Chef Vinicius Figueira abre o Ko Phai, restaurante de gastronomia oriental no...

Chef Vinicius Figueira abre o Ko Phai, restaurante de gastronomia oriental no Rio Vermelho

Mestre em pastas deliciosas de sua Cantina Du Vini, o chef Vinicius Figueira convida os amantes da cozinha oriental para uma deliciosa viagem pelo JapãoTailândia e a Índia. As três gastronomias estarão reunidas na rota do cardápio do seu novo restaurante, o Ko phai, que será inaugurado no próximo dia 09 de agosto (quarta-feira), das 19 às 22 horas, na Rua Bartholomeu de Gusmão, 140, no Rio Vermelho.

Muito semelhantes em alguns pratos, temperos e ingredientes, elas serão apresentadas e desenvolvidas respeitando a leveza e o sabor dos alimentos de cada cultura. O oriente inspira também o arquiteto José Marcelino, que projetou um restaurante clean, priorizando o conforto em todo espaço, com a decoração em cinza, pretos e móveis de madeira.

Chef Vini Figueira

“Os detalhes mínimos fazem toda a diferença e é especialidade da casa. O Ko phai é a realização de um sonho que tive depois da ultima viagem à Tailândia de criar um espaço exclusivo para os amantes das gastronomias tailandesa, indiana e japonesa”, revela o Chef Vini, que conta com uma equipe especializada.

O Ko phai marca o retorno de Vinícius Figueira ao Oriente, que o revelou para os baianos como chef do Zen, o primeiro restaurante tailandês de Salvador. Com serviços de rodízio e à la carte, o Ko phai oferece muitas variedades, como pratos de arroz, pratos de molhos, sopas, massas, makimonos, sushis, temakis, sashimis, robatas, pokes, entradas e sobremesas.

Ao lado do Ko phai, o jovem chefe também traz muitas novidades na sua Cantina du Vini. No 1º andar, ela acaba de inaugurar o Empório du Vini, que oferece produtos da culinária italiana e oriental para quem quer cozinhar em casa. Já no 2º andar, a Cantina du Vini promete surpreender os seus clientes com um novo cardápio que será lançado em breve.

Kao Pad Kung – Arroz de jasmim tailandês refogado com camarão ou frango, legumes e nampla, servido com limão, alho torrado e coentro

Há três anos, o chef passou a apostar também numa culinária artesanal de bases clássicas com toques de ousadia, que transformou em sucesso o buffet Vini Figueira Gastronomia. Com uma experiência de mais de 10 anos no comando de cozinha em vários restaurantes, o seu bufê vem sendo considerando excelência em gastronomia e atendimento, oferecendo alto padrão em serviços e na cozinha para eventos sociais e corporativos.

Com apenas 30 anos, Vinícius adquiriu tanta experiência que pode ser considerado um cidadão do mundo. Natural de Búzios, no litoral carioca, após estudar gastronomia em Barbacena, Minas Gerais, ele foi buscar novos aprendizados na arte de cozinhar na Europa. Passou por estágios em diversos países, nos quais trabalhou com chefs renomados, como Victor Sobral, em Lisboa.

De volta ao Brasil, passou por bons restaurantes. O aprendizado lhe rendeu o convite para vir à Bahia montar o cardápio do Zen, o primeiro tailandês do estado. “Foi amor à primeira vista pela terra do dendê”, festeja. Mas a paixão foi recíproca, pois Salvador abriu os braços para o jovem chef que montou o Bistrô du Vin para a Casa de Vinhos e, um ano e meio depois, elegeu a gastronomia italiana para abrir o seu próprio negócio, a Cantina du Vini. “Fui seduzido pela paixão pelos pratos deliciosos a base de produtos simples, como tomate, manjericão e massa”, comenta