quarta-feira, 17 julho 2024
Tags Posts tagged with "curadoria de Eric Assmar"

curadoria de Eric Assmar

curador do projeto Eric Assmar Foto Divulgação

Os dias 15 e 16 de setembro foram escolhidos para sediar o projeto que acontece no Parque Costa Azul 

Setembro chega com as novas datas do Oxe é Jazz no Parque Costa Azul. Nos dias 15 e 16 (sexta-feira e sábado) o projeto realizado pela Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia traz nomes como Beatles In Jazz, Cláudia Cunha, Luizinho Assis com Ivan Sacerdote e Eric Assmar com Adriano Grineberg (SP). A partir das 18 horas.

Formada em Salvador pelos músicos Alexandre Vieira (contrabaixo e voz), Márcio Pereira (guitarra) e Laurent Rivemales (bateria), todos nomes veteranos na cena do jazz em Salvador, o Beatles In Jazz presta um tributo aos Beatles, banda fundamental na história da música pop mundial. No local, releituras jazzísticas de sucessos da carreira do quarteto de Liverpool, com arranjos repletos de improvisações.

A noite de sexta do Oxe finaliza com a veterana cantora baiana Cláudia Cunha, com seu show “Solar”, em tributo a Gal Costa. Com direção musical de Jelber Oliveira, a apresentação propõe um passeio pela obra de Gal com arranjos originais executados por um time de grandes músicos do cenário baiano. Destaque para a interpretação singular de Cláudia, cantora que coleciona prêmios em seu currículo e já atuou ao lado de grandes nomes da música popular brasileira.

A noite de sábado inicia com a apresentação do veterano tecladista, arranjador e compositor baiano Luizinho Assis, nome de grande prestígio na cena musical soteropolitana. Para essa apresentação, Luizinho vem Giroux Wanziler (baixo), Victor Brasil (bateria) e traz como convidado o clarinetista e compositor Ivan Sacerdote, músico que vem tendo um destaque crescente na cena da música popular brasileira, sobretudo após o lançamento do aclamado álbum ao lado de Caetano Veloso, em 2020. Juntos, esses artistas apresentam um show em tributo ao já saudoso mestre João Donato.

Fechando a edição de setembro, o curador do projeto Eric Assmar recebe em Salvador o pianista, cantor e compositor paulistano Adriano Grineberg, um dos principais nomes do blues brasileiro na atualidade, para apresentar um show em tributo ao eterno mestre Ray Charles. Nome frequente nos palcos dos principais festivais de jazz e blues do país, Adriano tem uma larga experiência profissional acumulada, com atuações ao lado de grandes mestres do blues e promete trazer momentos de muita alegria para o público do Oxe É Jazz, em uma apresentação inédita ao lado de Eric Assmar e sua banda.

Agenda
Oxe É Jazz volta em Setembro 2023
Curadoria de Eric Assmar
Dias:  15 e 16 de Agosto(sexta-feira e sábado)
Horário: a partir das 18h
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Arthur de Azevedo Machado,  Costa Azul -CEP 41760-000
Aberto ao Público

oxe é jazz agosto Foto de AgenciaSidneyFlorencio

No Mês Internacional do Blues evento traz Talkin’ Blues, Lia Chaves, Eric Assmar, Paulo Mutti, Ana Paula Albuquerque, Mateus Aleluia Filho e Gerônimo Santana

Nesta sexta-feira (25) e sábado (26) o Oxe É Jazz vai celebrar o Mês Internacional do Blues. O evento que acontece no Parque Costa Azul um vez por mês, a partir das 18h, contará com nomes como Talkin’ Blues, Lia Chaves, Salvador Blues Jam com Eric Assmar, Paulo Mutti, Ana Paula Albuquerque, Mateus Aleluia Filho e Gerônimo Santana. O evento é uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

projeto começa com o show do grupo Talkin’ Blues. Uma das pioneiras do blues na Bahia, a banda marcou época no cenário de Salvador nos anos 1990, tendo lançado o álbum “Tua Face” (1995). Após uma longa pausa, em 2023 o grupo se reuniu novamente e irá trazer ao palco a “blues woman” Lia Chaves, cantora também de grande destaque no cenário do blues no estado.

