quinta-feira, 29 setembro 2022
Maria Mata Mouro 1
Tags Posts tagged with "Aberto ao Público"

Aberto ao Público

Zelito Miranda realiza Forró do Parque no próximo dia 22 de maio
Depois do sucesso da primeira edição de 2022, evento confirma nova data

Forró no Parque

Já foi confirmado. Terá Forró do Parque no próximo dia 22 de maio, a partir das das 11h, no Largo Pedro Arcanjo. Com a mesma animação de todas as edições do projeto, o evento propõe muito forró.

O projeto que já levou grandes nomes do ritmo a shows gratuitos, já chegando a receber mais de dez mil pessoas por dia, foi idealizado por Telma Miranda. Com a proposta de oferecer para o público baiano uma programação variada, o Forró no Parque se destaca como opção de entretenimento cultural, sobretudo por se sustentar em um ritmo tão característico da Bahia: o Forró.

Zelito Miranda – O “Rei do forró temperado”. Assim é conhecido um dos grandes nomes do forró baiano, Zelito Miranda. O cantor e compositor – que possui 25 anos de trajetória na música nordestina – ganhou esse título por incluir estilos como o rock, jazz, dentre outros ritmos misturados ao forró pé de serra, dando ao ritmo um “tempero” todo especial para as suas composições e apresentações que encantam milhares de admiradores e fãs por onde passa.

Com doze discos – entre CDs e LPs -, um DVD e participações diversas em coletâneas, Zelito é dono de um repertório vasto e conta com uma banda composta por 10 músicos e uma estrutura de produção impecável e iluminação de ponta.

A produção do evento informa que só será permitido o acesso de pessoas com comprovante de vacinação com duas doses e com uso de máscara.  Juntamente com seu documento original com foto.

Agenda

Projeto Forró no Parque Zelito Miranda – O Rei do Forró Temperado
Convidados: Trio Nordestino, Jairo Barbosa
Data: 22 de maio – (domingo)
Horário: às 11 horas
Onde: Largo Pedro Arcanjo – Pelourinho
Endereço: R. Gregório de Matos, 10 – Pelourinho, Salvador – BA, 40026-240
Informações: 71 99254-4340
Aberto ao público

Redes Sociais 
YouTube: www.youtube.com/zelitomirandaoficial
Instagram:@zelitomiranda/
Facebook:@zelito.miranda.1
Spotify: spoti.fi/2OVlUDL

Lençóis é o próximo destino do Oxe é Jazz
Depois do sucesso em Itacaré é Lauro de Freitas evento parte para Chapada Diamantina nos dias 6 e 7 de maio

Oxe é Jazz Lençóis FOTO DIVULGAÇÃO: @sidneiflorenciooficial 

Uma das cidades mais bonitas da Bahia contará no próximo final de semana com um evento dedicado ao Jazz. Nos dias 6 e 7 de maio, Lençóis recebe o Oxe, é Jazz, evento itinerante que já passou por Itacaré e Lauro de Freitas.

A partir das 19h, a terceira edição do evento levará nomes relevantes do ritmo na Bahia com a curadoria de Eric Assmar. O evento é aberto ao público sendo uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

A primeira edição do Oxe, é Jazz aconteceu em Itacaré, atraiu mais de 1500 pessoas, entre moradores e turistas que visitavam a cidade, em Lauro de Freitas não foi diferente. Entre os dias 29 e 30 de abril, a cidade metropolitana recebeu Edoux e Banda Panteras Negras (sábado) e Alexandre Montenegro trio e Baco de Jazz (domingo).

Oxe, é Jazz – O Jazz surgiu no Sul dos Estados Unidos e mistura vários ritmos afro-americanos. No estado que tem a capital com mais negros fora da África, acontece o evento que visa propagar o ritmo em diferentes partes da Bahia. O evento terá noites inspiradas em nomes como Louis Armstrong, Billie Holiday e Miles Davis. O evento acontece nos meses de abril e maio, em um final de semana por mês, a primeira edição aconteceu em Itacaré.

Sobre o jazz – O ritmo surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans. Marcado pela improvisação, o swing e os ritmos não lineares, em suas raízes na música negra americana. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros. Com o passar dos anos, muitos sub-gêneros surgiram dessa mesma raiz. São estilos de jazz Swing e Big bands, Bebop e Hard bop, Cool jazz e Soul jazz, Free jazz, Fusion jazz e o latino.

Eric Assmar – Vencedor do Prêmio Caymmi de Música como “Melhor Instrumentista” (2015), o guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar é um dos principais nomes da nova safra de artistas de blues e rock do Brasil e tem três álbuns solo lançados: “Eric Assmar Trio” (2012), “Morning” (2016) e “Home” (2022). Como músico realizou uma série de shows em festivais, como o SXSW (Austin/Texas, Estados Unidos, 2009), VI Festival de Blues de Londrina (Londrina/PR, 2016), além de apresentações no circuito de casas de blues em grandes cidades do exterior, como Nova Iorque, Toronto e Londres. Para além de sua atuação como músico, também é pesquisador, professor de guitarra blues, Doutor em Música (PPGMUS/UFBA) e Mestre em Etnomusicologia, pela mesma instituição.

