sábado, 20 abril 2024
Édson Gomes e Attooxxa - Mega
Tags Posts tagged with "Aberto ao Público"

Aberto ao Público

DJ Telefuncksoul Foto Divulgação

Artista preparou set com hits em versão  de Jazz para projeto que acontece no Parque Costa Azul

O sábado do Oxe é Jazz terá um tempero a mais. O DJ Telefunksoul preparou um set especial para o evento que acontece no Parque Costa Azul. O projeto realizado pela Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia também trará nomes como Beatles In Jazz, Cláudia Cunha, Luizinho Assis com Ivan Sacerdote e Eric Assmar com Adriano Grineberg (SP). A partir das 18 horas. O evento também acontece na sexta-feira, dia 15.

“Eu já toquei muito jazz em eventos, gosto muito de músicas misturadas, em novas versões e por isso vou apresentar no Oxe é Jazz, depois de pesquisas que realizei, o jazz com a africanidade, vou levar músicas conhecidas, pop em forma de jazz”, disse o DJ que tem a inovação no seu DNA.

Na sexta o Oxe contará com o Beatles In Jazz, que presta um tributo aos Beatles, e a noite de sexta do Oxe finaliza com a veterana cantora baiana Cláudia Cunha, com seu show “Solar”, em tributo a Gal Costa.

No sábado o projeto conta ainda com a apresentação do veterano tecladista, arranjador e compositor baiano Luizinho Assis. A edição de setembro encerra com Eric Assmar que recebe o pianista, cantor e compositor paulistano Adriano Grineberg, um dos principais nomes do blues brasileiro na atualidade, para apresentar um show em tributo a Ray Charles.

Agenda
Oxe É Jazz volta em Setembro 2023
Curadoria de Eric Assmar
Dias:  15 e 16 de setembro(sexta-feira e sábado)
Horário: a partir das 18h
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Arthur de Azevedo Machado,  Costa Azul -CEP 41760-000
Aberto ao Público

Foto de Agencia Sidney Florencio

Neste sábado e domingo projeto acontece no Parque Costa Azul

Neste sábado e domingo tem Oxe é Jazz no Parque Costa Azul. O projeto realizado pela Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia traz nomes como Beatles In JazzCláudia CunhaLuizinho Assis com Ivan Sacerdote Eric Assmar com Adriano Grineberg (SP). A partir das 18 horas.

Formada em Salvador pelos músicos Alexandre Vieira (contrabaixo e voz), Márcio Pereira (guitarra) e Laurent Rivemales (bateria), todos os nomes veteranos na cena do jazz em Salvador, os Beatles In Jazz prestam um tributo aos Beatles, banda fundamental na história da música pop mundial. No local, releituras jazzísticas de sucessos da carreira do quarteto de Liverpool, com arranjos repletos de improvisações.

A noite de sexta do Oxe finaliza com a veterana cantora baiana Cláudia Cunha, com seu show “Solar”, em tributo a Gal Costa. Com direção musical de Jelber Oliveira, a apresentação propõe um passeio pela obra de Gal com arranjos originais executados por um time de grandes músicos do cenário baiano. Destaque para a interpretação singular de Cláudia, cantora que coleciona prêmios em seu currículo e já atuou ao lado de grandes nomes da música popular brasileira.

A noite de sábado inicia com a apresentação do veterano tecladista, arranjador e compositor baiano Luizinho Assis, nome de grande prestígio na cena musical soteropolitana. Para essa apresentação, Luizinho vem Giroux Wanziler (baixo), Victor Brasil (bateria) e traz como convidado o clarinetista e compositor Ivan Sacerdote, músico que vem tendo um destaque crescente na cena da música popular brasileira, sobretudo após o lançamento do aclamado álbum ao lado de Caetano Veloso, em 2020. Juntos, esses artistas apresentam um show em tributo ao já saudoso mestre João Donato.