Fechando a noite da sexta, o Oxe É Jazz apresenta uma homenagem ao blues, gênero musical tão querido pelo público baiano. O curador do projeto Eric Assmar reúne artistas da cena de Salvador para uma grande Jam session, O show promete ser em clima de confraternização, regado a muitas improvisações musicais, com a presença de grandes nomes do cenário do blues soteropolitano.

Dando início à programação do sábado, o guitarrista, compositor e produtor musical Paulo Mutti. Grande nome da guitarra jazz na cidade, tocou por muitos anos na banda base do projeto Jam no Mam e tem em seu currículo atuações ao lado de grandes nomes da música brasileira. Atualmente radicado no Rio de Janeiro, vem a Salvador para fazer no Oxe É Jazz o show inédito de lançamento de seu novo álbum, “Reminiscências”, acompanhado por uma banda de músicos de primeira do cenário do jazz na Bahia.

Para fechar a edição de agosto, sobe ao palco a cantora e compositora Ana Paula Albuquerque, que traz como convidado o trompetista, cantor e compositor baiano Mateus Aleluia Filho. Ana é uma cantora de larga experiência, que acumula diversos prêmios na bagagem e já atuou ao lado de grandes nomes da MPB e da música instrumental brasileira. A artista apresenta o show “Afro Jazz”, acompanhada por um time de excelentes instrumentistas, além do convidado Mateus Aleluia Filho. A apresentação traz, ainda, a participação especial de Gerônimo Santana, grande ícone da música baiana.

Agenda
Oxe É Jazz volta em Agosto 2023
Curadoria de Eric Assmar
Dias:  25 e 26 de Agosto(sexta-feira e sábado)
Horário: a partir das 18h
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Arthur de Azevedo Machado,  Costa Azul -CEP 41760-000
Aberto ao Público

Curador do Projeto Eric Assmar Foto Divulgação

Evento acontece nos dias 28 e 29 no Parque Costa Azul

Oxe é Jazz está de volta ao Parque Costa Azul. Nesta edição, que acontece nos dias 28 e 29 de julho, duas atrações internacionais: Jenn Jade Quartet (EUA) e Zakia Mounira (FRA). Maestro Luciano Calazans e Eric Assmar com Armandinho completam a grade do projeto que começa às 18h. O evento é uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

A cantora e compositora nova-iorquina Jenn Jade Ledesna abre a programação. Natural do Bronx, Jenn se formou na New School Jazz Conservatory e LaGuardia Arts e foi finalista do Montreux Jazz Voice. A artista já esteve em grandes festivais e palcos do mundo, a exemplo do lendário Carnegie Hall. Jenn Jade estará de passagem por Salvador e será acompanhada por renomados músicos do cenário soteropolitano.

Para fechar a noite na sexta, o Oxe, como é carinhosamente chamado, recebe o contrabaixista, compositor e arranjador baiano maestro Luciano Calazans. Nome de grande destaque no cenário musical baiano é uma referência da música instrumental e tem um vasto currículo de trabalhos ao lado de grandes nomes da música brasileira e mundial. Como artista solo, já lançou o álbum “Contrabaixo Astral”. Na apresentação, toda capacidade expressiva desse artista que une jazz, funk, além de diversas vertentes da música brasileira.

sábado a noite começa com a cantora francesa Zakia Mounira, que se apresenta ao lado de Caio Ferreira (teclados), Felipe Pires (baixo) e Ludovic Guivarch (bateria), músicos que vêm se destacando na cena atual da música instrumental baiana. Para essa apresentação, Zakia Mounira irá interpretar standards do jazz e clássicos franceses, unindo os mundos do jazz e do canto lírico, que são sua especialidade.

