quarta-feira, 19 junho 2024
Tags Posts tagged with "Fashion"

Fashion

Com 23 anos de idade e uma mente criativa invejável, o soteropolitano Soujê tem causado com as suas criações no mundo fashion e das artes.

“Desde os meus nove anos já desenhava e usava a arte como válvula de escape. Fui me expressar através da moda aos 13 anos, fazendo intervenções e pinturas. Fui me expressando e costurando a mão, comecei nesse momento a desenvolver uma linguagem artística juntando Arte visuais e moda, trazendo várias discussões acerca das minhas vivências como jovem, preto e periférico” lembrou Soujê.

Soujê

“Fui me especializando nas áreas e hoje crio minhas peças que chamo ” Arte em movimento ” , são telas que dialogam diretamente com os espaços que as cercam, trazendo diversos discursos e também com a finalidade de exaltar a estética Preta. Um diálogo que vai do abstrato ao figurativo, juntando simbologia com as cores” contou .

Dono de uma pincelada única e com a irreverência nata de um creator moderno e atento aos anseios da modernidade, o artista graduando em Artes Plásticas pela Universidade Federal da Bahia- UFBA, apresenta o projeto Puls- sAR, onde busca retratar a ansiedade e seus processos da tensão à liberdade.

As peças contém colar e compartimentos de búzios trançado com alumínio em técnicas de bordado, pintura e alta costura

“Pensar sobre esse projeto é entender os ciclos da ansiedade e como ela se manifesta dentro de nós. Fiz camadas de formas quadriculadas nos croppeds retratando os pensamentos, os búzios simbolizando os caminhos, usei a cor  azul royal  uma cor que transmite sentimentos de calma e tranquilidade . É uma tonalidade mais viva, Escura e intensa. Com uma pintura artística na calça Pantalona, há uma figura baseada em Iemanjá trazendo a baianidade complementando o conceito da peça” disse a mente pensante Soujê.

Direção geral : @gsouje
Produção Musical: Asclep @wg.nevesc
Direção de Produção Musical: @gsouje
Voz: @_grazimuniz @gsouje
Vídeo : @joy.cristinx
Edição de vídeo : @gsouje
Direção de arte : @gsouje
Estilista/Artista: @gsouje
Acessórios: @artsouje
Modelo: @_grazimuniz @gsouje
Fotografia: @joy.cristinx
Produção técnica : @joy.cristinx @gsouje

As peças estão disponíveis no instagram da marca @artsouje @gsouje aproveite para seguir e compartilhar.

Segundo dia de desfiles no São Paulo Fashion Week e um dos burburinhos mais aguardados dessa segunda(24) era a apresentação da coleção de Reinaldo Lourenço. Dessa vez, o estilista mergulhou no universo da Suécia para criar peças que são uma verdadeira mistura do despojamento urbano com toques folclóricos da Europa, vistos pelo uso das cores primárias contrastadas, sem deixar nunca de usar suas clássicas listras em contraposição com estampas florais e padronagens nórdicas.

Mas foi na LAB que todo o alvoroço e expectativas boas eram emanadas. A marca fez bonito e em parceria com o estilista João Pimenta, os irmãos cantores Emicida e Fióti, colocaram a rua dentro da semana de moda mais famosa da América Latina. Com um casting hiper misturado, com conceito bem street, a LAB estreou com pé direito, levando toda diversidade de estilos e gêneros presentes no dia-a dia de qualquer metrópole. Gordinhos, negros com cabelos pintados, magros, modelos, gays… todos no mesmo espaço. A marca já disponibilizou parte da coleção como camisetas, bermudas e tênis, no e-commerce, enquanto isso confira alguns dos clicks da Agência Foto Site.

No mesmo dia, as marcas Patricia Vieira e A La Garçonne apresentaram suas coleções no evento. Mais informações e destalhes no site SPFW ou ainda acompanhe tudo nas nossas redes sociais @uranrodrigues e @siteuranrodrigues.

