quarta-feira, 25 maio 2022
Tags Posts tagged with "Alianca Francesa"

Alianca Francesa

A vista para a Baía de Todos os Santos será, sem dúvida, um dos grandes atrativos do Larribistrô, projeto dos empresários Rosa, Romildo, Gabriel e Guilherme Guerra no anexo da Aliança Francesa, na Ladeira da Barra. À frente também dos renomados Larriquerri e Larribar, a família abre as portas do novo estabelecimento nesta quarta-feira (12), em sistema soft opening, oferecendo do café da manhã ao jantar, de segunda a sábado, das 9h às 22h.

Assim como nos tradicionais bistrôs franceses, a proposta do Larribistrô é reunir no mesmo local um café, um bar e uma cozinha autêntica de memória, que irá explorar um cardápio democrático com almoço executivo, programação cultural e a filosofia de sustentabilidade, sem uso de copos e canudos descartáveis e nem água em garrafas plásticas.

O objetivo dos sócios é não apenas manter a clientela dos já bem-sucedidos estabelecimentos, mas conquistar novos públicos, que terão acesso a um espaço revitalizado e que atenderá visitantes e o público que frequenta a associação, seja para os cursos de francês ou para acompanhar sua vasta programação cultural, que inclui o teatro.

“Nossa ideia é manter a qualidade do Larriquerri e Larribar, apresentando diferenciais que atraiam um novo público, como ações sustentáveis, que vão da compostagem à separação do lixo, chegando à horta adubada com os resíduos orgânicos do próprio restaurante. Estamos atentos aos impactos de nosso negócio. Acreditamos que é possível fazer melhores escolhas todo dia dentro da nossa operação”, justifica Gabriel Guerra, que contou com consultoria da Aganju, visando melhores indicadores de impacto.

O clima poético será mais um diferencial que agradará o cliente, que será recebido com um “Chegue mais, mon amour”, slogan do bistrô, misturando português e francês, em homenagem à Aliança Francesa. Frases estão espalhadas pelo espaço, reforçando que, além de cozinha, o espaço é também de afeto e memória, lemas dos sócios. Os textos são de Leana Mattei, desenhados pela artista Bruna Miranda. A valorização da arte vai além e chega às mesas, que contarão com louças da artista plástica Hilda Salomão. Xícaras, pratos, boleiras e cumbucas de cerâmica fazem parte de uma coleção feita especialmente para o Larribistrô.

A inspiração francesa também está presente no projeto de reforma, que leva assinatura do arquiteto Guido Ramos, do escritório GAM Arquitetos. O profissional, que também assinou os projetos do Larriquerri e Larribar, garantiu que todos tivessem personalidades próprias e que a ideia, no anexo da Aliança Francesa, fosse bem diferente. O espaço está dentro de uma propriedade tombada pelo IPHAN, o que exigiu maiores cuidado e respeito à estrutura, que ganhou uma área climatizada.

Os irmãos Gabriel e Guilherme Guerra assumirão em breve um café/bistrô no espaço do antigo Café Terasse, na Aliança Francesa, na Ladeira da Barra. A dupla, que ao lado dos pais comanda os elogiados Larriquerri e Larribar, no Garcia, instalam a novidade ainda neste primeiro semestre, com projeto do escritório GAM Arquitetos.

A proposta será, assim como os bistrôs franceses, reunir no mesmo local um café, um bar e uma cozinha autêntica de memória, que irá explorar um cardápio democrático com almoço executivo com a linda vista da Baía de Todos os Santos. O local será climatizado, respeitando a história do casarão, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Vista do antigo Café Terrasse (Foto: Reprodução/Internet)

Acontece nesta quinta-feira (01), às 18h, o lançamento da exposição “A Vida é Bela” na Aliança Francesa em Salvador, em prol do Hospital da Criança Martagão Gesteira. A ação é uma iniciativa do Rotary E-Club da Bahia Distrito 4550 em parceria com o Centro Cultural da Aliança Francesa e reúne 36 obras inéditas de 32 artistas baianos com curadoria da Professora Dra. Nanci Novais, Diretora da Escola de Belas Artes/UFBA.
Almandrade, Bida, Heloisa Biral, Dalva Campelo, Lya Costa, Vanda Carvalho e muitos nomes das artes plásticas, doaram algumas das suas obras para ajudar o próximo.  “Estamos cumprindo a nossa vocação de ajudar aos que mais precisam através de ações humanitárias para vencer os desafios sociais”, comentou Geracina Aguiar, presidente do Rotary E-Clube da Bahia.
Bida
Bida
Interessados podem adquirir as obras até o dia 20 de dezembro na Aliança Francesa, na Ladeira da Barra. Toda a renda será revertida para o hospital pediátrico. Mais informações pelo telefone: (71) 3336-7599.
SERVIÇO:
O QUE: Exposição “A Vida é Bela”
QUANDO: 01 a 20 de dezembro 2016
HORARIO: Segunda a sexta, das 8h00 às 19h45 e sábado, das 08h30 às 11h30
ONDE: Aliança Francesa de Salvador. Av. Sete de Setembro, 401, Ladeira da Barra, Salvador
INFORMAÇÕES: (71) 3336-7599

A inspiração para as telas e os desenhos em carvão e grafite que compõe a exposição “Charlotte-Mares e Amores”  da artista plástica Charlotte Lisboa foi encontrada nos acordes da canção “Wave” do mestre Tom Jobim.