Fechando a edição de setembro, o curador do projeto Eric Assmar recebe em Salvador o pianista, cantor e compositor paulistano Adriano Grineberg, um dos principais nomes do blues brasileiro na atualidade, para apresentar um show em tributo ao eterno mestre Ray Charles. Nome frequente nos palcos dos principais festivais de jazz e blues do país, Adriano tem uma larga experiência profissional acumulada, com atuações ao lado de grandes mestres do blues e promete trazer momentos de muita alegria para o público do Oxe É Jazz, em uma apresentação inédita ao lado de Eric Assmar e sua banda. O evento volta em outubro com data a ser divulgada.

Agenda
Oxe É Jazz volta em Setembro 2023
Curadoria de Eric Assmar
Dias:  15 e 16 de setembro(sexta-feira e sábado)
Horário: a partir das 18h
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Arthur de Azevedo Machado,  Costa Azul -CEP 41760-000
Aberto ao Público

Agência Sidney Florencio


Curador do Projeto Eric Assmar Foto Divulgação

Evento acontece nos dias 28 e 29 no Parque Costa Azul

Oxe é Jazz está de volta ao Parque Costa Azul. Nesta edição, que acontece nos dias 28 e 29 de julho, duas atrações internacionais: Jenn Jade Quartet (EUA) e Zakia Mounira (FRA). Maestro Luciano Calazans e Eric Assmar com Armandinho completam a grade do projeto que começa às 18h. O evento é uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

A cantora e compositora nova-iorquina Jenn Jade Ledesna abre a programação. Natural do Bronx, Jenn se formou na New School Jazz Conservatory e LaGuardia Arts e foi finalista do Montreux Jazz Voice. A artista já esteve em grandes festivais e palcos do mundo, a exemplo do lendário Carnegie Hall. Jenn Jade estará de passagem por Salvador e será acompanhada por renomados músicos do cenário soteropolitano.

Para fechar a noite na sexta, o Oxe, como é carinhosamente chamado, recebe o contrabaixista, compositor e arranjador baiano maestro Luciano Calazans. Nome de grande destaque no cenário musical baiano é uma referência da música instrumental e tem um vasto currículo de trabalhos ao lado de grandes nomes da música brasileira e mundial. Como artista solo, já lançou o álbum “Contrabaixo Astral”. Na apresentação, toda capacidade expressiva desse artista que une jazz, funk, além de diversas vertentes da música brasileira.

sábado a noite começa com a cantora francesa Zakia Mounira, que se apresenta ao lado de Caio Ferreira (teclados), Felipe Pires (baixo) e Ludovic Guivarch (bateria), músicos que vêm se destacando na cena atual da música instrumental baiana. Para essa apresentação, Zakia Mounira irá interpretar standards do jazz e clássicos franceses, unindo os mundos do jazz e do canto lírico, que são sua especialidade.

Encerrando a programação de julho do Oxe É Jazz, o guitarrista, cantor, compositor curador do projeto Eric Assmar apresenta um show inédito, em que traz como convidado o renomado guitarrista Armandinho. Amplamente reconhecido como um dos principais guitarristas do Brasil e uma referência mundial no instrumento, Armandinho é um grande nome da música popular e instrumental brasileira. O artista se juntará a Eric Assmar, trazendo o toque mágico da sua guitarra baiana para uma apresentação que irá mesclar blues, jazz, rock e frevo.