Encerrando a programação de julho do Oxe É Jazz, o guitarrista, cantor, compositor curador do projeto Eric Assmar apresenta um show inédito, em que traz como convidado o renomado guitarrista Armandinho. Amplamente reconhecido como um dos principais guitarristas do Brasil e uma referência mundial no instrumento, Armandinho é um grande nome da música popular e instrumental brasileira. O artista se juntará a Eric Assmar, trazendo o toque mágico da sua guitarra baiana para uma apresentação que irá mesclar blues, jazz, rock e frevo.

Agenda
Oxe É Jazz volta em Junho 2023
Curadoria de Eric Assmar
Dias:  28 e 29 de julho(sexta-feira e sábado)
Horário: a partir das 18h
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Arthur de Azevedo Machado,  Costa Azul -CEP 41760-000
Aberto ao Público

Oxe é Jazz Fotos Sidney Florêncio

Mou Brasil Quarteto, Eric Assmar, Adelmo Casé, Geleia Solar, Reinaldo Boaventura, Ângela Velloso, Alissa Sanders e Graham Haynes estarão no local

boa música está de volta ao Parque Costa Azul. O Oxe é Jazz está de volta neste final de semana. Na sexta-feira subirá ao palco Mou Brasil Quarteto que contará com a participação de Reinaldo Boaventura e Eric Assmar que depois de Clariana, convida Adelmo Casé. No sábado tem Geleia Solar com Ângela Velloso e as internacionais  Alissa Sanders e Graham Haynes.

Para abrir a edição de maio, o projeto traz o veterano guitarrista e compositor Mou Brasil, com o seu Mou Brasil Quarteto”. Com uma vasta experiência em palcos internacionais, Mou é uma das principais referências do jazz na Bahia e um dos principais guitarristas do gênero no Brasil. O músico apresenta no palco o show do seu álbum solo “Farol”, trazendo o percussionista Reinaldo Boaventura como seu convidado.

Encerrando a noite de abertura, o guitarrista, cantor e curador do projeto Eric Assmar realiza um show inédito, em que recebe como convidado o multi-instrumentista, cantor e compositor baiano Adelmo Casé. Juntos, Eric e Adelmo irão visitar clássicos do funk, soul e blues.

A noite de sábado começa com a apresentação da Geleia Solar, banda base da Jam no Mam. Liderada pelo baterista e produtor Ivan Huol, a atração reúne músicos de grande experiência no cenário musical baiano e traz a participação especial da jovem cantora e compositora baiana Ângela Velloso.

Para fechar a edição de maio, o palco do Oxe É Jazz recebe a cantora e compositora californiana Alissa Sanders. Radicada no Brasil, Alissa tem uma larga experiência musical e já esteve em palcos de grandes cidades, como Los Angeles, Tel-Aviv e São Paulo. A artista apresenta um show que visita standards do jazz, mesclados a ritmos africanos e brasileiros. Para essa noite, Alissa trará o trompetista nova-iorquino Graham Haynes, músico que já esteve em importantes palcos pelo mundo, filho do lendário baterista Roy Haynes.

O evento é uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.  O Oxe é Jazz já passou por diferentes praças, a exemplo de Itacaré, Lauro de Freitas, Lençóis e Salvador. O projeto musical itinerante visa propagar o ritmo pela Bahia. Na primeira edição de 2023 lotou o parque com atrações como o curador Eric Assmar, IFÁ, Clariana, Bahia Soul, Denise Correia, Kal Rebello e Restgate Blues.

Agenda
Oxe é Jazz volta ao Parque Costa Azul
Curadoria de Eric Assmar
Dias:  12 e 13 de maio(sexta-feira e sabado)
Horário: a partir das 18h
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Arthur de Azevedo Machado,  Costa Azul -CEP 41760-000
Aberto ao Público

CuradorEricAssmar Divulgacao por UandersonBrittes

Evento que aconteceria no sábado, dia 5, e no domingo, dia 6, no Parque Costa Azul, foi adiado diante da previsão climática_

edição Oxe é Jazz deste final de foi adiada para os dias 19 e 20 de novembro. Sucesso com o público, o evento aconteceria  nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo), mas diante da previsão de fortes chuvas e sendo realizado em espaço aberto no Parque Costa Azul, a produção revolveu mudar a data. 

