sexta-feira, 28 janeiro 2022
Tags Posts tagged with "Casa Pia de São Joaquim"

Casa Pia de São Joaquim

A Casa Pia de São Joaquim será passarela fashion por um dia nesta sexta-feira, 26 de novembro, às 16h, quando o projeto social Focus apresenta para convidados o Movimento Ewá, um desfile voltado para Moda Afro, conceito, tendência e criatividade. Cerca de 30 modelos formados pelo projeto desfilarão em um dos corredores da instituição, celebrando um ano de ocupação na Sede Focus, um casarão tombado de propriedade da Casa Pia, cedido para o projeto, que atua com cerca de 140 jovens.

O desfile, dirigido por Jonas Bueno, Coordenador Geral da iniciativa, apresentará peças criadas pelos alunos. Um bazar com itens também criados por eles será montado no local, dando mais visibilidade ao projeto, que atualmente está abrigado pela Casa Pia na Rua do Carmo, nº 24, no casarão pertencente ao patrimônio da Instituição Filantrópica.

O desfile será apenas para convidados, com exigência do uso de máscaras e sem bilheteria.

Maior campanha contra a fome da América Latina, o Natal Sem Fome, realização da Ação da Cidadania, contará com a Casa Pia de São Joaquim como um dos postos de arrecadação de doações em Salvador em 2021. A inauguração do ponto de coleta será às 9h30 do dia 3 de novembro (quarta-feira), data em que se celebra o nascimento do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, fundador da campanha.

Na ocasião, estarão presentes, além da provedora da instituição, Maria Amélia Tourinho; o Diretor Geral da Casa Pia, João Gomes; e Raimundo Bandeira, representante regional do Ação da Cidadania. Juntos, assinarão o termo de parceria entre as partes.

“A essência da Casa Pia está no cerne de ações sociais e de filantropia como a do Natal Sem Fome. Nossa localização estratégica possibilitará que a população da Cidade Baixa, do entorno da Península de Itapagipe e do Subúrbio Ferroviário, possa colaborar ainda mais”, destaca João Gomes, Diretor Geral da instituição.

Natal Sem Fome é uma das maiores mobilizações solidárias da sociedade civil, iniciada em 1994. Estima-se que mais de 30 milhões de brasileiros já tenham sido alcançados em todo o país. A ideia é que até o final da campanha, no dia 23 de dezembro, a Casa Pia ainda receba duas edições de um Drive Thru solidário. As doações de alimentos não perecíveis poderão ser feitas de segunda a sexta, das 9h às 16h.

Um dos belos salões de eventos da Casa Pia de São Joaquim se transformará em Studio de Yoga no dia 6 de novembro ao receber, pela primeira vez, uma T&F Experience, programação de experiências esportivas de bem-estar promovida pela Track & Field.

As professoras Thaís Khoury, Bruna Rabelo e Victoria Goulart, referências na prática de Yoga, ministrarão as aulas (7h30, 8h30 e 9h30), voltadas para praticantes dos mais diferentes níveis de contato com a atividade. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo app TFSports.

Com mais essa ação, a Casa Pia se firma como espaço dos mais diferentes formatos de eventos, retomando a tradição das décadas de 80 e 90, quando tinha uma agenda disputada para a realização de eventos sociais, como casamentos e formaturas.

Com mais de 200 anos de história, a instituição vê na retomada da agenda de eventos sociais, culturais, acadêmicos e corporativos mais uma fonte de arrecadação para a manutenção de suas atividades filantrópicas. Contatos: casapiaeventos@gmail.com e (71) 99924-1594.

Desde 2012 sem abrigar eventos, a Casa Pia de São Joaquim se prepara para receber os primeiros casamentos a partir de outubro, acompanhando as medidas de flexibilização na Bahia. A entidade filantrópica fundada em 1799, já tem programadas várias cerimônias, retomando a tradição das décadas de 80 e 90, quando tinha uma agenda disputada para a realização de eventos sociais.

A agenda de 2021 e 2022 conta com vários eventos já confirmados: casamentos, festa de aniversário, batizados, festa de debutante, eventos corporativos e alguns projetos culturais em fase de negociação.