Agenda
Oxe É Jazz volta em Junho 2023
Curadoria de Eric Assmar
Dias:  28 e 29 de julho(sexta-feira e sábado)
Horário: a partir das 18h
Onde: Parque Costa Azul
Endereço: Rua Arthur de Azevedo Machado,  Costa Azul -CEP 41760-000
Aberto ao Público

Duda Freitas e Iago e Gilberto integram a grade do Na Pegada no Parque Costa Azul

Mais um final de semana de música no Parque Costa Azul. Nesta sexta-feira (16) e sábado (17), nomes como Zé Honório, Forró Passa Pé, Duda Freitas, Julio Cesar, Iago e Gilberto e Theuzinho se apresentam no local pelo projeto que foi batizado Na Pegada. A programação começa às 18 horas.

sexta começa ao som de Zé Honório. Com mais de 40 anos de estrada,  já esteve à frente de bandas como Furta Cor, Papa Léguas e Tapajós. Seu trabalho solo conta com um repertório bem diversificado, resultado de um artista que já tocou com nomes como Elba Ramalho, Saulo Fernandes e Olodum.

forró dará o tom da segunda atração do dia. A Banda Forró Passa Pé foi criada pelo músico, arranjador, compositor, pianista e produtor musical Marco de Carvalho. Os integrantes da banda são músicos com uma vasta experiência profissional e já tocaram com artistas de estilos musicais diversos, a exemplo de Zelito Miranda, Edil Pacheco, Paulinho Boca de Cantor, Alcymar Monteiro, Genival Lacerda e Virgílio.

noite termina ao som da apresentação de Duda Freitas. Cantora de arrocha, lançou recentemente seu primeiro CD com duas canções autorais (Efeito do seu nome e Vem e vai).

sábado é aberto por Iago e Gilberto que apresentam a mais nova canção Não Vou Errar, no ritmo do piseiro. Os cantores e compositores Iago e Gilberto, tem músicas gravadas por artistas como: Toque Dez, Léo Marques, Nadson Ferinha, Pedro Cavalcante, Kart Love, Patrick Levi e  Henry Freiras.

O forrozeiro Júlio César, conhecido como, O Imperador do Forró, é um dos nomes mais atuantes do cancioneiro nordestino e o segundo a ase apresentar. Para o repertório, Júlio preparou uma seleção diversa, contemplando suas principais músicas e um passeio por clássicos de artistas que influenciaram a formação do músico.

evento se encerra ao som de Theuzinho. Considerado uma revelação da nova safra da música, o cantor tem se apresentado em diversos lugares de Salvador, Região Metropolitana e por todo o interior da Bahia. Para o show, hits nacionais e a nova música de trabalho “Vou Começar a Não Prestar”.

O projeto tem o patrocínio do Estado. Bahia. O evento é uma realização da Realiza Eventos. A ação tem como objetivo apresentar para a população a importância de ritmos musicais tradicionais brasileiros que mais dialogam com a cultura baiana. A ideia é valorizar, profissionalizar e difundir a cultura musical do estado, dando oportunidade para que novos artistas se desenvolvam e contribuam para o fomento do turismo no Estado da Bahia.

Agenda

Na Pegada no Parque Costa Azul
Atrações:  Zé Honório, Forró Passa Pé, Duda Freitas, Julio Cesar, Iago e Gilberto e Theuzinho
Onde: Parque Costa Azul
Quando: 16 e 17 de Junho ( sexta-feira e sábado)
Horário: a partir das 18h
Aberto ao público

Rede Social

Instagram: https://www.instagram.com/maisacoesintegradas/

Adão Negro Crédito das Fotos Vinicius Moreira

Evento traz nomes do reggae nacional para cidade do surf

A orla de Itacaré recebe entre os dias 12 a 14 de novembro o I Festival de Reggae de Oi. Nomes do Reggae nacional como Adão Negro, Tribo de Jah e Edson Gomes se encontram neste final de semana no evento. O I Festival de Reggae de Itacaré tem a proposta de entrar para o calendário municipal.

Na grade sábado (dia 12), tocam Bia Ferreira, Rusty Zinn (EUA), Bruta Raça e Tribo de Jah. Já no domingo (13), tem Santuáryo, Musautaiba e Adão Negro, e fechando o último dia da programação, na segunda feira (14), terá Dom de Jah, Rogério D’Lucca e Edson Gomes.