 

Uma collab de peso: Miranda Estúdio, The Finds e Soul Dila, três marcas baianas que vêm se destacando pelo trabalho que mescla moda, lifestyle e conceitos inovadores, se uniram para lançar a coleção Tiébélé.

A inspiração vem da cultura milenar da pequena vila africana – que leva o mesmo nome -,  onde as mulheres pintam com as mãos as paredes de barro das suas casas com desenhos únicos, contando suas estórias de geração em geração.

image

As moringas de barro criadas pela Miranda com inspiração na vila, já foram apresentadas em uma das edições do Biergarten Salvador, voltando com uma nova roupagem para esse lançamento. As saias midi, regatões e cropped tops super atuais foram pensadas para as meninas descoladas que frequentam a The Finds Store. Para os meninos, as tradicionais bermudas e t-shirts da Soul Dila levam as estampas incríveis de Tiébélé. E mais: acessórios, objetos de decor e artigos esportivos prometem ser o charme da coleção.

image (1)

Para comemorar essa super parceria, uma festa na The Finds do Rio Vermelho dará início à venda dos produtos com o som do Coletivo NozMoskada e o acarajé será o quitute principal da noite, valorizando as raízes africanas da capital baiana.

Serviço:
O que: Lançamento da coleção Tiébélé da Miranda Estúdio para The Finds e Soul Dila
Quando: Quinta-feira, 12 de maio, 17 horas
Local: The Finds Concept Store, na Rua Itabuna, 160, Rio Vermelho

O Centro Histórico de Salvador, Pelourinho serviu de cenário para as fotos da nova coleção “Há África em mim” da marca soteropolitana Abanto. O colorido dos casarões, a arquitetura conservada das ruas, com toda história de resistência, foram inspiração para o ensaio multicolorido Criada em julho de 2014 pelo designer Alex Milanny, a marca surgiu com a intenção de inovar e modernizar o guarda roupa masculino com modelos diferenciados, com muita estampas, cores, autenticidade e muita ousadia.O principal objetivo da marca vai muito além de produzir roupas. Queremos transmitir um estilo de vida próprio, em harmonia com o meio que esse homem vive” comentou Alex


4

São macacões, conjuntos de calças com blusas curtas e compridas, blazers, bermudas e shorts, ampliando o leque de opções e oferecendo ao público feminino, jardineiras, saias curtas e longas. A marca está presente no mundo virtual através das redes sociais e do whats 071 98757 9050 ou no 71 993124472. 

IMG-20160501-WA0051
Modelos com Alex Milanny

3 IMG-20160425-WA0021 IMG-20160502-WA0024

 

Salvador, cidade  em constante crescimento de ideias e consequentemente de novas marcas. Por que não compartilhar? Hoje apresento-lhe a Succa, marca de roupa feminina,  com um público bem descolado e antenado, digamos que Cool . Succa é o apelido de Suelen Nunes, diretora da marca, resultado de uma parceria com Sonia Nunes, sua mãe e costureira de mão cheia. Fiz algumas perguntas básicas a Suelen, mas acredito que quem quiser conhecer um pouco mais do seu trabalho, não vai se arrepender de entrar em contato diretamente com ela. A Succa atende ao Brasil todo, por meio do seu site, Facebook e Instagram.

succa1 succa2

 

VB: Como a Succa surgiu?

Suelen: Era 2008 e eu estava na graduação (em Design Gráfico, na UNEB). Ocorriam-me muitas ideias de modelos de roupa, e alguns eu desenhava já imaginando os tecidos, aviamentos, combinações. Como minha mãe é costureira, pedi que confeccionasse algumas dessas peças para mim e fui à faculdade vestida com elas. Os colegas gostaram, elogiaram. Escolhi um nome (Succa, meu apelido), fiz um logotipo, mandei estampar etiquetas e, em parceria com minha mãe, comecei a fazer peças para vender. Fiz muitas clientes na UNEB e, através do boca-a-boca fui conquistando mais clientes para além do ambiente da universidade. A internet também ajudou bastante.

succa3

VB: Quando e como você se interessou pelo mundo da moda?