O que sei é pintar e pintando consigo me expressar e transmitir a beleza, liberdade, vida e bem estar que  tanto os mares como os amores sugerem, sejam calmos ou intensos, eles nos tornam felizes, tranquilos e satisfeitos com a vida em geral” comentou Charlotte ao Site UR.

Charlotte Lisboa
Charlotte Lisboa

Charlotte vive na Florida desde adolescente, onde tem seu Atelier e Galeria de Arte e já expôs em Miami, New York, Itália, Portugal e Paris. Formou-se na Universidade de Miami com um bacharelado em Artes . Após uma temporada em Paris, estudando a Historia da Arte e visitando museus como o do Louvre e o D’Orsay descobriu o seu amor pela arte e seguiu sua carreira acadêmica como artista plástica. Cursou desenho acadêmico e pintura na Art Florida Academy em Miami exercitando-se nas técnicas inspiradas nas obras de mestres, como Velazquez, Degas, Sorolla, Sargeant e Klimt, ganhando segurança, percepção e noções de perspectiva e espaço.

oleo-sobre-tela-divulgacao-d

A mostra “Charlotte-Mares e Amores” tem vernissage às 19h do dia 20 de setembro na Aliança Francesa da Bahia, na Ladeira da Barra,  em Salvador e fica aberta ao público até o dia 22 de outubro. Novidade: Na noite do evento serão sorteados dois trabalhos da pintora.

Intrigante, provocador e sagaz como sempre, Ricardo Castro vive em Sexo, Drogas & Axé Music a personagem Ramlet, o príncipe do carnaval (grafado assim mesmo: com R). Completamente viciado nesse gênero musical, o protagonista busca tratamento num grupo de reabilitação, enquanto revive passagens e memórias dessa trajetória dos 30 anos de Axé Music. Inserindo como pano-de-fundo Hamlet (peça de William Shakespeare escrita entre 1599 e 1601), o ator recria a narrativa, atribuindo às personagens da trama – como Ofélia, Horácio, Cláudio, entre outros – figuras de grandes cantoras, cantores, artistas e grupos dessa cena; fazendo um rodízio de homenagens a cada sessão.

Diferente de outras montagens da cena teatral baiana, Sexo, Drogas & Axé Music  não é um recital nem tampouco é dividida em esquetes. Parte do texto é feito com frases de diversas músicas emblemáticas, porém descoladas do contexto original. Através de trechos dessas canções, da base shakespeareana e do próprio discurso e abordagem do intérprete, Ricardo Castro desenha sua dramaturgia ficcional sob a ótica de quem acompanhou, viveu e pulou muitos carnavais – sem obrigações cronológicas, documentais ou lineares.

Händel e Shakespeare também foram muito populares em suas épocas, cada um em seus lugares de origem. Eu escolhi essa música pelo teor dramático, por ser oportuna, por caber como uma luva na história da personagem. Ainda mais quando a letra diz Deixa que eu chore a minha cruel sorte e que suspire por liberdade”, justifica Castro.

Embora haja esse aspecto, o artista salienta que a tônica do seu trabalho sempre foi o humor.  E avisa que a ideia da peça não é deixar claro o que é Axé Music, mas perguntar tudo de novo: Onde começa?, Onde termina?, Até onde é isso?, provocar questões.

Durante os seis meses de temporada de Quem Souber Morre (2015) – solo do artista que antecede esse trabalho – um trecho de Sexo, Drogas & Axé Music foi incluído; sempre aplaudido em cena aberta. Essa recepção do público confirmou ainda mais o desejo de Castro de trazer essa história para o palco. Sexo, Drogas & Axé Music abre o calendário do projeto Solo Fértil, no qual o artista volta a apresentar, ao longo de 2016, todo o seu repertório de trabalhos solos.

A peça está em  cartaz no Teatro Molière da Aliança Francesa, às sextas e sábados do mês de março, sempre às 21h. Os ingressos custam R$ 20,00 (meia-entrada) e R$ 40,00 (inteira).

SERVIÇO:

O QUE: Sexo, Drogas & Axé Music com Ricardo Castro

QUANDO: Sextas e Sábados de Março ( 11, 12, 18, 19, 25 e 26) às 21h

ONDE: Teatro Molière da Aliança Francesa/Av. Sete de Setembro, 401 – Ladeira da Barra – Salvador –

QUANTO: R$ 20,00 (meia) e R$ 40,00 (inteira)

INFORMAÇÕES: (71) 3336-7599


SA Agência Digital