O evento que conta com atrações nacionais e internacionais tem a curadoria de Eric Assmar e o apoio do Estado da Bahia.

Diversas atrações animaram o final de semana na segunda edição do projeto

Com a curadoria de Eric Assmar segunda edição do Oxe, É Jazz movimentou o Parque Costa Azul nos dias 17 e 18 de setembro. O evento é uma realização da Mais Ações Integradas com apoio do Estado da Bahia.

o sábado começou ao som do saxofonista Remo Bianco, que substituiu o trompetista baiano Joatan Nascimento que testou positivo para Covid. Na apresentação, Bianco trouxe sua experiencia dos projetos Jazz na Avenida e a Jam no MAM.

Fechando a noite de sábado, a Banda Terráquea liderada pelo guitarrista, cantor e compositor norte-americano Lon Bové trouxe ao  palco vertentes da música derivada da Diáspora Africana, com blues, jazz, soul, funk e R&B, em um show dançante e envolvente. 

domingo foi aberto pela  multi-instrumentista, cantora e compositora Candice Fiais. Expoente de destaque na cena do blues em Salvador apresentou sucessos autorais e releituras de clássicos do soul, blues, folk e pop.

O curador do projeto esteve no palco da última atração deste final de semana. Gustavo Andrade (MG) & Jefferson Gonçalves (RJ) fizeram um inesquecível show com Eric Assmar. Atrações de destaque na cena do blues nacional, o guitarrista, cantor e compositor mineiro Gustavo Andrade e o veterano gaitista e compositor carioca Jefferson Gonçalves têm uma parceria que já circulou pelos principais festivais do Brasil. Na primeira vez em Salvador, nem a chuva desanimou quem esteve presente. 

FOTO DIVULGAÇÃO

Lençóis é o próximo destino do Oxe é Jazz
Depois do sucesso em Itacaré é Lauro de Freitas evento parte para Chapada Diamantina nos dias 6 e 7 de maio

Oxe é Jazz Lençóis FOTO DIVULGAÇÃO: @sidneiflorenciooficial 

Uma das cidades mais bonitas da Bahia contará no próximo final de semana com um evento dedicado ao Jazz. Nos dias 6 e 7 de maio, Lençóis recebe o Oxe, é Jazz, evento itinerante que já passou por Itacaré e Lauro de Freitas.

A partir das 19h, a terceira edição do evento levará nomes relevantes do ritmo na Bahia com a curadoria de Eric Assmar. O evento é aberto ao público sendo uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

A primeira edição do Oxe, é Jazz aconteceu em Itacaré, atraiu mais de 1500 pessoas, entre moradores e turistas que visitavam a cidade, em Lauro de Freitas não foi diferente. Entre os dias 29 e 30 de abril, a cidade metropolitana recebeu Edoux e Banda Panteras Negras (sábado) e Alexandre Montenegro trio e Baco de Jazz (domingo).

Oxe, é Jazz – O Jazz surgiu no Sul dos Estados Unidos e mistura vários ritmos afro-americanos. No estado que tem a capital com mais negros fora da África, acontece o evento que visa propagar o ritmo em diferentes partes da Bahia. O evento terá noites inspiradas em nomes como Louis Armstrong, Billie Holiday e Miles Davis. O evento acontece nos meses de abril e maio, em um final de semana por mês, a primeira edição aconteceu em Itacaré.

Sobre o jazz – O ritmo surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans. Marcado pela improvisação, o swing e os ritmos não lineares, em suas raízes na música negra americana. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros. Com o passar dos anos, muitos sub-gêneros surgiram dessa mesma raiz. São estilos de jazz Swing e Big bands, Bebop e Hard bop, Cool jazz e Soul jazz, Free jazz, Fusion jazz e o latino.