São diversas as opções de locação, a depender do público e formato do evento. No térreo, a Casa Pia de São Joaquim conta com Capela e Átrio (área externa), além de toda infraestrutura necessária para atender aos eventos. No primeiro pavimento, o casarão tombado conta com diversos salões, salas e até mesmo um auditório com capacidade para 177 pessoas.

Com mais de 200 anos de história, a Casa Pia de São Joaquim vê na retomada dos eventos sociais, culturais, acadêmicos e corporativos mais uma fonte de arrecadação para a manutenção de suas atividades filantrópicas. Para mais informações, o público pode entrar em contato pelo casapiaeventos@gmail.com e (71) 99924-1594.

Celebrando a chegada da Primavera, a Casa Pia de São Joaquim plantará 300 mudas de espécies de Mata Atlântica até o final desta semana, começando nesta terça-feira, 21 de setembro, Dia da Árvore. Entre as espécies, que chegam a superar 2,5 metros de altura, estão Ipês, Jacarandá e Pau Brasil, que formarão um corredor verde que beneficiará toda a cidade. O plantio é fruto de uma parceria entre o Tecon (Terminal de Contêineres de Salvador), SECIS (Secretaria de Sustentabilidade) e a gestão da Casa Pia.

“O início da Primavera é muito oportuno para o plantio dessas mudas, que formarão um corredor verde no terreno que estava sem uso e até degradado. Esse espaço se somará a um campo de futebol de areia para a comunidade do entorno e ao Pavilhão de Aulas da Eco Escola, que abrigará atividades para nossos alunos já em 2022. A ideia é que 200 crianças de 2 a 5 anos, matriculadas nas nossas turmas, passem a ter aulas com o conteúdo agregado da educação ambiental e acesso ao ar livre e ao ambiente natural. Buscamos cada vez mais aderência aos princípios de Sustentabilidade”, explica João Gomes, Diretor Geral da Casa Pia, instituição de ensino gratuita e em período integral.

A área verde cultivada também será de grande contribuição para a comunidade do entorno, que terá o agradável prazer da sombra, numa área onde o sol é poente. Com isso, será garantido maior conforto térmico para os moradores, além da área verde para atividades de lazer. 

Maria Amélia e João Gomes (Fotos: Victor Mascarenhas)

O plantio acontecerá até o sábado, 25 de setembro. Nesta terça (21), alguns convidados somaram forças na iniciativa, como Maria Amélia Tourinho (acima), Provedora da Casa Pia e o Diretor Geral, João Gomes. Estiveram presentes ainda representantes do Conselho de Administração; professores, alguns pais e alunos e representantes da comunidade do entorno.

A Casa Pia de São Joaquim, exercendo e ampliando seu trabalho filantrópico e de assistência social, passa a abrigar e apoiar o projeto social Focus Model Produções, atuante na periferia de Salvador há 6 anos. O projeto foi acolhido na Rua do Carmo, nº 24, em um belo casarão pertencente ao patrimônio da Instituição Filantrópica, que será inaugurado oficialmente no dia 14 de agosto, com desfile especial, às 16h.

Com amplo espaço aberto e vista para o mar da Bahia de Todos os Santos, o novo espaço da Sede Focus será apresentado à sociedade com o I’m Afro Fashion, uma das apostas voltadas para a Moda Afro, seus conceitos e tendências. Num desfile, os modelos exibirão charme, elegância e atitude consciente para o público, que será restrito. Respeitando todas as normas sanitárias vigentes, os convidados poderão apreciar, além da moda, outras linguagens artísticas, como teatro, dança e poesia.

“O projeto é uma estratégia de inclusão, protagonismo e autoestima por meio da moda, teatro (do oprimido), dança, música, artes plásticas, escrita, costura e silk scream”, resume o Coordenador Geral, Jonas Bueno (foto abaixo), revelado ao mundo da moda como modelo no projeto Afro Fashion Day, do jornal Correio*. Através dele, muitos jovens em situação de alta vulnerabilidade social retomaram os estudos e até ingressaram na Universidade.