O evento apresenta ao público, atrações nacionais e internacionais com shows todas as noites. Além de ser um momento em que os moradores poderão apreciar diferentes exposições e expressões culturais pertinho de casa e ainda incentivar e valorizar os artistas locais que também fazem parte da programação, a festividade estará voltada para o público de todas as idades.

Itacaré tem sido palco de grandes eventos, seguindo um calendário que atrai o turismo para a cidade, gerando emprego e renda e garantindo uma economia forte, com presença constante de artistas renomados, a exemplo de Amado Batista que se apresentou no mês de agosto na Micareta de Taboquinhas e Zeca Pagodinho que tocou em setembro na Festa do Padroeiro de São Miguel Arcanjo. 

Com dez atrações na grade, essa edição vai valorizar o estilo, não apenas como ritmo musical, mas também como um dos principais ícones da nossa cultura. O evento é uma realização da Prefeitura de Itacaré com apoio do Governo do Estado e realização da Mais Ações integradas.

Agenda
Itacaré recebe I Festival de Reggae
Quando: 12 á 14 de novembro
Onde:Itacaré/Ba – Sul da Bahia
Aberto ao público

Zelito Miranda realiza Forró do Parque no próximo dia 22 de maio
Depois do sucesso da primeira edição de 2022, evento confirma nova data

Forró no Parque

Já foi confirmado. Terá Forró do Parque no próximo dia 22 de maio, a partir das das 11h, no Largo Pedro Arcanjo. Com a mesma animação de todas as edições do projeto, o evento propõe muito forró.

O projeto que já levou grandes nomes do ritmo a shows gratuitos, já chegando a receber mais de dez mil pessoas por dia, foi idealizado por Telma Miranda. Com a proposta de oferecer para o público baiano uma programação variada, o Forró no Parque se destaca como opção de entretenimento cultural, sobretudo por se sustentar em um ritmo tão característico da Bahia: o Forró.

Zelito Miranda – O “Rei do forró temperado”. Assim é conhecido um dos grandes nomes do forró baiano, Zelito Miranda. O cantor e compositor – que possui 25 anos de trajetória na música nordestina – ganhou esse título por incluir estilos como o rock, jazz, dentre outros ritmos misturados ao forró pé de serra, dando ao ritmo um “tempero” todo especial para as suas composições e apresentações que encantam milhares de admiradores e fãs por onde passa.

Com doze discos – entre CDs e LPs -, um DVD e participações diversas em coletâneas, Zelito é dono de um repertório vasto e conta com uma banda composta por 10 músicos e uma estrutura de produção impecável e iluminação de ponta.

A produção do evento informa que só será permitido o acesso de pessoas com comprovante de vacinação com duas doses e com uso de máscara.  Juntamente com seu documento original com foto.

Agenda

Projeto Forró no Parque Zelito Miranda – O Rei do Forró Temperado
Convidados: Trio Nordestino, Jairo Barbosa
Data: 22 de maio – (domingo)
Horário: às 11 horas
Onde: Largo Pedro Arcanjo – Pelourinho
Endereço: R. Gregório de Matos, 10 – Pelourinho, Salvador – BA, 40026-240
Informações: 71 99254-4340
Aberto ao público

Redes Sociais 
YouTube: www.youtube.com/zelitomirandaoficial
Instagram:@zelitomiranda/
Facebook:@zelito.miranda.1
Spotify: spoti.fi/2OVlUDL

Lençóis é o próximo destino do Oxe é Jazz
Depois do sucesso em Itacaré é Lauro de Freitas evento parte para Chapada Diamantina nos dias 6 e 7 de maio

Oxe é Jazz Lençóis FOTO DIVULGAÇÃO: @sidneiflorenciooficial 

Uma das cidades mais bonitas da Bahia contará no próximo final de semana com um evento dedicado ao Jazz. Nos dias 6 e 7 de maio, Lençóis recebe o Oxe, é Jazz, evento itinerante que já passou por Itacaré e Lauro de Freitas.

