Cantor Átila se prepara para lançar 3º single autoral e alçar novos...

Cantor Átila se prepara para lançar 3º single autoral e alçar novos vôos

Com uma levada romântica, carregada de baianidade, o cantor e compositor Átila se prepara para lançar seu 3º single autoral, “Pra Você”. O artista está ajustando os últimos detalhes para lançar a canção no dia 21 de julho, mas já antecipa alguns pontos. A nova música, que traz uma pegada acústica, será lançada nas plataformas de streaming de áudio e virá acompanhada de clipe. A canção será em collab com Mayara Ipirá, amiga do cantor, com quem estudou no ensino médio. “O que nos uniu foi justamente a música. Eu lembro que eu a conheci quando ela postou um vídeo cantando uma música de Silva. Eu vi o vídeo e no outro dia fui falar com ela, parabenizar. Fomos nos aproximando, cantando, até que viramos amigos e tivemos essa ideia de gravar algo juntos. Nesse espaço de tempo surgiu ‘Pra Você’”, explica Átila.

O artista vive um ano muito especial em sua carreira. Mesmo sendo jovem (20 anos), Átila celebra a estreia, neste último Carnaval, nos trios elétricos. Ele passou pelos circuitos Dodô (Barra-Ondina) e Osmar (Campo Grande), animando o folião pipoca. No repertório, músicas que exaltavam a cultura e a identidade do povo baiano, o que contagiou a todos. “Cantar no Carnaval mudou minha vida. Eu já era apaixonado pela nossa música, mas depois de ter subido no trio, é como se eu tivesse entendido o real poder da nossa cultura. Cantar no trio foi sentir na pele o papel da música de avenida, de rua”, conta o cantor.

Jovem, morador do bairro do Bom Juá, bairro periférico de Salvador; neto da finada dona Ana, famosa baiana de acarajé do bairro, Átila tem se dedicado a aprender mais e deixar a arte fluir em sua vida. Atualmente, em paralelo à música, ele estuda Artes na Universidade Federal da Bahia. Como referências, Átila bebe da fonte da música da Bahia e dos grandes nomes da MPB. Em sua poética, o cantor celebra a vida promovendo afeto, alegria e leveza. Descobriu o amor pela música desde muito cedo. Aos 16 anos, ganhou o primeiro violão e começou a compor as primeiras canções.

Autodidata, no mesmo ano em que começou a cantar e tocar, gravou a primeira canção, “Meu Talvez” (2019). Em menos de três meses, com um trabalho orgânico, a música alcançou a marca de 50 mil plays nas plataformas de música. O primeiro trabalho, que tem na sonoridade, elementos do pop-rock brasileiro e internacional, traz como inspirações, bandas como Los Hermanos, Coldplay, Cazuza, Maglore e o rock mais melódico e alternativo; e fala sobre romance. “Essa música foi uma febre no colégio. Dois amigos me ajudaram a lançar e ela representa, para mim, o poder de sonhar e persistir – além de um relacionamento que não foi para frente”, conta.

O segundo trabalho foi “Vai e Vem”, também composta na época da escola, mas só foi lançada em 2022. A referência novamente foi o pop-rock, que tanto inspirou os primeiros passos musicais do jovem artista. A temática do segundo trabalho também são romance e as relações inconstantes. Agora, mais entregue às artes e completamente dedicado à carreira, Átila planeja novidades a médio e longo prazo, além do lançamento desta nova música.