terça-feira, 31 janeiro 2023
Jade Showroom
Tags Posts tagged with "cinema"

cinema

Um híbrido de cinema, experimentações e muita arte é que propõe o encontro promovido pelos curadores do Otratierra, Ativa Atelier Livre e Sítio Cores Vivas.

Durante os dias 23 e 31 de julho, as cidades de Salvador e Santo Amaro da Purificação no Recôncavo Baiano, abrirão os seus portais para encontros transformadores.

Na programação exibição de filme, roda de conversas, oficinas, trocas corporais e muitas interações com direito a residência artística para criar e refletir sobre os movimentos dos corpos e cinema na zona rural.

Confira a programação e locais onde tudo acontecerá, mais informações no SITE e no Instagram @ativa_atelier_livre

📌 23/7-10h: Oficina-laboratório: “Corpo-cartografías: trajetórias, identidades, violências e tecnopoéticas para sanar” em Ativa Atelier Livre (Salvador) com Eva Prado (Arg)

📌 23/7-16h: “O q ki é uma videoarte feminista?: exibição e debate em Sala Walter da Silveira (Salvador)

📌 24-27/7- Práticas Híbridas: residência de criação em coreocinema no Sítio Cores Vivas (Santo Amaro)
4 dias na roça de experimentação e criação para explorar as relações entre coreografia de movimento e audiovisual, sistemas agroflorestais e ocupação rural, paisagens naturais e sonoras, ativismos poéticos e feminismos.

Com Eva Prado (Arg), Ximena Monroy (Mex), Nirlyn Seijas (VZL/BA) -foto, Larissa Leão (BA) e Thiago Castro (BA).

📌 30/7-14h – Lab_Intensivo em CoreoCinema em Ativa Atelier Livre (Salvador) com Ximena Monroy (Mex)

Celebrando o mês da consciência negra, o Teatro Vila Velha e o VIVADANÇA Festival Internacional com patrocínio do Consulado Geral da França de Recife, e parceria de dois centros culturais do Nordeste (Centro Cultural Vale Maranhão – MA e Teatro do Parque – PE) realizam uma ação coletiva inédita no Brasil com programação especial no canal do YouTube do Vila (www.youtube.com/teatrovilavelha) e no Youtube do Centro Cultural Vale Maranhão (youtube.com/centroculturalvalemaranhao).

No dia 11/11, às 19h, acontece a estreia gratuita do documentário “O Chamado da Dança no Senegal” (L’Appel à la Danse au Sénégal) da artista francesa Diane Fardoun, a obra ficará disponível nos dois canais até às 23h59 do dia 13/11. Com o intuito de enriquecer as discussões com temáticas relacionadas à dança, audiovisual e negritude, a artista participa de um encontro virtual em 20 de novembro, dia da consciência negra, às 10h, também de forma gratuita, no Zoom do Teatro Vila Velha.

Para participar do encontro é necessário realizar inscrição através do formulário divulgado nas redes sociais e site do Teatro Vila Velha. As inscrições ficam abertas até 00h do dia 14 de novembro. Acesse o formulário de inscrição no SITE.

O encontro é voltado para artistas, bailarinos, cineastas, pesquisadores das questões raciais, militantes da causa negra, e para todos que se interessem pelos assuntos que o documentário atravessa, qualquer pessoa pode participar. O intuito é refletir sobre as temáticas relacionadas ao processo de realização do documentário e das reflexões provocadas a partir dele, passando por temas como ancestralidade e a busca de um olhar social positivo sobre os países africanos. O objetivo é promover um espaço de troca entre a artista e os espectadores, onde podem tirar dúvidas e compartilhar suas perspectivas sobre a obra. Na ocasião, Diane também dará dicas de como conceber uma obra audiovisual pautada na dança.

L’Appel à la Danse au Sénégal é um documentário criativo que oferece retratos íntimos de indivíduos que nos dizem porque dançam. Através de uma sucessão de histórias, o documentário pretende captar a beleza dos movimentos dançados no coração da ação, com o intuito de revelar o momento em que a consciência dá lugar ao instinto, identidade, reivindicações, tradições e fuga. Na obra, Diane registra a preciosidade da cultura do Senegal e exibe expressões culturais como as batalhas de Krump que acontecem no centro de Dakar, à beira do oceano, além de lutas livres e cerimônias de iniciação em aldeias senegalesas.