A partir das 19h, a terceira edição do evento levará nomes relevantes do ritmo na Bahia com a curadoria de Eric Assmar. O evento é aberto ao público sendo uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

A primeira edição do Oxe, é Jazz aconteceu em Itacaré, atraiu mais de 1500 pessoas, entre moradores e turistas que visitavam a cidade, em Lauro de Freitas não foi diferente. Entre os dias 29 e 30 de abril, a cidade metropolitana recebeu Edoux e Banda Panteras Negras (sábado) e Alexandre Montenegro trio e Baco de Jazz (domingo).

Oxe, é Jazz – O Jazz surgiu no Sul dos Estados Unidos e mistura vários ritmos afro-americanos. No estado que tem a capital com mais negros fora da África, acontece o evento que visa propagar o ritmo em diferentes partes da Bahia. O evento terá noites inspiradas em nomes como Louis Armstrong, Billie Holiday e Miles Davis. O evento acontece nos meses de abril e maio, em um final de semana por mês, a primeira edição aconteceu em Itacaré.

Sobre o jazz – O ritmo surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans. Marcado pela improvisação, o swing e os ritmos não lineares, em suas raízes na música negra americana. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros. Com o passar dos anos, muitos sub-gêneros surgiram dessa mesma raiz. São estilos de jazz Swing e Big bands, Bebop e Hard bop, Cool jazz e Soul jazz, Free jazz, Fusion jazz e o latino.

Eric Assmar – Vencedor do Prêmio Caymmi de Música como “Melhor Instrumentista” (2015), o guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar é um dos principais nomes da nova safra de artistas de blues e rock do Brasil e tem três álbuns solo lançados: “Eric Assmar Trio” (2012), “Morning” (2016) e “Home” (2022). Como músico realizou uma série de shows em festivais, como o SXSW (Austin/Texas, Estados Unidos, 2009), VI Festival de Blues de Londrina (Londrina/PR, 2016), além de apresentações no circuito de casas de blues em grandes cidades do exterior, como Nova Iorque, Toronto e Londres. Para além de sua atuação como músico, também é pesquisador, professor de guitarra blues, Doutor em Música (PPGMUS/UFBA) e Mestre em Etnomusicologia, pela mesma instituição.

Agenda
Lençóis é o próximo destino do Oxe é Jazz
Quando:  6 e 7 de maio (sexta-feira e sábado)
Horário: 18 horas
Onde: Praça Horacio de Matos – Lencóis-Ba
Aberto ao público

FOTO DIVULGAÇÃO:  @sidneiflorenciooficial

Oxe é Jazz segue para Lauro de Freitas
Evento Itinerante de Jazz celebra o dia do ritmo nos dias 29 e 30 de abril

 

dia Internacional do Jazz é celebrado 30 de abril. Criada pelo Unesco a data será comemorada na Bahia nos dias 29 e 30 em Lauro de Freitas, a partir das 19h. Está é a segunda edição o Oxé, é Jazz que receberá nomes relevantes do estado com a curadoria de Eric Assmar. O evento é aberto ao público sendo uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

O dia do Jazz nasceu em 2012 com o objetivo lembrar a importância do género musical e sua contribuição na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história. O ritmo tem associação com a Bahia já que na sua história lutou pela liberdade e à abolição da escravatura. A primeira edição do Oxe, é Jazz aconteceu em Itacaré, atraiu mais de 1500 pessoas, entre moradores e turistas que visitavam a cidade.

Oxe, é Jazz – O Jazz surgiu no Sul dos Estados Unidos e mistura vários ritmos afro-americanos. No estado que tem a capital com mais negros fora da África, acontece o evento que visa propagar o ritmo em diferentes partes da Bahia. O evento terá noites inspiradas em nomes como Louis Armstrong, Billie Holiday e Miles Davis. O evento acontece nos meses de abril e maio, em um final de semana por mês, a primeira edição aconteceu em Itacaré.