Eric Assmar – Vencedor do Prêmio Caymmi de Música como “Melhor Instrumentista” (2015), o guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar é um dos principais nomes da nova safra de artistas de blues e rock do Brasil e tem três álbuns solo lançados: “Eric Assmar Trio” (2012), “Morning” (2016) e “Home” (2022). Como músico realizou uma série de shows em festivais, como o SXSW (Austin/Texas, Estados Unidos, 2009), VI Festival de Blues de Londrina (Londrina/PR, 2016), além de apresentações no circuito de casas de blues em grandes cidades do exterior, como Nova Iorque, Toronto e Londres. Para além de sua atuação como músico, também é pesquisador, professor de guitarra blues, Doutor em Música (PPGMUS/UFBA) e Mestre em Etnomusicologia, pela mesma instituição.

Agenda
Lençóis é o próximo destino do Oxe é Jazz
Quando:  6 e 7 de maio (sexta-feira e sábado)
Horário: 18 horas
Onde: Praça Horacio de Matos – Lencóis-Ba
Aberto ao público

FOTO DIVULGAÇÃO:  @sidneiflorenciooficial

Oxe é Jazz segue para Lauro de Freitas
Evento Itinerante de Jazz celebra o dia do ritmo nos dias 29 e 30 de abril

 

dia Internacional do Jazz é celebrado 30 de abril. Criada pelo Unesco a data será comemorada na Bahia nos dias 29 e 30 em Lauro de Freitas, a partir das 19h. Está é a segunda edição o Oxé, é Jazz que receberá nomes relevantes do estado com a curadoria de Eric Assmar. O evento é aberto ao público sendo uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

O dia do Jazz nasceu em 2012 com o objetivo lembrar a importância do género musical e sua contribuição na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história. O ritmo tem associação com a Bahia já que na sua história lutou pela liberdade e à abolição da escravatura. A primeira edição do Oxe, é Jazz aconteceu em Itacaré, atraiu mais de 1500 pessoas, entre moradores e turistas que visitavam a cidade.

Oxe, é Jazz – O Jazz surgiu no Sul dos Estados Unidos e mistura vários ritmos afro-americanos. No estado que tem a capital com mais negros fora da África, acontece o evento que visa propagar o ritmo em diferentes partes da Bahia. O evento terá noites inspiradas em nomes como Louis Armstrong, Billie Holiday e Miles Davis. O evento acontece nos meses de abril e maio, em um final de semana por mês, a primeira edição aconteceu em Itacaré.

Sobre o jazz – O ritmo surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans. Marcado pela improvisação, o swing e os ritmos não lineares, em suas raízes na música negra americana. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros. Com o passar dos anos, muitos sub-gêneros surgiram dessa mesma raiz. São estilos de jazz Swing e Big bands, Bebop e Hard bop, Cool jazz e Soul jazz, Free jazz, Fusion jazz e o latino.

Eric Assmar – Vencedor do Prêmio Caymmi de Música como “Melhor Instrumentista” (2015), o guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar é um dos principais nomes da nova safra de artistas de blues e rock do Brasil e tem três álbuns solo lançados: “Eric Assmar Trio” (2012), “Morning” (2016) e “Home” (2022). Como músico realizou uma série de shows em festivais, como o SXSW (Austin/Texas, Estados Unidos, 2009), VI Festival de Blues de Londrina (Londrina/PR, 2016), além de apresentações no circuito de casas de blues em grandes cidades do exterior, como Nova Iorque, Toronto e Londres. Para além de sua atuação como músico, também é pesquisador, professor de guitarra blues, Doutor em Música (PPGMUS/UFBA) e Mestre em Etnomusicologia, pela mesma instituição.

Agenda
Segunda edição do Oxe, é Jazz
Quando:  29 e 30 de Abril (sexta-feira e sábado)
Horário: 19 horas
Onde: Vilas do Atlântico – Lauro de Freitas
Aberto ao público

FOTO DIVULGAÇÃO: @danphotos_oficial


SA Agência Digital