A iniciativa busca também abrir novos caminhos para pensar o encontro entre a dança e o audiovisual, um movimento cada vez mais frequente e forte em todo o globo, motivado principalmente pela reinvenção que a cultura precisou fazer nos últimos dois anos por conta da pandemia.

Além disso, o projeto abre as portas das instituições culturais do nordeste para o mundo, ao promover a tradução de um documentário em francês para o português, permitindo que os países lusófonos tenham acesso a outros olhares e narrativas que envolvem a dança e a produção cinematográfica, bem como reforça as pontes entre o Brasil e o continente africano, resgatando e valorizando as expressões artísticas ancestrais que moldaram a cultura brasileira e que são, sobretudo, ferramentas de resistência do povo preto.

SOBRE DIANE

Fundadora do selo de produção SCREENSKIN, sua intenção é mesclar as artes, ou formas de expressão, por meio da Dança, que está no coração de seu universo. Formada em Paris por Corinne Lanselle em dança contemporânea, Diane começou sua carreira como dançarina na companhia de Abou Lagraa, La Baraka. Diane também se apresenta em Danse aérienne, espetáculo dirigido pela coreógrafa Tanya Lazebnik. Paralelamente ao seu trabalho como performer, está empenhada em fazer as suas próprias criações. Dirigindo e encenando videoclipes e sessões de fotos.No documentário L’appel à la Danse se tornou uma das suas obras mais emblemáticas ao reunir as suas três grandes paixões, a dança, o encontro das artes com as culturas ancestrais e do mundo moderno.

SERVIÇO

EXIBIÇÃO DO DOCUMENTÁRIO “O CHAMADO DA DANÇA NO SENEGAL”

11, 12 E 13/11

19H

YOUTUBE DO VILA E YOUTUBE DO CENTRO CULTURAL VALE MARANHÃO youtube.com.br/teatrovilavelha | youtube.com/centroculturalvalemaranhao

GRATUITO

ENCONTRO COM A ARTISTA DIANE FARDOUN

20/11

10H

ZOOM – TEATRO VILA VELHA

INSCRIÇÃO GRATUITA

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

Tudo sempre acaba em PI.ZZA!

Na semana passada, o chef Ricardo Silva recebeu, no seu novo bar e restaurante PI.ZZA – recém inaugurado no Rio Vermelho – atores e convidados da pré-estreia do longa SIMONAL – O FILME.  Após a sessão no UCI Orient Bahia, o promoter Uran Rodrigues levou a turma para o local, onde curtiram uma noite animada ao som do DJ Raiz. Entre os presentes, o filho de Wilson Simonal, Max de Castro, o ator Fabrício Boliveira, o diretor Leonardo Domingues e a produtora Nathalie Felippe. E mais, a cantora e atriz, Larissa Luz , as atrizes Tania Toko e Analu Tavares,  a cantora Claudia Cunha,  a ex-Miss Bahia, Priscila Santiago e Loo Nascimento, a influencer @neyzona.

SIMONAL – O FILME entra em cartaz na rede UCI ORIENT a partir do dia 8 de agosto.

O PI.ZZA fica na Rua da Paciência, 295, na orla do Rio Vermelho e funciona dias de quarta e quinta, das 19h às 02h, sexta e sábado, das 19h às 02h e domingo, das 19h às 22h

Confiram as fotos na galeria:

Tim Maia Filme
O protagonista Babu Santana chegou a engordar cerca de 25kgs para dar vida ao cantor.

Mais um filme nacional promete emocionar o público. Depois do sucesso com o musical “Vale Tudo”, que colocou o ator e cantor Tiago Abravanel, neto de Sílvio Santos, no estrelato, a vida e obra de Tim Maia ganha as telonas no próximo mês. “Tim Maia”, dirigido por Mauro Lima (de “Meu Nome Não É Johnny”), a cinebiografia do polêmico cantor brasileiro morto em 1998, tem previsão de estreia nos cinemas no dia 30 de outubro.

Assim como o musical, o filme também é baseado no livro “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia”, escrito por Nelson Motta. Os atores Babu Santana (Cidade de Deus) e Róbson Nunes vivem em fases diferentes do cantor. Santana chegou a engordar cerca de 25kgs para viver Tim na fase áurea. Completam o elenco os atores Alinne Moraes e Cauâ Reymond.


SA Agência Digital