O objetivo da Focus é qualificar e potencializar as pessoas a desenvolverem suas capacidades livres de preconceitos num ambiente diferenciado, despertando as aptidões especiais para os desafios, seja no sistema de aprendizagem formal, no mercado do trabalho ou no empreendedorismo na cidade de Salvador. Ao longo dos anos, estima-se que já passaram pela Focus cerca de 1.200 pessoas, nas sedes que o projeto manteve em 2015, no Forte do Barbalho; em 2016, no Centro Cultural de Plataforma; e em 2017, no Espaço Subúrbio 360.

FOCUS EM 2021 – Em 2021, são 100 alunos com as atividades entre presenciais e virtuais. Os beneficiários do projeto são, em sua grande maioria, jovens entre 16 e 29 anos, majoritariamente negros, de baixa renda e com escolaridade variável. As inscrições são gratuitas e analisadas pela coordenação do projeto. Mais informações: (71) 99351-0397 (Jonas Bueno).

ATIVIDADES – Entre as atividades propostas pela Focus está a formação de modelos profissionais, que envolve qualificação integral da autoestima, aceitação, respeito pelos direitos humanos e reconhecimento do potencial individual e coletivo. Assim, além das aulas de Moda, Dança, Teatro, Costura e Silk, são realizadas ações que envolvem a formação de “modelos intérpretes”, com a prática da arte cênica, dança, capoeira e desfiles.

Palestras voltadas para temas como Direitos Humanos, Cidadania, Cultura e Diversidade, Relações Interpessoais e Cultura Negra também fazem parte da programação. Para isso, a Focus conta com parcerias de outras ONGs, como o GAPA Bahia e Motirô Bahia.

Dom Sergio da Rocha celebra missa (Foto: @allandelrei)

A Casa Pia de São Joaquim, na Avenida Jequitaia, realizou Missa Solene na capela de São Joaquim nesta segunda-feira (26), antes de apresentar aos convidados 3 códices (livros) antigos do seu acervo, que foram restaurados. A missa foi celebrada pelo Cardeal Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil Dom Sergio da Rocha, auxiliado pelo Padres Manoel de Oliveira Filho e Thadeu Xavier, e homenageou, além de São Joaquim, avós e idosos.

Para quem não sabe, São Joaquim foi o pai da Virgem Maria e, portanto, avô de Jesus. Este ano, o Papa Francisco fixou o Dia dos Avós e dos Idosos no calendário da Igreja Católica no quarto domingo de julho, que seria dia 25. Por conta disso, a Missa Solene foi uma celebração conjunta das duas datas.

ACERVO – Como parte da constante intenção de resgatar e valorizar sua história, a Casa Pia, Patrimônio Material do Brasil, aproveitou a ocasião para receber 3 códices (manuscritos encadernados), referentes aos anos de 1826, 1869 e 1885, pertencentes ao acervo histórico da instituição. Eles foram restaurados pela Professora Dra. Vanilda Salignac Mazzoni, através do Projeto de Lei Aldir Blanc e representam o patrimônio documental e remontam à história de um dos primeiros espaços brasileiros a se dedicar à proteção de crianças em situação de risco.

A ideia é que, assim como seis quadros de relevância histórica e estética, pertencentes ao seu acervo e recentemente recuperados, os livros também sejam apresentados à sociedade em breve, quando o equipamento puder receber o público.

Livro de Atas Casa Pia (Foto: Arisson Marinho/Correio)

A Casa Pia de São Joaquim, na Avenida Jequitaia, realiza Missa Solene na capela de São Joaquim no próximo dia 26 de julho (segunda-feira), às 10h, para convidados. A missa será celebrada pelo Cardeal Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil Dom Sergio da Rocha, auxiliado pelo Padres Manoel de Oliveira Filho e Thadeu Xavier. A solenidade, além de marcar o Dia de São Joaquim, homenageará os avós e idosos.

Para quem não sabe, São Joaquim foi o pai da Virgem Maria e, portanto, avô de Jesus. Este ano, o Papa Francisco fixou o Dia dos Avós e dos Idosos no calendário da Igreja Católica no quarto domingo de julho, que seria dia 25. Por conta disso, a Missa Solene fará uma celebração conjunta das duas datas.