Suelen: Eu não sei definir, foi uma coisa gradual. Quando criança, eu vestia minhas bonecas, sim, às vezes até enchia o saco de minha mãe para ela passar as roupinhas na máquina para mim, mas, diferentemente de muitas pessoas dessa área, que sonham desde muito cedo com uma carreira no universo da moda, eu não tinha esse vislumbre, não. Naquela época, inclusive, eu queria ser várias coisas. Num mês eu queria ser bióloga, noutro queria ser escritora, tudo era interessante. Mas à medida que os interesses foram se estreitando e que fui descobrindo minhas aptidões, percebi que gostava bastante de coisas que envolvessem artes visuais, estética, desenho, imagem, comunicação, cultura. Quando prestei vestibular, por exemplo, já sabia que queria estudar e trabalhar com algo que envolvesse esses tópicos. Cursei Design Gráfico, não Moda, mas não me arrependo, pelo contrário; acho até melhor. Minha formação e experiência em Design Gráfico é tão importante na minha rotina com a Succa quanto conhecimentos de moda, que eu acabei adquirindo por uma via não-acadêmica, no ateliê de costura da minha mãe, em cursos livres e de modo autodidata.

succa4

VB: Sabemos que toda profissão tem seus prós e contras. Quais você encontra, principalmente aqui na cidade de Salvador?

Suelen: Eu acho que a melhor parte de ter uma marca de roupas é saber que aquele seu produto vai fazer parte de um momento de realização pessoal da cliente. Seja no momento da compra, quando ela está adquirindo algo que de alguma maneira a encantou, trouxe beleza pro dia dela, ou seja depois, quando ela vai escolher exatamente aquela peça para encontrar as amigas, a família, o(a) paquera, ou passear com o cachorro, ou ainda bater uma selfie e se sentir fabulosa. Particularmente gosto desse aspecto ritualístico do vestir. Moda não é só consumismo, não.

Sobre os contras… Acho que a parte mais complicada é aquele momento de colocar os pés no chão e perceber que seu projeto precisa tomar ares de negócio. Não sei se é a mesma coisa em outras cidades, mas empreender, em Salvador, exige bastante persistência. Para mim, que não sou administradora, é um desafio constante.


vestido+cindi+costas

VB: Qual o público alvo da sua marca?

Suelen: Mulheres entre os 20-30 anos, que apreciem slow-fashion feita com carinho e com preços acessíveis.

VB: A marca teria uma peça chave?

Suelen: Gostamos muito de vestidos e saias. Conheça um pouco do nosso DNA em nossas redes sociais. Obrigado pela oportunidade.

 

Looks assinados pelo stylist Aderbal Freire, marcaram o preview da próxima coleção da Mesckla, flaghship store baiana de multimarcas femininas, localizada no bairro da Pituba,  apresentados na noite de ontem(18) em coquetel com desfile somente para convidados ilustres na MAC Móveis, em Salvador.

Os sócios-proprietários da Mesckla, os anfitriões Thiago Mattos e Fernando Costa fizeram as honras da casa e recepcionaram convidados especiais, como a vocalista da banda Cheiro de Amor, Vina Calmon, a cantora Mametto, além da jornalista Rita Batista, que apresentou o desfile

Marcas como Skazi, Fátima Scofield, Iorane, Artsy, Dhuo, Fabulous Agilità, Giuliana Romanno, Têca, M. Rodarte, marcaram presença no desfile e na composição de looks day by day  e festa.

