindando o público com uma retrospectiva histórica dos seus grandes sucessos.

Em maio deste ano, Gal lançou o CD Estratosférica, em parceria com a Sony Music, trazendo canções inéditas que mostram um lado seu mais jovial, enérgico e até roqueiro. O recém-lançado projeto não poderia ser diferente, em busca de algo novo, assim como o álbum anterior, Recanto (2011), que apostou no eletrônico de forma densa.

Em Estratosférica, a cantora aposta em canções de novos compositores – como Marcelo Camelo, Mallu Magalhães, Criolo, Céu, Jonas Sá, Lira (ex-Cordel do Fogo Encantado), Domenico Lancellotti, Moreno e Zeca Veloso – e de artistas de outras gerações, a exemplo de Tom Zé, Milton Nascimento, Antonio Cicero, Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Caetano Veloso.

Com direção musical de Pupillo (da banda Nação Zumbi) e direção artística de Marcus Preto, o show relembra grandes clássicos como Cabelo, Brasil, Pérola negra, Como 2 e 2 e Objeto não identificado, músicas nunca gravadas por Gal como Vingança, de Lupicínio Rodrigues, e Os alquimistas estão chegando, clássico de Jorge Ben Jor – além, é claro, do repertório do novo álbum que inclui Ilusão à toa, tema da novela Babilônia, e Quando você olha para ela, composição de Mallu Magalhães e tema da novela Malhação.

Em1QtcN

A banda conta com jovens músicos como Pupillo (bateria), Mauricio Fleury (teclado), Fábio Sá (baixo) e Guilherme Monteiro (guitarra). A turnê segue para outras cidades do Brasil e exterior até junho de 2016, com mais de 60 apresentações.

SERVIÇO

O QUE: Turnê Estratosférica por Gal Costa

QUANDO: 27/09/2015 – domingo, às 20h

ONDE: Teatro Castro Alves

QUANTO: R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia entrada) para as filas de A a V e R$ 140,00, (inteira) e R$ 70,00 (meia entrada) de W a Z11

 


SA Agência Digital