Concerto Pérolas Mistas: Explosão de sons, cores e sensações na Concha. Hoje...

Concerto Pérolas Mistas: Explosão de sons, cores e sensações na Concha. Hoje é o último dia

Quem esteve na noite de sábado (05) na Concha Acústica do Teatro Castro Alves pode conferir mais uma edição arrebatadora do Pérolas Mistas, projeto concebido pelo inquieto Carlinhos Brown, que se apresenta ao lado dos talentosos Lazzo Matumbi, Ellen Oléria e a estreante Larissa Luz. Hoje (06) partir das 19h, acontece a segunda noite, com ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Estreante no projeto a cantora Larissa Luz, que substitui Mariene de Castro, com seu figurino e voz impactantes
Estreante no projeto a cantora Larissa Luz, que substitui Mariene de Castro, com seu figurino e voz impactantes

A batida do atabaque acompanhada do som clássico da Orquestra de Câmara de Salvador e das quatro vozes cria um espetáculo raro de se ver nos palcos brasileiros. A orquestra regido pelo maestro Angelo Rafael aliás, provoca sensações e leva o público ao deleite. Outro ponto alto do espetáculo é a participação dos blocos afros baianos que emprestam sons, cores e elevam o nível do espeta´culo.

Participante de todas as edições do Pérolas Mistas Ellen Oléria mostrou porque venceu uma reality show com suas interpretações memoráveis
Participante de todas as edições do Pérolas Mistas Ellen Oléria mostrou porque venceu uma reality show com suas interpretações memoráveis

Do figurino ao repertório nada está lá em excesso, tudo é necessário e sublime como aconteceu nas duas edições anteriores no Museu Du Ritmo. A mudança de local, de acordo com os organizadores, tem a ver com a capacidade do espaço, para receber mais público. Além de unir música afro, de terreiro e erudita, a performance dos artistas expressa movimentos presentes nas tradicionais danças afro: uma ode à ancestralidade. As fotos são de Fábio Bouzas.

 

A Orquestra de de Câmara de Salvador brilhou acompanhando o quarteto sob regência do maestro Ângelo Rafael
A Orquestra de de Câmara de Salvador brilhou acompanhando o quarteto sob regência do maestro Ângelo Rafael