 “A nova coleção traduz o fashion e traz uma liberdade de shapes mais lúdicos, com looks boêmios marcados por listras e estampas, como as florais. Há ainda os clássicos total jeans, mix de jeans e o total white, que conferem um ar de frescor e suavidade. O comprimento cropped, inclusive na camisaria, é outra tendência bem marcante. As peças foram adaptadas e ao mesmo tempo houve uma continuidade da coleção de inverno, o que resultou em uma transição menos drástica”, explica o stylist Aderbal Freire.

Carol Arbex, SD Acessórios, Rosana Bernardes e João Sebastião foram outras grandes apostas para a temporada. Os dois últimos trazem para a estação mais quente e animada do ano peças inspiradas na fauna e flora brasileiras. As peças são sinônimo de design arrojado, sofisticação, riqueza de detalhes e matérias primas diferenciadas. Grifes da Ótica Cristalli também compuseram os looks da passarela da Mesckla Summer Trends.

 

O evento ofereceu ainda aos convidados um lounge exclusivo para espumante, o saboroso toque gourmet da Coxa Coxinha (Food Truck), a animada batida do DJ Fred Levucci, um musical e intervenções artísticas, além dos espumantes  Décima  Rosé de Berenice Borba servidos pelo Clube Bar. Confira todos os looks nos clicks de Alex Dantas da Diferente Imagens. 

Sabe aquele projeto que precisamos aplaudir de pé? Ele é o Senai Brasil Fashion. Funciona da seguinte forma: o Senai seleciona os seus nove melhores alunos do curso de moda do Brasil todinho para criarem uma mini coleção com exatamente três looks. É aquele olhar atencioso e cauteloso para os estudantes promissores, para os novos talentos que merecem uma oportunidade, merecem atenção. Mas, calma! As melhores partes ainda estão por vir… para ajudar na criação, o Senai convida três super estilistas para serem os mentores dos alunos. O desfile acontece em São Paulo. Nas passarelas, estão gigantes modelos da indústria. E nas fileiras, os grandes “chefões” da moda nacional.

 

sbf alunos estilistas

Então, pensem comigo: imagina que sensacional um jovem estilista ter a oportunidade de criar uma coleção, tendo como coach Alexandre Herchcovitch , Lino Villaventura ou Ronaldo Fraga, ser assistido por Gloria Kalil, Lilian Pacce, Costanza Pascolato e outros grandes nomes, e ter os seus modelitos desfilados por nada menos que Iza Goulart, Carol Trentini, Ana Beatriz Barros ou Isabeli Fontana? Parece quase impossível para um jovem estilista, né? Mas o Senai faz isso ser possível! E esse grande evento ocorreu na última quinta, dia 13, no Estúdio Quanta em Sampa.

senai br fashion os mentores
Ronaldo Fraga, Lino Villaventura e Alexandre Herchcovitch

Foi um verdadeiro burburinho! A moda nacional parou para prestar atenção em quem são esses jovem estilistas; quem dominará as passarelas futuramente; no que está por vir. E olha… pelo visto só vem coisa boa! Os nove desfiles, sem exceção, foram surpreendentes. Criativos, inovadores e com potencial de sobra. Selecionei os meus quatro favoritos. Vamos conferir?

desfile 1 sbf

Amanda foi além e se inspirou na união entre duas culturas. As produções contam a história de um casamento entre um colono ucraniano e uma colona alemã que foram para o Paraná, terra natal da estilista, no final do século 19. desfile 2 sbf

A perfeita definição para o desfile de Jéssica é: pin-up meets toalha de chita. A jovem focou no período que marca a chegada norte-americana no Rio Grande do Norte, durante a Segunda Guerra Mundial. O bacana é o glamour sexy do corset que ganha um toque de humor por meio da estampa de chita. desfile 3 sbf

William se inspirou em sua terra natal, Maranhão. Ele trouxe materiais inusitados e, com a help de Alexandre, conseguiu dar ares couture à pedaços de chifre e tramas artesanais. A técnica foi aplicada nas três produções: no maiô, no vestido e no conjuntinho. desfile 4 sbf

Natália Menezes homenageou a artista Tomie Ohtake para comemorar o centenário da imigração japonesa em BH. A coleção não economiza no quesito arquitetura. As peças super esculturais oscilam entre os básicos preto e cinza e os impactantes vermelho e amarelo.