Agenda
Lençóis é o próximo destino do Oxe é Jazz
Quando:  6 e 7 de maio (sexta-feira e sábado)
Horário: 18 horas
Onde: Praça Horacio de Matos – Lencóis-Ba
Aberto ao público

FOTO DIVULGAÇÃO:  @sidneiflorenciooficial

Oxe é Jazz segue para Lauro de Freitas
Evento Itinerante de Jazz celebra o dia do ritmo nos dias 29 e 30 de abril

 

dia Internacional do Jazz é celebrado 30 de abril. Criada pelo Unesco a data será comemorada na Bahia nos dias 29 e 30 em Lauro de Freitas, a partir das 19h. Está é a segunda edição o Oxé, é Jazz que receberá nomes relevantes do estado com a curadoria de Eric Assmar. O evento é aberto ao público sendo uma realização da Mais Ações Integradas com patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

O dia do Jazz nasceu em 2012 com o objetivo lembrar a importância do género musical e sua contribuição na promoção de diferentes culturas e povos ao longo da história. O ritmo tem associação com a Bahia já que na sua história lutou pela liberdade e à abolição da escravatura. A primeira edição do Oxe, é Jazz aconteceu em Itacaré, atraiu mais de 1500 pessoas, entre moradores e turistas que visitavam a cidade.

Oxe, é Jazz – O Jazz surgiu no Sul dos Estados Unidos e mistura vários ritmos afro-americanos. No estado que tem a capital com mais negros fora da África, acontece o evento que visa propagar o ritmo em diferentes partes da Bahia. O evento terá noites inspiradas em nomes como Louis Armstrong, Billie Holiday e Miles Davis. O evento acontece nos meses de abril e maio, em um final de semana por mês, a primeira edição aconteceu em Itacaré.

Sobre o jazz – O ritmo surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans. Marcado pela improvisação, o swing e os ritmos não lineares, em suas raízes na música negra americana. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros. Com o passar dos anos, muitos sub-gêneros surgiram dessa mesma raiz. São estilos de jazz Swing e Big bands, Bebop e Hard bop, Cool jazz e Soul jazz, Free jazz, Fusion jazz e o latino.

Eric Assmar – Vencedor do Prêmio Caymmi de Música como “Melhor Instrumentista” (2015), o guitarrista, cantor e compositor baiano Eric Assmar é um dos principais nomes da nova safra de artistas de blues e rock do Brasil e tem três álbuns solo lançados: “Eric Assmar Trio” (2012), “Morning” (2016) e “Home” (2022). Como músico realizou uma série de shows em festivais, como o SXSW (Austin/Texas, Estados Unidos, 2009), VI Festival de Blues de Londrina (Londrina/PR, 2016), além de apresentações no circuito de casas de blues em grandes cidades do exterior, como Nova Iorque, Toronto e Londres. Para além de sua atuação como músico, também é pesquisador, professor de guitarra blues, Doutor em Música (PPGMUS/UFBA) e Mestre em Etnomusicologia, pela mesma instituição.

Agenda
Segunda edição do Oxe, é Jazz
Quando:  29 e 30 de Abril (sexta-feira e sábado)
Horário: 19 horas
Onde: Vilas do Atlântico – Lauro de Freitas
Aberto ao público

FOTO DIVULGAÇÃO: @danphotos_oficial

Festa Literária “Arte e Identidade” confirma realização da 2ª edição em 2022
Festa de Arte e Literatura Negra Infantojuvenil acontecerá em formato híbrido durante sete dias no Pelourinho

Após o sucesso da estreia no ano passado, a Festa de Arte e Literatura Negra Infantojuvenil tiveram a 2ª edição confirmada.  Realizada em formato virtual em 2021, onde alcançou mais de cinco mil pessoas em três dias de evento, a Festa Literária “Arte e Identidade” será realizada durante sete dias, entre 25 de abril e 1º de maio, agora em formato híbrido (presencial e virtual). Como cenário, este ano diversas locações no Centro Histórico de Salvador, Pelourinho.

Voltadas à literatura e arte negra infantojuvenil, as atividades acontecerão simultaneamente em diferentes espaços culturais do bairro turístico, reunindo recursos de acessibilidade, como audiodescrição e intérprete de libras, possibilitando a democratização de acesso com comodidade e segurança das pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida.

Com intuito de reunir a interação, utilizando plataformas digitais, o projeto traz na programação ações como rodas de conversa e mesas literárias, contação de histórias, atividades lúdicas, apresentações culturais de artes integradas, lançamento de livros, encontro com autores, além de feira de livros e brinquedos afirmativos.

Em contrapartida sociocultural, a Festa Literária “Arte e Identidade” visa beneficiar a rede pública de ensino de Salvador e Região Metropolitana (RMS) com a distribuição de um mil obras literárias afro-brasileiras infantojuvenis. Além de reunir profissionais da cadeia produtiva cultural literária, educacional e artística.

Para compor a curadoria, o projeto busca promover a democratização do acesso aos livros de literatura com recorte afro-brasileiro. O evento tem o patrocínio do Governo do Estado da Bahia.

Agenda
2ª edição Festa de Arte e Literatura Negra Infantojuvenil
Data: 25 de abril a 1º de maio|
Onde: Centro Histórico de Salvador (diversos pontos do pelourinho)
Aberto ao Público

Redes Sociais

Site:https://linkme.bio/arteeidentidadeoficial/

Youtube:https://www.youtube.com/channel/UC1_GwVGzz8RqOeNS9ZbeaBA

Instagram:https://www.instagram.com/arteeidentidadeoficial/


SA Agência Digital