Sobre o jazz – O ritmo surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans. Marcado pela improvisação, o swing e os ritmos não lineares, em suas raízes na música negra americana. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros. Com o passar dos anos, muitos sub-gêneros surgiram dessa mesma raiz. São estilos de jazz Swing e Big bands, Bebop e Hard bop, Cool jazz e Soul jazz, Free jazz, Fusion jazz e o latino.

Eric Assmar – Vencedor do Prêmio Caymmi de Música como “Melhor Instrumentista” (2015), o guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar é um dos principais nomes da nova safra de artistas de blues e rock do Brasil e tem três álbuns solo lançados: “Eric Assmar Trio” (2012), “Morning” (2016) e “Home” (2022). Como músico realizou uma série de shows em festivais, como o SXSW (Austin/Texas, Estados Unidos, 2009), VI Festival de Blues de Londrina (Londrina/PR, 2016), além de apresentações no circuito de casas de blues em grandes cidades do exterior, como Nova Iorque, Toronto e Londres. Para além de sua atuação como músico, também é pesquisador, professor de guitarra blues, Doutor em Música (PPGMUS/UFBA) e Mestre em Etnomusicologia, pela mesma instituição.

Agenda
Segunda edição do Oxe, é Jazz
Quando:  29 e 30 de Abril (sexta-feira e sábado)
Horário: 19 horas
Onde: Vilas do Atlântico – Lauro de Freitas
Aberto ao público

FOTO DIVULGAÇÃO: @danphotos_oficial

Festa Literária “Arte e Identidade” confirma realização da 2ª edição em 2022
Festa de Arte e Literatura Negra Infantojuvenil acontecerá em formato híbrido durante sete dias no Pelourinho

Após o sucesso da estreia no ano passado, a Festa de Arte e Literatura Negra Infantojuvenil tiveram a 2ª edição confirmada.  Realizada em formato virtual em 2021, onde alcançou mais de cinco mil pessoas em três dias de evento, a Festa Literária “Arte e Identidade” será realizada durante sete dias, entre 25 de abril e 1º de maio, agora em formato híbrido (presencial e virtual). Como cenário, este ano diversas locações no Centro Histórico de Salvador, Pelourinho.

Voltadas à literatura e arte negra infantojuvenil, as atividades acontecerão simultaneamente em diferentes espaços culturais do bairro turístico, reunindo recursos de acessibilidade, como audiodescrição e intérprete de libras, possibilitando a democratização de acesso com comodidade e segurança das pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida.

Com intuito de reunir a interação, utilizando plataformas digitais, o projeto traz na programação ações como rodas de conversa e mesas literárias, contação de histórias, atividades lúdicas, apresentações culturais de artes integradas, lançamento de livros, encontro com autores, além de feira de livros e brinquedos afirmativos.

Em contrapartida sociocultural, a Festa Literária “Arte e Identidade” visa beneficiar a rede pública de ensino de Salvador e Região Metropolitana (RMS) com a distribuição de um mil obras literárias afro-brasileiras infantojuvenis. Além de reunir profissionais da cadeia produtiva cultural literária, educacional e artística.

Para compor a curadoria, o projeto busca promover a democratização do acesso aos livros de literatura com recorte afro-brasileiro. O evento tem o patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

Agenda
2ª edição Festa de Arte e Literatura Negra Infantojuvenil
Data: 25 de abril a 1º de maio|
Onde: Centro Histórico de Salvador (diversos pontos do pelourinho)
Aberto ao Público

Redes Sociais

Site:https://linkme.bio/arteeidentidadeoficial/

Youtube:https://www.youtube.com/channel/UC1_GwVGzz8RqOeNS9ZbeaBA

Instagram:https://www.instagram.com/arteeidentidadeoficial/


SA Agência Digital