Qual o seu favorito?

Grazi Massafera

Ok, ok… toda mulher ama um vestido longo e ele é sempre a primeira opção para uma festa. Mas, os tempos estão mudando, e os nossos queridos vestidos estão dando o seu lugar para os macacões que vêm cumprindo a sua função direitinho! Assim, como o vestido, ele é uma peça única, ou seja, vestiu e já está pronta. Tem coisa melhor que isso?!O grande diferencial do macacão é estar diferente de todas. A aposta por ele está cada vez maior, mas, ainda assim, é pouca. As celebs que vêm apostando no macacão para cruzar os reds carpets sempre se destacam por estar diferente da maioria. Alternativa chiquetosa e cheia de estilo para fugir do “de sempre”! Vamos dar uma olhada nos visús de quem já está desfilando por aí com o hit do momento e nos inspirarmos?

vestidos dando lugar aos macacões 1

Eu pirei quando vi a musa Taylor Swift chegando no Billboard Awards com esse macacão. E um super detalhe que nem deu para ver na foto: ele é inteirinho de brilhantes! De capotar, né? Ao contrário de cantora, Cara, Grazi e Emma apostaram no macacão preto, porém com propostas bem diferentes. Grazi e Cara optaram por um belo de um decote. Já Emma por uma calda que dividiu opiniões no Golden GlobeAwards 2015.

vestidos dando lugar aos macacões 2

Falando agora dos macacões coloridos, eles são perfeitos para eventos diurno. A blogueira Lalá Noleto, escolheu um vermelho e completou o look com um cinto de animal print, que deu todo um toque especial. Gigi Hadid arrasou com um macacão metalizado do Michael Kors no CFDA Awards 2015. Me apaixonei por ele! Estiloso e elegante. Lu Tranchesi optou por um modelito Skazi em tons claros para usar na cerimônia religiosa do casamento da apresentadora Mica Rocha. Caimento perfeito, né? Já Lalá Rudge, apostou no macacão verde + mini bag rosa.

Trocariam o clássico vestido longo pelo estiloso macacão?

Com o sucesso de uma série de ilustrações criadas pelo artista plástico Felipe Guga após o termino de sua separação amorosa, a marca carioca Oh Boy, percebendo o talento e o quanto suas criações tem bombado nas redes sociais, prontamente o convidou para confeccionar peças que falassem de AMOR. Felipe de 35 anos é designer por formação, ilustrador de ofício, artista de colagens e dj de várias festas no Rio, recebeu a missão como parte da ação da loja, para presentear às suas clientes com um mimo exclusivo para o Dia dos Namorados.

Todas que comprarem na Oh Boy até o dia 12 de junho, poderão escolher entre vários desenhos e levar um trabalho do artista para casa.

254088_505520_cartao_dia_dos_namorados_oh_boy_2 254088_505521_cartao_dia_dos_namorados_oh_boy_3 254088_505523_cartao_dia_dos_namorados_oh_boy_4

 

“Quando desenvolvo alguma ilustração diferente de tudo o que já fiz ou que tem potencial para se desdobrar, entro de cabeça. Fazendo um paralelo com meu trabalho de DJ, eu diria que uma série é um set, ele ganha mais força e sentido a partir do momento em que acrescento músicas — explica Guga ao falar sobre o seu tamanho em entrevista ao jornal O Globo.

Presente em mais de 500 multimarcas e com 24 lojas próprias por todo o Brasil, a Oh Boy também pode ser encontrada na Bahia no Salvador Shopping.


SA Agência Digital