Como parte da constante intenção de resgatar e valorizar sua história, a Casa Pia, Patrimônio Material do Brasil, aproveitará a ocasião para receber 3 códices (livros) antigos do seu acervo, que foram restaurados pela Professora Dra. Vanilda Salignac Mazzoni, através do Projeto de Lei Aldir Blanc. O Livro das Atas de 1887; o livro de Registro de Saída dos Órfãos, com registros diversos entre 1892 e 1895; e um terceiro livro de registros da Instituição compõem essa importante devolução para a coleção de documentos.

A ideia é que, assim como seis quadros de relevância histórica e estética, pertencentes ao seu acervo e recentemente recuperados, os livros também sejam apresentados à sociedade em breve, quando o casarão puder receber o público.

A Casa Pia de São Joaquim acaba de apresentar uma nova identidade visual, desenvolvida pela Agência Hike. A nova marca reflete a ideia de que o casario, apesar de estruturalmente único, carrega inúmeras possibilidades. Uma delas é a de sediar eventos sociais, como casamentos; culturais, educativos e corporativos, como mais uma fonte de renda para manutenção das atividades filantrópicas.

“A Casa Pia testemunhou muito da História de Salvador, da Bahia e do mundo. Patrimônio Material do Brasil, a instituição vai muito além do seu prédio, que é o guardião de um trabalho filantrópico e social voltado para ajudar no desenvolvimento educativo, social, cultural e econômico de pessoas necessitadas da capital baiana”, resume João Gomes, Diretor-Geral da instituição, que funciona como espaço de educação infantil gratuita de elevada qualidade e ainda abriga em outro prédio projeto de inclusão social para adolescentes e jovens adultos.

É valorizando seu patrimônio, sua história e as atividades e possibilidades oferecidas a alunos e à sociedade que a marca foi criada. “Nosso trabalho foi marcado pelo compromisso em preservar o legado histórico, ao mesmo tempo em que garantíssemos um toque atual e moderno, possibilitando que exista uma marca corporativa e o desdobramento de marcas específicas que enderecem as diferentes frentes de atuação da instituição, seja social, cultural ou ecológica”, explica Guga Ávila, sócio-diretor da Hike.

A marca reforça a função estrutural dos arcos na arquitetura da construção tombada, já que estão presentes em praticamente todos os seus ambientes. Estruturas-base da nova identidade, os arcos surgem simplificados, facilitando a lembrança e servindo de referência visual simples e elegante. A tipografia traz a mesma mistura do moderno com o clássico e atemporal, enquanto a estrutura do casario reforça seu propósito, sua dimensão e sua história.

“A marca institucional e as marcas temáticas traduziram muito bem o nosso objetivo de, além de oferecer educação gratuita de qualidade, estarmos cada vez mais inseridos no roteiro turístico-cultural e na vida social de Salvador”, finaliza João Gomes.

Foto: Luca Castro

Em 2021, as celebrações ao Senhor do Bonfim serão diferentes, inclusive com uma parada especial no trajeto que a imagem peregrina da representação de Jesus Cristo fará entre a Igreja da Vitória e a Basílica do Senhor do Bonfim, nesta quinta (14). Este ano, a imagem em carro aberto fará paradas na Basílica Nossa Senhora da Conceição da Praia, nas Obras Sociais Irmã Dulce e, pela primeira vez, na Igreja de São Joaquim, na Casa Pia de São Joaquim, na Avenida Jequitaia, onde será homenageado.

O imóvel tombado em 1938 foi construído em 1730 pelos Jesuítas e fundado como entidade filantrópica em 1799. O complexo histórico abriga a Igreja de São Joaquim, cuja imagem histórica está fixada no altar. São Joaquim foi pai da Virgem Maria e avô de Jesus Cristo. “Será uma homenagem do avô ao neto, num dia tão especial para o povo baiano”, celebra João Gomes, Diretor Executivo da Casa Pia, que hoje funciona como instituição de ensino.

Sob nova gestão, a instituição reforçará cada vez mais, através de diferentes projetos, sua atuação educacional, social e ambiental voltando a receber eventos sociais, culturais, acadêmicos e corporativos, aspirando a inserção do espaço no roteiro turístico da cidade, contribuindo assim para a manutenção de suas atividades, como acontece há mais de 200 anos.


SA Agência Digital